LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Note 10 Plus supera Mi Note 10 Pro, iPhone 11 Pro Max e Pixel 4 XL| Comparativo de câmeras

07 de janeiro de 2020 71

Depois de uma semana de votação finalmente chegou o dia de revelar que foi o celular vencedor em nosso comparativo de câmeras envolvendo os modelos Galaxy Note 10 Plus, iPhone 11 Pro Max, Pixel 4 XL e Mi Note 10 Pro. Os dois primeiros já participaram de outros comparativos (1 e 2), mas agora a grande novidade é o mais recente flagship do Google e o tão aclamado intermediário da Xiaomi que está entre os melhores no ranking do DxOMark.

Este nosso comparativo sempre para pôr em prova se a plataforma elogiada de fotografia faz sentido ao alegar que o Mi Note 10 Pro tem melhores câmeras que os smartphones mais caros da Apple e Samsung. Será que finalmente os intermediários são capazes de ameaçar o reinado dos flagships?

É bom lembrar que o nosso comparativo contou com participação do público e também da equipe do TudoCelular. Os votos foram às cegas, ou seja, ninguém sabia qual smartphone havia capturado cada foto para garantir, assim, o máximo de imparcialidade. Curioso para saber quem venceu?

Especificações técnicas
Mi Note 10 Pro Pixel 4 XL iPhone 11 Pro Max Galaxy Note 10 Plus
Resolução

108 MP + 12 MP + 5 MP + 20 MP + 2 MP

12.2 MP + 16 MP

12 MP + 12 MP + 12 MP

12 MP + 12 MP + 16 MP + ToF

Abertura f/1.69 + f/2 + f/2 + f/2.2 + f/2.4 f/1.7 + f/2.4 f/1.8 + f/2.0 + f/2.4 f/1.5-2.4 + f/2.1 + f/2.2
Tamanho do pixel 0.8 µm + 1.4 µm + " µm + 1.12 µm + 1.75 µm 1.4 µm + 1.0 µm 1.4 µm + 1.0 µm + 1.0 µm 1.4 µm + 1.0 µm + 1.0 µm
Câmera frontal 32 MP, f/2 8 MP, f/2 12 MP, f/2.2 10 MP, f/2.2

As fotos foram capturadas com os smartphones utilizando modo automático, exceto pela cena em HDR (onde o HDR foi ativado manualmente caso isso não acontecesse no automático) e modo noturno. Todas em resolução máxima permitida na proporção 4:3, que é geralmente onde alcançamos todo o potencial do sensor. A votação pode ser conferida com um clique aqui.

Agora descubra a ordem dos smartphones usados no teste:

75.1 x 160.4 x 8.2 mm
6.3 polegadas - 3040x1440 px
77.8 x 158 x 8.1 mm
6.5 polegadas - 2688x1242 px
74.2 x 157.8 x 9.67 mm
6.47 polegadas - 2340x1080 px
77.2 x 162.3 x 7.9 mm
6.8 polegadas - 3040x1440 px
Ir para página de comparação

Os resultados listados mais abaixo são fruto da seguinte metodologia com criação do ranking individual e final. Cada smartphone recebeu uma pontuação em cada comparativo individual, onde a soma de todos os pontos revelou o vencedor. Foram usados os seguintes pesos:

  • Primeiro colocado: 4 pontos
  • Segundo colocado: 3 pontos
  • Terceiro colocado: 2 pontos
  • Quarto colocado: 1 ponto

Explicado o método de pontuação, seguimos para os resultados!

Foto 1

Se você é fã de efeito retrato vai ficar em dúvida entre qual celular escolher. Pelo menos de dia os quatro mandam bem e geram um efeito de alta profundidade, porém nem todos fazem uma boa separação entre os planos. O modelo da Xiaomi é o nosso favorito, seguindo pelo modelo da Maçã. O Galaxy fica em terceiro.

Foto 2

A linha Pixel sempre se destacou em selfies, mas quando o efeito retrato entra em ação Apple leva a melhor, sendo a nossa favorita. Samsung também evoluiu muito, mas ainda apresenta alguns retoques de pele indesejados, por isso o segundo melhor é o Pixel. O Mi Note 10 Pro pode até impressionar com suas câmeras traseiras, mas a frontal leva a pior aqui.

Foto 3

Dos modelos do nosso comparativo, apenas o da Xiaomi traz câmera dedicada para macro e curiosamente é a que oferece o pior resultado. Não que a imagem em si seja ruim, mas como o sensor tem resolução mais baixa, você não vê a mesma riqueza de detalhes dos demais que usam a câmera principal. Samsung sai na frente com grande vantagem, mas tende a saturar mais do que deveria. O Pixel 4 XL também sofre do mesmo problema, mas a macro apresenta alta qualidade. Para quem não é fã de cores reforçadas, vai preferir aqui o iPhone que ficou em terceiro.

