LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

ChatGPT da ciência: Intel Aurora genAI é anunciada com suporte a 1 trilhão de parâmetros

22 de maio de 2023 0

A inteligência artificial generativa está se popularizando cada vez mais com soluções como o ChatGPT. Agora a Intel lançou o seu próprio modelo chamado Aurora genAI que será destinado à pesquisa científica em diversas áreas. O novo modelo foi anunciado durante a ISC23 e conta com diversos treinamentos para trabalhar em textos de vários tipos, dados científicos e muito mais.

Especificações da Aurora genAI. Imagem: Intel

A Aurora genAI foi criada em parceria com o Argonne National Laboratory e a HPE. Ela trabalhará com o novo Supercomputador Aurora, que tem mais de dois exaflops de desempenho, permitindo que lide com até 1 trilhão de parâmetros para gerar resultados.

Rick Steves, diretor associado do laboratório Argonne, comentou a novidade dizendo:

O projeto visa aproveitar todo o potencial do supercomputador Aurora para produzir um recurso que pode ser usado para ciência a jusante nos laboratórios do Departamento de Energia e em colaboração com outros

As especificações do sistema Aurora incluem:

  • Supercomputadores HPE Cray EX;
  • 63.744 GPUs;
  • 21.248 CPUs;
  • 1.024 blocos de armazenamento DAOS;
  • Rede Ethernet de alto desempenho HPE Slingshot.

Os testes iniciais indicam que o sistema Aurora pode oferecer o dobro do desempenho em comparação com as GPUs AMD MI250, 20% mais eficiência em aplicações de mecânica quântica QMCPACK em relação ao modelo H100 com escalabilidade quase linear com até centenas de módulos.

Supercomputador Aurora. Imagem: Intel

O modelo pode trabalhar com "texto geral, código, textos científicos e dados científicos estruturados da biologia, química, ciência dos materiais, física, medicina e outras fontes", por ser treinado para isto generativamente. A Intel deu alguns exemplos de aplicações para o modelo:

Os modelos resultantes (com até 1 trilhão de parâmetros) serão usados em uma variedade de aplicações científicas, desde o design de moléculas e materiais até a síntese de conhecimento em milhões de fontes para sugerir novos e interessantes experimentos em biologia de sistemas, química de polímeros e materiais energéticos, ciência climática e cosmologia.

Além disso, a Aurora genAI poderá acelerar pesquisas ao identificar processos biológicos relacionados ao câncer e outras doenças, utilizando seu potencial generativo para sugerir alvos e até o desenvolvimento de medicamentos.

Para garantir o avanço do projeto, a Intel, HPE, Laboratórios do Departamento de Energia, universidades internacionais, ONGs e parceiros internacionais, como a RIKEN, criaram uma colaboração internacional para levá-lo até os maiores laboratórios do mundo. Um deles é o lar do "Dragão" da Petrobras, o maior supercomputador da América Latina localizado no Rio de Janeiro.


0

Comentários

ChatGPT da ciência: Intel Aurora genAI é anunciada com suporte a 1 trilhão de parâmetros
Economia e mercado

Huawei Kirin 9010L: chipset inédito é encontrado em smartphone intermediário da chinesa

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Windows

Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos