LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Comparativo em tamanho real: Redmi Note 9 Pro e Max contra G8 Power, Galaxy A71 e Multilaser H

12 de março de 2020 10

Foi no início do ano passou que a Redmi se desgarrou da Xiaomi para trabalhar como uma empresa mais independente da sua "mãe". O primeiro lançamento foi o popular Redmi Note 7, que aumentou a fama da linha de celulares baratinhos, mas com ótimo hardware intermediário.

Em março, mesmo em meio à pandemia de Covid-19, a chinesa oficializou a nova geração dos smartphones, que por enquanto chegam através dos Redmi Note 9 Pro e Redmi Note 9 Pro Max. A gente sabe que a fabricante tem por hábito lançar variantes a se perder de vista para essa família, mas estes serão os principais aparelhos da linha nos próximos meses.

Sendo assim, e com a Xiaomi sendo tão popular no país, é válido compararmos os intermediários com outras opções disponíveis no mercado nacional. Para isso, colocamos eles lado a lado com os recentes G8 Power da Motorola, Galaxy A71 da Samsung, e o brasileirinho Multilaser H.

Vamos conferir esse confronto?

76.68 x 165.75 x 8.8 mm
6.67 polegadas - 2400x1080 px
76.68 x 165.5 x 8.8 mm
6.67 polegadas - 2400x1080 px
75.8 x 158 x 9.6 mm
6.4 polegadas - 2300x1080 px
76 x 163.6 x 7.7 mm
6.7 polegadas - 2400x1080 px
74.4 x 156.4 x 8.1 mm
6.3 polegadas - 2220x1080 px
Ir para página de comparação
Tela
Redmi Note 9 Pro Redmi Note 9 Pro Max Moto G8 Power Galaxy A71 Multilaser H
Tamanho da tela 6,67 polegadas 6,67 polegadas 6,4 polegadas 6,7 polegadas 6,3 polegadas
Resolução Full HD+ (1080 x 2400 pixels) Full HD+ (1080 x 2400 pixels) Full HD+ (1080 x 2300 pixels) Full HD+ (1080 x 2400 pixels) Full HD+ (1080 x 2200 pixels)
Tecnologia IPS LCD IPS LCD IPS LCD Super AMOLED IPS LCD
Proporção

Que difícil é achar um celular com tela menor que 6 polegadas hoje em dia, não é mesmo? Alguns tops de linha têm chegado com telas pouco abaixo disso e com um corpo bem compacto, o que é o caso do Galaxy S10e. No mercado de intermediários isso é mais difícil, e todos os modelos desse comparativo chegam com telas enormes.

As maiores são encontradas com os lançamentos da Xiaomi e o Galaxy A71 da Samsung. O Multilaser H tem a menor delas, sendo assim o mais "compacto".

Em termos de qualidade desses painéis, todos chegam com resolução Full HD+, mas a Samsung tem uma certa vantagem por embutir um painel Super AMOLED, enquanto os outros modelos levam um display IPS LCD.

Vai do gosto do consumidor conferir que características são mais atrativas nesse sentido, mas em análise objetiva, podemos pontuar que o A71 tem mais vantagens aqui pela tecnologia da sua tela.

Câmera e vídeo
Redmi Note 9 Pro Redmi Note 9 Pro Max Moto G8 Power Galaxy A71 Multilaser H
Câmera frontal 16 MP 32 MP 16 MP 32 MP 16 MP
Câmera traseira 48 MP + 8 MP + 5 MP + 2 MP 64 MP + 8 MP + 5 MP + 2 MP 16 MP + 2 MP + 8 MP + 8 MP 64 MP + 5 MP + 5 MP + 12 MP 16 MP + 8 MP + 5 MP
Gravação de vídeo Até 4K em 30 fps Até 4K em 30 fps Até 4K em 30 fps Até 4K em 30 fps Até Full HD em 30 fps

Aqui entramos em um cenário de análise bem mais complexa: como é possível notar, todos os celulares possuem câmeras a se perder de vista. Entre o Redmi Note 9 Pro e o 9 Pro Max, a diferença é a maior resolução de algumas lentes, como a principal traseira, e a frontal.

Ambos oferecem lente ultra-wide e macro, enquanto o último sensor ajuda em cálculos matemáticos de profundidade; o Galaxy A71, por sua vez, traz as mesmas capacidades adicionais (ultra-wide, macro e profundidade); o G8 Power troca um sensor dedicado a efeito retrato por uma lente telefoto; e o Multilaser H, por sua vez, é o único a não oferecer uma ultra-wide, mas tem também sensor telefoto.

Sendo assim, fica mais uma vez ao gosto do freguês definir suas prioridades: é mais interessante um sensor ultra-wide ou um telefoto? Para quem gosta de fotografar grandes cenários certamente é mais interessante expandir os ângulos, mas uma lente telefoto é igualmente interessante por permitir explorar mais os detalhes. Quando inserimos uma lente macro na história, então, são ainda maiores as possibilidades.

