LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Google Wifi entrega alta praticidade e cobertura mediana em roteador mesh | Análise / Review

15 de outubro de 2021 5

Nesta quinta-feira (14), o Google lançou no Brasil o seu novo roteador mesh Google Wifi, com a possibilidade de compra de uma unidade individual ou um kit com três peças, para ambientes maiores.

Será que o Google Wifi entrega uma experiência satisfatória ao usuário? Quais são os seus principais diferenciais? O TudoCelular testou de forma antecipada o produto e conta todos os detalhes a você.

Design

O Google Wifi tem um visual em forma de cilindro, com uma passagem horizontal no meio. É por aqui que acende a luz do LED que indica, a depender da cor, se você está conectado ou não.

Na parte inferior, fica um fundo no qual estão localizadas as portas de entrada e saída RJ-45, assim como a fonte para ligar na tomada – este modelo não tem uma saída USB-C, como no antecessor.

Ainda há uma abertura de passagem dos fios, sem que isso afete a posição dele onde você quiser colocá-lo. Ele pesa 340 gramas, o que caracteriza algo bem leve para um produto desse tipo. O design fornecido também é bem compacto e discreto, o que o torna visualmente bem agradável de se posicionar em qualquer parte da casa.

Imagem: Rafael Barbosa / TudoCelular.com

Unboxing

O roteador mesh vem em uma embalagem quadricular, com alguns acessórios dentro. Na caixa, você encontrará – além da própria unidade do Google Wifi – um cabo Ethernet – para ligar no seu modem –, uma fonte e o manual de instruções.

Gerenciamento e recursos extras

Toda a configuração é feita por meio do aplicativo Google Home. Basta ligar o produto e conectar o cabo de internet nele, para dar início à configuração no app, da mesma forma que na hora de conectar um Chromecast, um Nest Mini ou um Nest Audio.

Você poderá definir um nome para a rede e uma senha antes de concluir o processo. Em algumas etapas, ele já estará configurado e pronto para o uso. Não há necessidade de definir IP, DNS ou qualquer outro item manualmente.

No aplicativo, o usuário terá acesso a uma série de recursos extras. Ao entrar na opção “Wi-Fi”, dá para fazer teste de velocidade de download e upload, além de ver o consumo detalhado dos dados tanto no histórico como do uso em tempo real.

O Google Home exibe todos os aparelhos conectados àquela rede, qual a frequência utilizada e qual o consumo individual deles. O Google Wifi oferece a opção de priorizar um dispositivo, a fim de que uma maior banda seja destinada a ele, caso haja muitos conectados.

O usuário também conta com funcionalidades destinadas à segurança. Uma delas é o “Wi-Fi da Família”, que define uma programação para desativar a rede de aparelhos das crianças na hora de dormir, ou pausar de imediato com o app ou o Assistente, assim como bloquear o acesso a sites com conteúdo adulto.

Além disso, há a “Rede para Visitantes”, destinada a criar uma rede especial para você compartilhar facilmente a senha a pessoas que possam chegar na sua residência, sem precisar passar o acesso principal. Elas só terão acesso aos dispositivos que você selecionar.

Outra novidade é que o produto aproveita o chamado Network Assist, que cria uma mesma conexão para 2,4 GHz ou 5 GHz. Isso favorece a integração entre os dispositivos conectados na sua casa.

Cobertura e qualidade de sinal

Chegamos ao ponto principal da análise. Na cobertura, o Google recomenda o uso de uma unidade em ambientes com até 110 m² e o kit com três em locais com até 330 m². O TudoCelular testou em um apartamento com cerca de 42 m², mas colocou o produto no canto, para saber se é possível receber o mesmo sinal em toda a residência, com uma internet TIM Live de 60 Mega.

Do lado do roteador e em uma distância de três metros – com uma parede –, foi possível obter a velocidade total ou algo bem próximo dela, ou seja, sem qualquer perda. Já a oito metros, com duas paredes e mais obstáculos no meio, deu para sentir uma baixa considerável na qualidade, com uma redução para aproximadamente 9,5 Mega.

Já em um cômodo diferente fechado – cerca de 6 metros longe do roteador – a queda chegou a um terço da velocidade contratada. Veja no comparativo que fizemos nas mesmas distâncias com o roteador TP-Link Archer C60, conectados na frequência de 5 GHz em um Galaxy Note 9:

Do lado do roteador

~3 metros

~8 metros

Cômodo fechado (~6 metros)

Ainda testamos a qualidade do sinal em um apartamento no andar de cima, na diagonal de onde estava o roteador, para ver o alcance da rede de 2,4 GHz em um celular mais básico, a uma distância maior. Desta vez, comparamos não somente com o roteador C60, mas também com o próprio sinal do modem nativo da TIM Live.