Foto 4

O Mi Note 10 Pro é um celular que leva zoom a sério, é tanto que ele possui duas câmeras teleobjetivas sendo uma com zoom óptico de 2x e outra de 5x. Curiosamente, ele não é o que registra a melhor imagem, perdendo a primeira colocação para o Pixel 4 XL, mostrando que Google acertou em finalmente incluir câmera tele em seu flagship. Apple sempre se destacou ao registrar fotos de longe, mas aqui fica em terceiro, deixando o Note 10 Plus em último.

Foto 5

A vantagem de ter uma resolução tão alta é que o Note 10 Pro consegue registrar mais detalhes mesmo de objetos mais distantes. Se você ampliar cada foto verá que ele tem a melhor qualidade, mas convenhamos que ninguém vai sair fazendo isso. Como a maioria tira fotos apenas para publicar em redes sociais, o que importa é ter a imagem mais bonita e aqui o Galaxy leva a melhor, seguido do iPhone.

Foto 6

Já vimos em outros comparativos que Samsung simplesmente reina com HDR, especialmente ao fotografar contra a luz; e mais uma vez a coreana leva a vitória. O Note 10 Plus de longe faz o melhor controle de contraste e recupera detalhes que seriam engolidos pelas sombras. O Mi Note 10 Pro leva a medalha de prata, seguido do Pixel 4 XL. Aqui é um ponto que a Apple precisa melhorar nos próximos iPhones.

Foto 7

O HDR não deve funcionar bem apenas quando forçado no manual, mas é importante que ele detecte cenas que precisam de correção de alcance dinâmico para evitar que partes que estão contra a luz fiquem muito escuras, como normalmente acontece ao fotografar ao entardecer. Samsung mais uma vez leva a melhor, deixando a Apple em segundo. Enquanto desta vez o Mi Note 10 Pro fica em último. Nem sempre ele ativa o HDR quando necessário e mesmo quando ligado às vezes falha.

Foto 8

E quando tentamos fotografar algo que está ainda mais longe? É aqui onde o Mi Note 10 Pro mostra o benefício de ter tantas câmeras. A sua imagem é a mais limpa dos quatro, além de ter ótimo equilíbrio de cores e contraste. Desta vez é Samsung que leva a medalha de prata, vindo longo em seguida pelo Pixel 4 XL. Se o iPhone trabalha bem com pouco zoom, ao forçá-lo para registrar algo mais distante a queda na qualidade é considerável.

Foto 9

Já em locais mais escuros a situação muda completamente. Pixel é de longe o melhor para desfocar fotos em locais mais escuros. O iPhone tem qualidade próxima, porém apresentou mais ruídos. Se o Xiaomi venceu na disputa de dia, à noite acabou caindo para a última colocação com a foto mais escura e cheia de falhas.

Foto 10

Em locais mais escuros a situação muda completamente. Google recupera a posição e entrega a melhor foto, mesmo que não seja tão clara quanto a do Mi Note 10 que fica em terceiro. Apple registou uma foto mais escura, porém com menos falhas no modo retrato que o Galaxy Note 10 Plus que ficou em último.

Foto 11

Todos os modelos do nosso comparativo oferecem modo noturno, que prolonga a exposição para permitir que mais luz chegue ao sensor. Mas apenas isso não é suficiente, é necessário regular bem contraste, controlar os ruídos e evitar perda de detalhes. Se o Pixel 4 XL peca em locais mais escuros, o seu modo noturno consegue virar totalmente o jogo ao seu favor, entregando a melhor foto.

Dessa vez o Mi Note 10 Pro empata com o iPhone 11 Pro Max, deixando a Samsung na lanterninha. O Galaxy até consegue aumentar bastante a claridades nas fotos, mas percebe-se uma queda acentuada nas texturas, deixando a pele da modelo com várias manchas.

Foto 12

Câmera teleobjetiva sempre oferece qualidade inferior que a principal e isso fica ainda mais evidente em locais mal iluminados. As fotos saem mais escuras, com excesso de ruídos e cheias de artefatos. O Galaxy Note 10 Plus é o que menos sofre com este tipo de foto, enquanto iPhone e Mi Note brigam pelo segundo lugar. Já o Pixel foi o que apresentou mais perdas.

Foto 13

E fotos à noite, temos o mesmo resultado? Desta vez, Apple e Samsung brigam pelas melhores capturas em locais mais escuros e acabam empatando. O Note 10 Pro que havia ficado em último na votação, ficou com a medalhe de bronze desta vez.

Testes com a câmera ultra-wide (excluindo o Pixel 4 XL por não possuir tal recurso)

Foto 14

Enquanto muitos esperavam ver uma câmera grande-angular no Pixel 4 XL, Google achou melhor adotar uma teleobjetiva. Se você deseja tirar fotos mais amplas com boa qualidade, então é o Galaxy Note 10 Plus que deve escolher. O Mi Note 10 Pro registra fotos melhores que o iPhone e com isso fica em segundo, mas o campo de visão é mais limitado.

Foto 15

Samsung sempre se destacou com suas lentes ultra-wide e pelo visto ainda continuará na frente por um bom tempo. Isso fica ainda mais evidente à noite quando vemos os demais sofrerem com fotos bastante escuras, mas aqui o iPhone acabou saindo um pouco melhor que o rival chinês.

