LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Huawei e Xiaomi lideram crescimento, mas Apple vê vendas caírem na China

25 de novembro de 2023 65

O dia dos solteiros (11.11) é considerada a principal data para compras na China e dados revelados pela Counterpoint Research indicam que os chineses estão deixando a Apple para comprar smartphones da Huawei ou Xiaomi.

Os números divulgados na sexta (24) mostram que as vendas da Apple caíram 4% em relação ao que foi registrado durante o mesmo período do ano passado (de 30 de outubro a 12 de novembro).

Por outro lado, a Huawei viu suas vendas saltarem 66%, algo que reforça a tese de que a linha Huawei Mate 60 e outros lançamentos futuros podem fazer a empresa retornar a liderança do mercado chinês em 2024.

Imagem/reprodução: Huawei Mate 60 se destaca pela conexão via satélite para chamadas de voz e SMS.

Outra empresa que cresceu substancialmente foi a Xiaomi, com suas vendas saltando 28% graças ao lançamento da família Xiaomi 14. Recentemente, a empresa comemorou a marca de mais de um milhão de unidades vendidas.

Em linhas gerais, o crescimento de Huawei e Xiaomi impulsionou um aumento de 5% nas vendas totais de smartphones na China e isso indica que o mercado local está pronto para a recuperação.

Os preços não tem assustado os consumidores chineses e a preferência por marcas nacionais parece não estar relacionado a valores. O iPhone 15 custa 5.999 yuans (~R$ 4.150), o Huawei Mate 60 é vendido por 5.499 yuans (~R$ 3.800) e o Xiaomi 14 começa em 3.999 yuans (~R$ 2.765), mas o aparelho que tem vendido mais é o da Huawei.

Analistas de mercado acreditam que esse bom desempenho da Huawei está relacionado a um apoio patriótico e ao histórico da empresa. Para muitos chineses, o lançamento da linha Mate 60 com 5G mostra que fabricantes nacionais conseguem superar as dificuldades impostas pelas sanções dos Estados Unidos.

Já as vendas da Xiaomi estão mais relacionadas ao bom custo-benefício, enquanto que a queda da Apple também pode ser fruto da baixa disponibilidade do modelo iPhone 15 padrão.

Veja mais

(atualizado em 04 de março de 2024, às 02:16)

65

Comentários

Huawei e Xiaomi lideram crescimento, mas Apple vê vendas caírem na China
Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Windows

Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos

Economia e mercado

Vídeo gravado por passageiro mostra interior de aeronave após acidente no Japão; assista