LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Top de linha por bagatela? Venda de smartphones usados pode ser a nova tática da Samsung

22 de agosto de 2016 6

A coreana Samsung pode estar prestes lançar um projeto que irá colocar a venda vários dos modelos mais emblemáticos da família Galaxy remodelados. A agência britânica de notícias Reuters, em uma recente publicação, disse que empresa pode lançar os smartphones já em 2017. Aparentemente esta seria apenas uma das maneiras que a Samsung vai tentar para manter a dinâmica nos ganhos em torno do seu mercado de telefonia móvel. Isso poderá ajudar a coreana com a queda que teve nas vendas no mercado mundial de smartphones, maximizando a eficiência de custos para que possa ficar acima dos 10% nas margens de operação.

Ao que tudo indica, a Samsung está querendo redesenhar os smartphones top de linha que foram devolvidos pelos clientes que participaram do programa de teste criado pela marca em países como Estados Unidos e Coreia do Sul, então, a empresa irá colocar os aparelhos a venda novamente por um preço mais baixo. O relatório não apresentou em quais mercados a Samsung vai vender os dispositivos e nem de quanto será os descontos dos mesmos. Contudo, a própria Samsung ainda não se pronunciou sobre a veracidade deste projeto e disse que a empresa não comenta rumores.

Venda de aparelhos recondicionados poderia beneficiar a Samsung com a queda que sofreu no mercado mundial de telefonia móvel.

Este modelo de remodelar aparelhos não é novo, a Apple já vem atuando em um projeto similar há vários anos nos Estados Unidos, colocando para venda iPhones recondicionados por preços mais atrativos. Os aparelhos além de serem mais baratos também contam com nova garantia, de modo que se a Samsung seguisse o mesmo padrão seria excelente. O programa é bem interessante e seria bem viável para mercados em desenvolvimento, onde muitos clientes não têm condições financeiras para comprar uma unidade nova de um top de linha, por exemplo, mas podem adquirir o mesmo modelo de uma forma que esteja de acordo com seu orçamento.


6

Comentários

Top de linha por bagatela? Venda de smartphones usados pode ser a nova tática da Samsung
  • Outra matéria? E onde estão as informações sobre a pré venda do Note 7?

      • Poderia ter um plano para de dispositivos de ano em ano, tipo: A pessoa compra um J7 2015 e depois de um ano de uso trocaria por um J7 2016 e pagava bem, bem menos. Seria legal

          • Se for assim
            Entrada:R$ 300 a 500 R$
            Intermediário: 600 R$ 1.000
            Tops:2.000 a 3.100

            • Isso seria uma faça de dois gumes, pois ajudaria muitos usuários a ter "tops de linha" por preços mais baixos mas poderia comprometer as vendas dos intermediários. Será que ela pensou nisso?

                • Tem muita gente que não compra artigos usados, mesmo sendo inferior, preferem algo novo
                  Entretanto existem muitos que não ligam para um item usado, ainda mais se o mesmo tiver garantia de fabrica... Acho que existem mercados com objetivos distintos... É consumidores igualmente diferenciados para esses "itens"
                  No fim, creio que um não o outro.

                  Galaxy Z Fold 2: dobrando melhor do que você esperava | Hands-on em vídeo

                  Moto G9 Plus vs Moto G8 Plus: uma nova geração realmente evolui? | Comparativo

                  Galaxy A20s vs A21s: vale trocar ou ir direto no mais novo? | Comparativo

                  Galaxy M31 vs LG K61: qual o melhor celular intermediário barato? | Comparativo