LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Mate 20 Pro detona tops de linha Android em desempenho e bateria

04 de fevereiro de 2019 50

No último trimestre de 2018 a Huawei apresentou os novos Mate 20, Mate 20 Pro, Mate 20 RS (parceria com o time de design da Porsche) e também o Mate 20 X. Pois bem, estamos com a variante Pro para conferir todos os seus detalhes, incluindo qualidade da câmera tripla, mas nesse momento vamos iniciar com a autonomia da bateria de 4200 mAh.

Vale lembrar que o dispositivo conta com tela OLED de 6,39 polegadas, plataforma HiSilicon Kirin 980, 6 GB ou 8 GB de RAM, 128 GB ou 256 GB de ROM, leitor biométrico sob a tela, carregamento sem fio de até 15W, proteção IP68 contra água e poeira e a
EMUI 9 baseada no atual Android 9 Pie.

Mais Notícias

Em nossa simulação de uso real utilizamos o dispositivo com uma lista de aplicativos com tempos predeterminados. Quando essa lista é completa, consideramos o fim de um ciclo, pausando o uso por 30 minutos até recomeçar.

Medimos o consumo com o auxílio do aplicativo GSam Battery Monitor, além da opção padrão nas configurações do sistema, buscando definir o tempo de uso e de tela, bem como detalhes como temperatura e apps que mais consomem a carga. Eis a lista, com os respectivos tempos de uso:

6 minutos de uso (cada) - WhatsApp, Youtube, MX Player, Spotify, PowerAmp (música offline) e Chrome;
1 minuto (cada) - Pokémon Go, Asphalt 8, Subway Surfers, Candy Crush, Modern Combat 5 e Injustice;
4 minutos de chamadas em 3G/4G;
2 minutos de uso (cada) - Facebook, Gmail e GMaps

Teste de velocidade

O Mate 20 Pro tenta conquistar o título de melhor smartphone de 2018 e para provar que ele realmente é um forte candidato, já chega atropelando os concorrentes com incrível velocidade. Um exemplo disso está em nosso teste que coloca o aparelho para abrir vários apps populares e alguns jogos no menor tempo possível.

E para abrir tudo, o Mate 20 Pro precisou de apenas 37 segundos. Esse foi o mesmo tempo que o OnePlus 6T levou para terminar a primeira rodada, mas acabou sendo 6 segundos mais lento que o iPhone XS – o smartphone mais rápido do momento.

Para reabrir tudo, o flagship da Huawei precisou de apenas 14 segundos, sendo 1 segundo mais rápido que seu rival chinês, porém 1 segundo mais lento que o smartphone da Maçã. Para quem busca o Android mais rápido do mercado, o Mate 20 Pro é a escolha certa.

Benchmarks

Em benchmarks temos um resultado curioso. Ao simplesmente executar o AnTuTu no aparelho, a pontuação acabou sendo mais baixa que a de outros flagships. O mesmo aconteceu com as ferramentas que medem o desempenho gráfico do aparelho.

No entanto, há uma opção escondida nas configurações de bateria que destrava todo o potencial do Kirin 980, fazendo ele ficar no mesmo nível dos seus rivais. Esse modo desempenho prioriza o que estiver sendo executado ao matar serviços em segundo plano. Isso compromete o gerenciamento de RAM em troca de turbinar a experiência com algum jogo, por exemplo, o que acabou deixando o teste de abertura de apps mais lento (1 minuto e 6 segundos no total), quando com a função ativada.

Pode ser interessante para extrair melhor desempenho em jogos mais intensos como PUBG ou Fortnite, mas a duração de bateria acaba sendo comprometida.

Jogos

Em jogos, o Mate 20 Pro também manda bem, o que já era esperado de um flagship. No entanto, uma vez ou outra algum jogo se nega a rodar no aparelho, como aconteceu algumas vezes com o Vainglory, provavelmente algum problema de otimização da plataforma Kirin e também do sistema da Huawei.

O jogador pode ativar o modo desempenho na configurações de bateria para alcançar uma melhor fluidez com jogos. No entanto, em muitos títulos a diferença será mínima. Em média o aparelho entrega 7 horas e meia de jogatina, mas se você usar o modo turbo para aprimorar o desempenho dos jogos, a autonomia acaba caindo para 5 horas e meia.

Jogo FPS CPU GPU Memória
Asphalt 8 30 4% - 552 MB
Clash Royale 58 3% - 407 MB
Injustice 2 30 7% - 813 MB
Modern Combat 5 60 18% - 555 MB
PUBG Mobile 30 9% - 632 MB
Subway Surfers 60 4% - 258 MB
Vainglory - - - -

GameBench

Desenvolvedor: GameBench Ltd

Preço: grátis - oferece compras no app

Tamanho: Depende do dispositivo

Autonomia de bateria

O Mate 20 Pro não é apenas rápido, mas também entrega excelente autonomia. Ele é o flagship com a melhor duração de bateria que passou pelo TudoCelular (poucos minutos abaixo do 6T, mas com conjunto de resultados melhor). É possível usá-lo tranquilamente por dois dias em uso moderado antes de precisar recarregá-lo.