Fotos

Mais um comparativo e mais uma vitória para o Galaxy Note 10 Plus em fotos. É impressionante ver Samsung dando tapa na concorrência com seu sensor já "defasado" que vem sendo reaproveitado há anos. Para 2020, a gigante sul-coreana trará uma sensor totalmente reformulado que deve alavancar ainda mais a linha Galaxy sobre as concorrentes.

O iPhone 11 Pro Max é um forte concorrente e pode não ter brilhado em muitos comparativos, mas fica na cola da Samsung. O seu grande ponto fraco é o HDR e locais com má iluminação. No geral, ele entrega ótima experiência e muitos ficarão satisfeitos com as fotos tiradas pelo smartphone da Maçã.

Esperávamos mais do Pixel 4 XL que ficou em terceiro. Google já foi exemplo de câmera, mas agora está fazendo apenas a sua obrigação. Ele é capaz de tirar boas fotos, mas não vale mais a pena comprar um Pixel só pela câmera. Sem falar que o restante do aparelho também não é superior ao que a concorrência entrega.

E a maior decepção do nosso comparativo foi o Mi Note 10 Pro. Tudo bem que ele é um intermediário e custa menos que os demais, mas diante de tanto alarde com sua câmera de 108 MP esperávamos fotos melhores. Fica claro que o chipset usado foi uma má escolha da Xiaomi.

Vídeos

O Galaxy Note 10 levou a melhor em fotos, mais uma vez. Será que o iPhone 11 Pro Max ainda é a melhor escolha para gravação de vídeos?

Como vimos em nossos outros dois comparativos, ele se destaca pelo sistema de estabilização de imagem eficiente e foco bastante ágil. Ele é o único que grava em 4K a 60 quadros por segundo com a câmera frontal e captura áudio espacial com efeito mais envolvente. A lente frontal também é mais ampla e permite gravar vídeos com várias pessoas.

Samsung segue em segundo. O seu sistema de estabilização é igualmente eficiente, porém o foco é consideravelmente mais lerdo que o do iPhone. O modelo da Samsung grava em 4K com a frontal, mas não tem estabilização avançada como no rival da Maçã, o que pode decepcionar é o excesso de ruídos à noite. A captura de áudio também é ótima.

Ter tantas câmeras não ajudou o Mi Note 10 Pro a vencer nas fotos e em vídeos ele também fica abaixo dos flagships mais avançados da Apple e Samsung. Ele não treme tanto, o foco é ágil e não sofre com tantos ruídos à noite. A captura de áudio é boa, mas não chega a ser um destaque. Por não ter uma plataforma avançada, fica limitado a gravar a 30 fps na resolução 4K.

Os celulares do Google nunca se destacam na gravação de vídeos e o Pixel 4 XL é mais um que segue a regra. Ele também não grava em 4K a 60 quadros por segundo, sendo uma escolha curiosa por parte do Google, já que outros com mesmo hardware não possuem tal limitação. Também é o que mais sofre com ruídos em cenários mais escuros. Seu sistema de estabilização pode não ser tão eficiente quanto o do iPhone, mas o foco é bastante ágil.

Conclusão

É, vamos ter que discordar do DxOMark, o Mi Note 10 Pro não supera os flagship da Apple e Samsung e ficou até um pouco abaixo do Pixel 4 XL (que tem nota muito inferior na plataforma tão aclamada).

É bom lembrar que aqui entra em questão os votos do público e da equipe do TudoCelular, e no geral o Galaxy Note 10 Plus foi o melhor em fotos – levando a vitória em metade do nosso comparativo. Ele agrada a maioria com seu HDR eficiente, faz ótimas macros e sua câmera ultra-wide vai além da concorrência.

Apple vem logo na cola levando vantagem em selfies e modo retrato, além de ter a melhor filmadora. O 11 Pro Max pode até não ter ficado em primeiro em muitas fotos, mas conquistou muitas medalhas de prata.

O Pixel 4 XL se supera com o modo noturno e também leva a melhor com desfoque em locais mais escuros. Se você tira fotos mais à noite, ele é a nossa recomendação. O Mi Note 10 Pro também é bom para efeito retrato e o seu zoom é o mais avançado dos quatro, mas suas câmeras não são tão impressionantes assim. Claro, ele é o mais barato, e sem dúvidas é a melhor câmera que vimos em um celular intermediário.

(atualizado em 08 de agosto de 2020, às 21:32)

71

Comentários

Note 10 Plus supera Mi Note 10 Pro, iPhone 11 Pro Max e Pixel 4 XL| Comparativo de câmeras
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 99.572 mortes em 2.962.442 casos confirmados | Relatório diário

Android

Novo Tracker 2021: app e WiFi a bordo fazem diferença? | Análise / Review

Google

Nearby Share: "AirDrop do Google" começa a chegar aos usuários Android em versão beta

Apple

Agora tem widgets? iOS 14 e todas as suas novidades | Hands-on em vídeo