A uma distância aproximada de 12 metros nessas condições, o Google Wifi registrou velocidade de 3 Mega, um pouco menos que os 3,4 Mega do modelo da TP-Link. Contudo, foi bem maior que a velocidade atingida pelo modem da operadora, como você pode conferir abaixo:

~12 metros

A solução para essa baixa na cobertura está na posição do seu roteador. O ideal é que ele esteja em uma localização central, para que o seu raio de cobertura atinja todo o ambiente. Já se você morar em um sobrado ou uma casa com tamanho maior, será necessário usar o kit com três unidades, no sistema mesh.

No geral, a experiência não decepciona mesmo com mais de uma dezena de dispositivos conectados nele. Realizamos uma “sobrecarga” com cinco celulares, duas Smart TVs, três notebooks, um decoder de TV por assinatura e um console de videogame ao mesmo tempo. Todos conseguiram aproveitar a internet sem engasgos ou quedas na qualidade, desde que você não exija com download de arquivos que explore toda a velocidade do seu plano.

Especificações técnicas

  • Padrão de conexão: 802.11a/b/g/n/ac
  • Frequências: dual band (2,4 GHz e 5 GHz)
  • Taxa de transferência de dados; 1.200 Mbps
  • Alcance: 110 m² por unidade
  • Processador: Quad-core ARM
  • Memória RAM: 512 MB
  • Suporte à conectividade RJ-45
  • Dimensões (diâmetro x altura): 106,12 x 68,75 mm
  • Peso: 340 gramas
Considerações finais

O Google Wifi é um roteador mesh que combina um design moderno e discreto, praticidade na configuração e uma série de recursos extras. Ter o seu roteador gerenciado pelo app Google Home facilita o uso de vários aparelhos conectados em uma casa inteligente, uma vez que a internet será visualizável no mesmo espaço dos dispositivos que a utilizam.

A maior restrição notada foi na cobertura. Por não ter antenas externas, o raio do sinal é limitado e pode apresentar grandes quedas a depender da quantidade de obstáculos e paredes que estiver no meio do caminho.

Por isso, se você viver em um ambiente grande, será necessário a instalação do kit com três peças, para dar uma experiência por igual em todos os cantos da casa.

Fácil configuraçãoDesign moderno e discretoRede única para 2,4 GHz e 5 GHzSuporte a vários dispositivos sem perdaRecursos adicionais
Cobertura limitada com uma unidadePreço elevado

Vale a pena?

O novo produto do Google para o mercado brasileiro está disponível individualmente por R$ 999. Já o kit com três unidades sai pelo preço total de R$ 1.999 (proporcionalmente, ~R$ 667 cada peça).

Recomendamos aguardar até uma promoção para que ele fique mais acessível e próximo de concorrentes como TP-Link, D-Link e Intelbras, com a vantagem do Google Wifi no gerenciamento e nos recursos extras.

E aí, qual é a sua avaliação sobre o novo produto do Google para o mercado brasileiro? Relate para a gente no espaço abaixo.


5

Comentários

Google Wifi entrega alta praticidade e cobertura mediana em roteador mesh | Análise / Review
  • Chegaram a testar como fica a conexão de dispositivos casa conectada que só funcionam na frequência 2,4 GHz? Como o Google WiFi lida com isso já que ilumina um nome único de rede tanto pra 2,4 GHz quanto pra 5GHz?

      • Esperava mais deste equipamento nem com rede ax (wifi 6) vem e só 1200 Mb de transferência, e um roteador mediano tem no mercado equipamentos melhores com preços bem baratos, não compraria este equipamento.

          • Sinceramente, comprei um barato da Multilaser há 01 ano e é melhor que esse do Google.

              • 900 reais, so pode ser brincadeira.

                  • Esse sistema da Google teria que ser "a coisa mais espetacular do mundo" para bater o Tp-link Deco M5, que já tem alguns anos de estrada, é mais barato e tem desempenho impecável. Meu Deco cobre com perfeição uma casa de 330m2 num terreno de 1.000m2, sem nenhum ponto onde a cobertura fique "menos perfeita", e só é reinicializado quando falta energia ou quando chega alguma atualização de firmware. Pensa num troço bom!!!

                      Android

                      Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

                      Android

                      Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

                      Especiais

                      Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas