LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Adeus, bloatware! MIUI 9 permitirá que usuários desinstalem apps nativos do sistema

23 de dezembro de 2016 32

Uma das grandes queixas que aparece de forma recorrente no ecossistema Android, sem dúvida é com relação aos bloatwares, os aplicativos que chegam pré-instalados no dispositivo, e que muitas vezes não oferecem grandes benefícios, além de consumir a RAM vorazmente.

Este conceito não é exclusivo de apenas uma respectiva fabricante no mercado, visto que diversas gigantes da tecnologia investem nestas ferramentas, com intuito de compactuar com a modificação exclusiva de determinada interface no sistema do Google, o grande “porém”, é que a opção de exclusão, ao contrário das aplicações, não vem instalada!

No último ano, a Samsung até que permitiu que esta alternativa estivesse presente em dispositivos da família Galaxy, entretanto, o modelo ficou restrito para os usuários na China. Mas outra gigante oriental pode seguir os mesmos passos em breve.

A Xiaomi confirmou oficialmente no mês de novembro, que o desenvolvimento da MIUI 9 já começou, com uma versão beta sendo liberada no início de 2017. Além de toda melhoria visual e de usabilidade, a nova interface exclusiva da gigante chinesa trará uma gama de recursos bem legais trabalhando em conjunto com o Android Nougat, incluindo a tão sonhada opção de exclusão de apps nativos do sistema operacional.

De acordo com Ma Ji, gerente de produto da MIUI, em entrevista no evento Global Tech 2016, ele ressalta que com a chegada da nova versão, os usuários terão total liberdade para modificação do sistema operacional, sem que tenham que lidar com problemas que interfiram na performance do dispositivo posteriormente.


Isto significa que além dos bloatwares, a MIUI 9 também vai permitir a remoção de aplicativos vinculados diretamente ao sistema, como calendário ou calculadora, por exemplo.

O grande benefício deste conceito, é que o usuário terá um smartphone de acordo com seu gosto pessoal, escolhendo todas as ferramentas prediletas para o uso cotidiano. Outra novidade, é que os aplicativos da Xiaomi, também estarão disponíveis para usuários de outras companhias, encerrando então, com a exclusividade das ferramentas da MIUI.

A Xiaomi ainda pede sugestões dos fãs para o desenvolvimento da nova interface, e, até o momento, não divulgou uma data oficial para chegada de uma versão final, mas mesmo no beta os recursos vão estar presentes.


32

Comentários

Adeus, bloatware! MIUI 9 permitirá que usuários desinstalem apps nativos do sistema

Galaxy Z Fold 2: dobrando melhor do que você esperava | Hands-on em vídeo

Moto G9 Plus vs Moto G8 Plus: uma nova geração realmente evolui? | Comparativo

Galaxy A20s vs A21s: vale trocar ou ir direto no mais novo? | Comparativo

Galaxy M31 vs LG K61: qual o melhor celular intermediário barato? | Comparativo