LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

MIUI 12.5: após apresentação, Xiaomi começa a disponibilizar beta fechado

11 de março de 2021 19

Atualização: (11/03/2021) - Por JS

Cerca de um mês após realizar a apresentação da interface MIUI 12.5 e disponibilizar a lista de aparelhos que estaria recebendo a interface, a Xiaomi está começando a entregar a versão beta fechada para diversos aparelhos da linha principal, Redmi e POCO.

Por enquanto as compilações publicadas para download são focadas nos modelos que trazem a ROM chinesa, fazendo com que os usuários curiosos precisem passar pelo processo de troca da ROM via TWRP, fazendo com que qualquer aplicativo do Google seja extinto da interface, além de limitar as opções de idioma para inglês e chinês.

Quem se interessar em fazer o download, mesmo tendo noção de todos os pontos negativos dessa decisão, basta baixar a ROM referente ao modelo do aparelho que possuir por meio da tabela abaixo:

Texto original (08/02/21)

A Xiaomi apresentou nesta segunda-feira (08) a próxima versão de sua interface personalizada, a MIUI 12.5. As novidades foram divulgadas pela companhia durante o evento de apresentação da versão global do Mi 11.

Na apresentação, a fabricante chinesa adiantou que a nova versão de seu software chegará com diversas melhorias para os usuários, mas destacou que haverá uma performance ainda superior, melhores otimizações e aumento da durabilidade da bateria dos smartphones, que é algo bastante criticado por alguns usuários que já possuem a MIUI 12 em seus dispositivos móveis.

Entre as otimizações, de acordo com a Xiaomi, é possível esperar por respostas mais rápidas para gestos na tela. Outra vantagem é que a interface permitirá que os usuários removam ou desinstalem ainda mais aplicativos nativos do sistema, como a calculadora, os gravadores de tela e de voz, o scanner de QR Code e outros.

Além disso, apps como Temas, Ajuda e Músicas poderão ser removidos do sistema. Já os chamados “core apps” – que incluem a câmera, configurações e relógio e não podem ser desinstalados – poderão ter seus ícones ocultados pelos usuários. Veja, abaixo, todos os novos apps que poderão ser removidos ou desinstalados:

Imagem: reprodução

Durante a apresentação, a Xiaomi também destacou quais serão os primeiros aparelhos a receber a nova versão de sua interface personalizada e também os dividiu em duas fases: a primeira onda, que começará a receber o update em algum momento durante o segundo semestre de 2021, e a segunda onda, que ainda não possui uma previsão para começar os updates. Confira, abaixo, cada onda de atualizações e quais aparelhos estão inclusos:

Imagem: reprodução

Além dos aparelhos inclusos nas duas primeiras ondas, a Xiaomi também deve incluir mais modelos de celulares na lista ao longo dos próximos meses, mas ainda não há uma previsão de quando esses smartphones serão atualizados para a MIUI 12.5. Ainda assim, é possível esperar que inclua dispositivos como o Mi 9T, Redmi K20 e POCO X3, por exemplo, já que eles estão na lista de aparelhos que podem receber versão de testes da interface.


19

Comentários

MIUI 12.5: após apresentação, Xiaomi começa a disponibilizar beta fechado
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

Android

Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020