LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

iPhone 15: BOE enfrenta problemas de rendimento na produção de telas OLED com Dynamic Island

05 de dezembro de 2023 3

A Apple é uma das principais clientes da BOE, uma fabricante chinesa de telas para celulares, tablets e outros dispositivos eletrônicos. Uma das responsáveis pela produção de painéis OLED para o iPhone 15 e iPhone 15 Plus, a empresa parece estar com problemas no fornecimento desses componentes devido a um baixo rendimento de produção.

De acordo com informações divulgadas nesta terça-feira (05) pelo DigiTimes, a BOE deveria ser a principal fornecedora de telas para o iPhone 15 e iPhone 15 Plus, mas essa estratégia de produção acabou falhando devido aos problemas de “vazamento de luz” que os painéis da fabricante apresentam no recorte que abriga a câmera frontal e sensores do Face ID.

iPhone 15 (Imagem: TudoCelular.com)

Todos os modelos de iPhone 15 são equipados com a Dynamic Island, isto é, o retângulo com bordas arredondadas que fica no centro superior da tela. Embora pareça uma forma geométrica simples, na realidade, o recorte tem um formato de “ponto de exclamação”, que pode ser facilmente visto ao segurar o celular sob a luz do sol.

Esse recorte é significativamente complexo para uma tela, portanto, caso a fabricante não possua tecnologias avançadas para a produção desse componente, podem ocorrer problemas com o painel, como o “vazamento de luz” na área da câmera frontal e sensores auxiliares — e esse é o defeito que causa o baixo rendimento na produção de telas da BOE.

(Imagem: Reprodução)

De acordo com fontes da indústria, a taxa de aproveitamento das telas produzidas pela chinesa estaria em cerca de apenas 30%. Especulações iniciais sugeriam que a BOE forneceria em torno de 5 milhões de telas para o iPhone 15 em 2023, no entanto, com os problemas de rendimento e atrasos de entrega, o volume esperado agora é de 2 a 3 milhões.

A reportagem acrescenta que a Samsung Display, subsidiária especializada em telas da Samsung, fornece painéis para todos os quatro modelos de iPhone 15 — incluindo o iPhone 15 Pro e iPhone 15 Pro Max — ostentando market share de 91%.

Caso a BOE não resolva os problemas de rendimento na produção e expanda seu fornecimento para a Apple, é possível que a sul-coreana consolide ainda mais sua presença na cadeia, impactando a dinâmica competitiva na indústria.

Veja mais!

(atualizado em 30 de maio de 2024, às 18:02)

3

Comentários

iPhone 15: BOE enfrenta problemas de rendimento na produção de telas OLED com Dynamic Island
Economia e mercado

Huawei Kirin 9010L: chipset inédito é encontrado em smartphone intermediário da chinesa

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Windows

Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos