LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Samsung Galaxy Book S: bateria gigante e design leve para foco em portabilidade | Análise / Review

10 de março de 2021 26

Sabe aquela expressão exagerada de algo “mais leve que papel”? No final de fevereiro deste ano, a Samsung lançou o Galaxy Book S no Brasil, com a proposta de ser um notebook focado em portabilidade, devido às suas dimensões e peso, além da presença de uma bateria de grande capacidade.

É lógico que ele não pesa menos que uma folha sulfite – como a brincadeira na imagem acima –, mas será que entrega tudo o que promete? A proposta é cumprida aqui? O TudoCelular testou uma unidade do laptop – cedida por empréstimo pela Samsung – e conta os detalhes a você nesta análise completa.

Visual e construção

Uma das principais características do Galaxy Book S é o seu visual. O laptop entrega um design ultrafino e leve que pode ser carregado para todos os lugares com mais facilidade. Ele tem uma espessura de 11,8 mm e pesa 950 gramas. Ou seja, não ocupa muito espaço em qualquer mochila, pasta ou bolsa que você deseja guardar para o transporte.

Mas isso não significa que ele seja mais frágil se comparado a modelos mais robustos. A sua construção em alumínio passa uma grande segurança em relação à durabilidade e não deve criar problemas na parte de resistência.


O novo notebook da Samsung conta com teclado no padrão ABNT e retroiluminado. Há uma luz esverdeada discreta que ilumina as letras e permite ao usuário saber o que escreve mesmo em locais escuros. As teclas em si são bem largas e sensíveis, você não precisa apertar muito para que saia o comando.

Outro detalhe é a presença de um leitor biométrico no botão de liga e desliga. Com ele, você poderá configurar entrada por impressão digital pelo Windows Hello, uma alternativa de segurança importante para um dispositivo que é voltado a quem o leva para vários lugares. Já o touchpad é retangular e compacto, mas oferece boa sensibilidade para ser usado sem maiores problemas.


O notebook possui apenas duas portas USB-C energizadas e um conector de 3,5 mm para fones de ouvido e microfone, além de um slot para cartão MicroSD na parte inferior.

As entradas são poucas para manter o tamanho compacto, por isso existem ausências como HDMI e RJ-45, por exemplo.

Na caixa, o Galaxy Book S vem acompanhado de poucos acessórios, para manter também o tamanho compacto na embalagem. A lista inclui o manual do usuário, um adaptador USB-C para USB comum, cabo USB-C e adaptador de tomada.


Tela e multimídia

O notebook entrega uma tela sensível ao toque TFT LCD de 13,3 polegadas com resolução Full HD (1920x1080 pixels). Aqui temos uma boa surpresa por parte do modelo, mesmo sem ser o foco do produto, a tela fica acima da média em qualidade e brilho. São até 350 nits, no modo normal, ou 600 nits, no modo externo – caso você queira usá-lo fora de casa, sob o Sol.

Há um pouco de reflexo no painel, mas nada que possa estragar a experiência. A angulação também é positiva e permite que você consiga visualizar o conteúdo mesmo olhando de outras direções.


O touchscreen facilita para quem pretende usar em transporte e não tem um mouse disponível no momento, mas deseja uma alternativa mais rápida que o touchpad. As marcas de dedo são mais presentes depois de um tempo de uso, mas – a depender do brilho que você configure – podem nem ficar tão perceptíveis assim.

Caso você utilize videoconferência, a webcam – localizada na borda superior – tem resolução 720p e faz um trabalho satisfatório, com pouca distorção de cores e uma angulação apenas ok.

O som foi outra boa surpresa do dispositivo, o Galaxy Book S entrega dois alto-falantes de 1,2W cada com bom volume máximo e áudio sem distorção, mesmo quando colocado mais alto. Os graves não são muito potentes, mas há um equilíbrio bem agradável ao usuário.


Desempenho

O desempenho pode ser tomado como o maior ponto fraco deste notebook. Mas é importante fazer algumas ressalvas a princípio. A família Lakefield da Intel tem o foco em portabilidade, ao entregar um chip no estilo ARM. Ele também dispensa um cooler, o que não impede o laptop de esquentar.

O Galaxy Book S ainda entrega 8 GB de RAM soldada e 256 ou 512 GB de armazenamento em SSD M.2 – a variante testada possui a opção menor de espaço interno. Não há slots extras para realizar upgrades de memória – somente a gaveta para MicroSD.


Vamos ao que importa: o processador híbrido Intel Core i5-L16G7 entrega um núcleo de alta capacidade e outros quatro econômicos, com proposta semelhante ao Snapdragon 8cx – inclusive há uma versão do Book S fora do país com a plataforma da Qualcomm e suporte a LTE, mas não foi lançado no Brasil.