Além disso, o seu carregador turbo faz com que sua bateria leve apenas 1 hora para ser totalmente preenchida. Com apenas 30 minutos na tomada você terá mais de 70% de carga para usar, o que dá para o dia inteiro tranquilamente.

Em reprodução de vídeos, a bateria do Mate 20 Pro também dura muito, mas fica abaixo do que o OnePlus 6T entrega. Em gravação de vídeos, no entanto, ele supera seu rival chinês e também o iPhone XS rendendo 1 hora a mais. Já em videochamadas no Skype, tivemos exatamente a mesma autonomia do OnePlus 6T, mas entregando o dobro do que o smartphone da Apple é capaz.

Conclusão

E aí, o Mate 20 Pro realmente é o melhor celular de 2018? Pelo menos em desempenho e bateria nenhum Android supera ele. O iPhone XS é até mais rápido, porém entrega uma autonomia muito inferior. Além disso, a bateria do flagship da Huawei recarrega em apenas 1 hora, enquanto o rival da Maçã leva o triplo do tempo.

Se você está em busca de um novo smartphone que entregue o melhor desempenho aliado a excelente duração de bateria, o Mate 20 Pro é a escolha certa para você. O lado negativo é que o aparelho ainda não é vendido oficialmente por aqui e seu valor é bastante salgado. Mas esse é o preço a ser pagar para ter o melhor do momento, certo.

Onde comprar

Aos que desejam importar, a versão com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento pode ser encontrada na Banggood por aproximadamente R$ 3.970, sendo necessário considerar ainda frete, impostos e demais encargos da importação. Ainda não é possível encontrar o smartphone no mercado nacional de forma oficial.

Transmissão encerrada!

15/1/2019 - 04.22

Obrigado pela companhia. Em breve esta pauta estará atualizada com o vídeo e demais resultados de bateria e desempenho.

15/1/2019 - 04.08

Ficamos então nos 14 ciclos com o MAte 20 Pro. Foram quase nove horas e meia de tela ligada. Modern Combat foi o app que mais consumiu.

15/1/2019 - 03.47
15/1/2019 - 03.43

E com 2% de carga o Mate 20 Pro acaba de desligar.

15/1/2019 - 02.53

Mais um ciclo para a conta, provavelmente o penúltimo. Devemos fechar com a décima quinta rodada.

15/1/2019 - 02.51
15/1/2019 - 01.39

Décimo terceiro ciclo completo com 14% de carga restante.

15/1/2019 - 01.29
15/1/2019 - 00.16

Doze ciclos fechados, agora com um consumo de 7% para ficar com 20%. Temos oito horas de tela e o Pokemon Go é o vilão da bateria.

15/1/2019 - 00.09
14/1/2019 - 23.07

Décimo primeiro ciclo fechado e o Mate 20 Pro está agora com 27%.

14/1/2019 - 22.49
14/1/2019 - 21.27

Ciclo de número 10 na conta e ainda temos 36% de carga para pelo menos mais uns 4 ou 5 ciclos.

14/1/2019 - 21.25
14/1/2019 - 20.18

Nono ciclo concluído e temos agora 42% de carga no Mate 20 Pro.

14/1/2019 - 20.12
14/1/2019 - 18.51
14/1/2019 - 18.48

Fechado o ciclo de número oito, temos agora um pouco menos da metade da carga. Será que chegamos a 16 ciclos no total?

14/1/2019 - 17.46

Oitavo ciclo já está em curso.

14/1/2019 - 17.15

Sétimo ciclo fechado com 56% de carga ainda no Mate 20 Pro. Pokemon Go foi o app que mais consumiu carga até agora.

14/1/2019 - 17.04
14/1/2019 - 13.43

Voltando para continuar o teste, como pausamos por 2h, faremos quatro ciclos em sequência.

14/1/2019 - 11.44

Fechado o terceiro ciclo, agora iremos para uma pausa dupla (1h para almoço) e depois então retornaremos também com dois ciclos em sequência.

14/1/2019 - 11.42
14/1/2019 - 10.49

Temos agora 86% de carga para iniciar o terceiro ciclo.

14/1/2019 - 10.19

Segundo ciclo completo e temos agora 87%.

14/1/2019 - 10.19
14/1/2019 - 09.28

Temos agora 93% de carga no retorno para o segundo ciclo (algo estranho para o modo stand-by).

14/1/2019 - 08.57

Fechado o primeiro ciclo com gasto de 4% de carga no Mate 20 Pro.

14/1/2019 - 08.56
14/1/2019 - 08.04
14/1/2019 - 07.55

Bom dia! Mate 20 Pro devidamente carregado para o início dos testes.

O Huawei Mate 20 Pro ainda não está disponível nas lojas brasileiras. Para ser notificado quando ele chegar clique aqui.

50

Comentários

Mate 20 Pro detona tops de linha Android em desempenho e bateria

OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia até junho