Sendo assim, os aparelhos, resumidamente, oferecem esses diferenciais fotográficos:

Redmi Note 9 Pro Redmi Note 9 Pro Max Moto G8 Power Galaxy A71 Multilaser H
Ultra-wide X X X X
Sensor de profundidade X X X X
Macro X X X X
Telefoto X X

Falando em vídeo, quase todos podem gravar em 4K até 30 FPS com a traseira, exceto o Multilaser H que aqui objetivamente fica um degrau abaixo, oferecendo apenas captação em Full HD.

Bateria e hardware
Redmi Note 9 Pro Redmi Note 9 Pro Max Moto G8 Power Galaxy A71 Multilaser H
Bateria 5.020 mAh 5.020 mAh 5.000 mAh 4.500 mAh 4.000 mAh
Chipset Snapdragon 720G Snapdragon 720G Snapdragon 665 Snapdragon 730 Snapdragon 710
Capacidade 5G Não Não Não Não Não
Memória RAM 4 e 6 GB 6 e 8 GB 4 GB 6 GB 6 GB
Armazenamento 64 e 128GB 64 e 128 GB 64 GB 128 GB 128 GB

Outro ponto interessante para compararmos esses intermediários é quanto ao poder de fogo e bateria que oferecem.

De forma geral, intermediários têm se destacado no mercado pelas altas capacidades de bateria que oferecem. Isso graças ao corpo grande que possuem, e por se importarem um pouco menos com design e finura. Isso permite que as marcas embutam grandes tanques neles.

Curiosamente nossa tabela acima aponta em ordem decrescente as capacidades, com o Multilaser H sendo o que menos se destaca nesse sentido, apesar de ainda possuir respeitáveis 4.000mAh.

Falando em processadores, quem fica na lanterninha é o Moto G8 Power, sendo o único do comparativo a oferecer um Snapdragon da série 600. No geral esse aspecto, isolado, não o colocaria tão distante dos seus rivais, mas quando temos que todos os outros modelos desse comparativo oferecem modelos com 6 GB ou mais de RAM, além do Snapdragon da série 700, a situação dele fica um pouco mais difícil, já que só oferece 4 GB.

Sendo assim, fica aqui uma desvantagem objetiva para o aparelho da Motorola.

Conclusão

Como é bom termos opções, não é mesmo? É cada vez mais comum que um comparativo não consiga oferecer resultados tão objetivos na hora de uma escolha, com as empresas mostrando que são capazes de oferecer diferenciais ao ponto de nos deixar em dúvidas constantes. No final, acaba pesando quais características chamam mais a atenção de cada um a partir das suas necessidades.

No geral, todos os intermediários oferecem bom poder de fogo, autonomia, e boas capacidades fotográficas, sendo que nesse artigo conseguimos identificar alguns pontos em que o Multilaser H (vídeo) e o Moto G8 (hardware) ficaram para trás dos seus rivais, mas curiosamente são os únicos com uma lente telefoto. Os lançamentos da Xiaomi e Galaxy A71 se destacaram mais pelo hardware, além do produto da sul-coreana ser o único com painel Super AMOLED.

Esperamos que com esse levantamento tenha ficado mais fácil ajudar no processo de escolha do seu próximo celular, ou que ao menos tenha sido importante para matar suas curiosidades sobre o lugar no qual os novos celulares da Xiaomi se posicionam no mercado, e com quem deverão brigar!

E você, o que achou que os novos aparelhos da chinesa trazem como pontos fortes? Conte para a gente nos comentários!

(atualizado em 09 de abril de 2020, às 03:54)

10

Comentários

Comparativo em tamanho real: Redmi Note 9 Pro e Max contra G8 Power, Galaxy A71 e Multilaser H
  • Esses mito g com anão 665 vão comer poeira esse ano em desempenho , mas tem o diferencial das câmeras e boas baterias e ser nacional.

      • Nego chorou esperniou de todo jeito por terem usado o 720g , msm assim ainda briga pelo topo da categoria , é mt choradeira sendo que esses redmis continuam sendo bons e ainda vem os a71 agora ficando interessantes tbm , daqui a pouco já vão chegar os realme no mercado , se a xiaomi não é mais unanimidade que bom significa que as outras acordaram e vai ter concorrência pelo público alvo quem ganha somos só nos consumidores.

          • Vou colocar do melhor ao pior na minha humilde opinião..

            1-a71
            2-note 9 Max
            3-note 9
            4-white label H
            5-moto g

            Linha 400 e 600 da Qualcomm não faz sentido mais.. e esta sendo bem medíocre... e da Mediatek vai do p60 pra cima..exynos 9610, 9810,9820,9825 exynos 980,990,..kirin 810, futuro 820, 970 980 990 os melhorzin citado ai quem procura um bom processador..

            Tech

            Coronavírus: Brasil chega a 800 mortes em 15.927 casos confirmados | Relatório diário da Covid-19

            Android

            Evite golpes: passo a passo para obter o auxílio de R$600 | Tutorial TudoCelular

            Android

            Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Abril 2020

            Economia e mercado

            Coronavírus: como diferenciar doenças como resfriados, rinite e mais da COVID-19