O resultado é uma boa performance em programas mais básicos, como Pacote Office – Word e PowerPoint, por exemplo –, navegador com até cinco ou seis abas abertas ao mesmo tempo e serviços de streaming – tais quais Netflix, Amazon Prime Video e Tidal.

No entanto, é possível notar demoras em várias tarefas simples, que não deveriam acontecer, uma delas aconteceu ao abrir as configurações do Microsoft Edge. Mas a presença de armazenamento por SSD M.2 de alta velocidade, ajuda a compensar na maioria dos casos.

Benchmarks

Os benchmarks demonstram que este notebook se encaixa mais em uma categoria básica de performance do que para alto desempenho. As situações ficam evidentes no Geekbench e no 3DMark – neste último, quando a GPU é mais levada em consideração.

No PCMark 10, apesar de a pontuação não ser das melhores, dá para destacar positivamente as utilizações em tarefas essenciais, como abertura de aplicações, videoconferência e navegação.

Games

É possível rodar jogos no Galaxy Book S? Eles até podem rodar, mas a GPU integrada Intel UHD Graphics não dá conta de rodá-los em uma taxa de quadros por segundo aceitável, na resolução Full HD do monitor.

O TudoCelular experimentou dois games com exigências entre baixa e intermediária: Fall Guys e Street Fighter V. No caso do primeiro, é possível manter algo em torno de 20 fps. Já no segundo, dá para obter uma média de 14 fps, com picos de 17 fps. Em ambos os casos, a experiência não foi boa, o que exemplifica que o ultrafino não serve para esta finalidade.

Fall Guys


Street Fighter V


Bateria

Em bateria, a Samsung promete uma autonomia de fábrica de 17 horas. Será que ele conseguiu alcançar tudo isso? Pelos testes do TudoCelular, não. No uso como um dia de trabalho comum, com cerca de uma hora de videoconferência, uso constante de Word e navegadores, além do mensageiro Telegram, foi possível obter 9 horas e 51 minutos de duração.

As configurações de energia experimentadas foram as mediadas de fábrica, assim como o nível de brilho. Talvez, em condições bem mais básicas, a autonomia prometida seja alcançada.


O carregamento é feito por meio de uma das portas USB-C. Para encher dos 3% – quando o laptop entra em hibernação automaticamente – até os 100%, foram necessárias exatamente três horas.

Com uma hora conectado na tomada, o Galaxy Book já consegue atingir 40% de carga, o que deve render várias horas caso você precise com urgência.



Considerações finais

O Galaxy Book S é uma proposta que ainda faltava existir no mercado brasileiro: a de um notebook com foco total em portabilidade e algumas características premium, que contenha um processador híbrido em um chip nos moldes ARM. Quando fechado, o produto ocupa um espaço tão compacto como uma pilha de papéis sulfite.

Esse estilo de componente dá possibilidades como um design extremamente fino e leve, além de uma bateria de longa duração, sem precisar aumentar o tamanho do produto. Em outras palavras, serve para quem precisa trabalhar em movimento ou gosta de viajar bastante.

A parte multimídia do produto também agrada. A tela é de alta qualidade, tem resolução Full HD e bom ângulo de visão. Para completar, os alto-falantes surpreendem ao ter um volume máximo que não distorce o som.

Apesar de carecer em desempenho, como mostramos, a presença de um SSD consegue melhorar a abertura de apps. De qualquer maneira, para quem deseja trabalhar com ele ou usá-lo em tarefas sem grande complexidade – como games e edição –, o laptop atende bem ao uso geral.

Design compacto e leveConstrução em alumínioTela de alta qualidadeSom alto e sem distorçõesBateria de longa duração
Tela com alguns reflexosDesempenhoPreço

Vale a pena?

Pelo preço de lançamento – R$ 7.199 –, ainda está salgado para o que ele oferece. Na faixa de R$ 4 mil – dados os valores atuais de mercado –, já seria um preço mais aceitável pela sua proposta, principalmente para quem precisa de um notebook que dê essa portabilidade e autonomia.

Já para quem deseja performance em um produto compacto, a recomendação é procurar outros modelos, como o Dell XPS 13, o ASUS Zenbook 14 ou até um Apple MacBook. Você pode conferir ofertas desses notebooks mais abaixo.

Qual é a sua avaliação sobre o Galaxy Book S? Comente conosco!


26

Comentários

Samsung Galaxy Book S: bateria gigante e design leve para foco em portabilidade | Análise / Review
Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Asus

ASUS lança novo celular gamer ROG Phone 5s e 5s Pro no Brasil; confira os preços

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas