LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Motorola Edge vs iPhone 11: Android "puro" desafia iOS, qual o melhor? | Comparativo

06 de setembro de 2020 46

Já pensou que um dia veria um intermediário Android sendo lançado mais caro que um iPhone top de linha? Pois é. Motorola chegou cobrando alto no Edge por ter 5G, mas será que vale investir nele e não em um celular mais avançado como o iPhone 11? Vamos descobrir.

Índice do comparativo

Design

Motorola Edge

Apple iPhone 11

Aqui temos dois celulares bastante diferentes. O iPhone 11 é menor e tem bordas mais largas, além de entalhe gigante no topo que devora boa parte da tela. É um design já datado e que Apple vem requentando desde 2017.

O Edge é maior, mais espesso e pesado, porém seu design é mais atual com tela cascata que toma grande parte das laterais do aparelho. O entalhe é apenas um pequeno furo localizado no canto esquerdo superior para abrigar a câmera de selfies.

71.1 x 161.64 x 9.29 mm
6.7 polegadas - 2340x1080 px
75.7 x 150.9 x 8.3 mm
6.1 polegadas - 1792x828 px
Ir para página de comparação

Enquanto Motorola economizou e adotou traseira de plástico, Apple alega que seu celular possui o vidro mais resistente do mercado. O iPhone leva vantagem em ter proteção contra água e carregamento sem fio, já o Edge traz entrada para fones de ouvido que alguns sentem falta nos modelos da Maçã.

Apple aposta em biometria facial e a Motorola em leitor biométrico na tela. As duas funcionam bem e cada uma tem suas vantagens. O diferencial do Edge está na conectividade 5G, sendo um aparelho preparado para o futuro. Mas não se empolgue muito com a tecnologia agora, ela ainda está bastante verde no Brasil.

Damos um ponto a cada de início.

Multimídia e software

Tela e som


O Edge traz a melhor tela. Além de mais polegadas e resolução superior, você leva painel OLED de 90 Hz com contraste infinito e ângulo de visão mais amplo. O ruim da sua tela curva é refletir mais luz em locais abertos. Já a tela do iPhone é apenas IPS LCD de 60 Hz e não tem suporte a HDR10. Agora se você se preocupa com boa calibração de cores, pode acabar preferindo o modelo da Maçã.

Há som estéreo em ambos. O iPhone tem potência mais alta e áudio calibrado para reforço de agudos. O som do Edge é mais abafado, o que pode complicar a vida de quem tenta assistir vídeos em locais barulhentos. A vantagem do Motorola é ter entrada padrão para fones, assim você não precisa ficar preso ao acessório que vem junto, sendo o mesmo da linha Moto G8. Com fones de qualidade terá som mais limpo com o iPhone.

Damos um ponto a cada: Edge vence em tela e o iPhone 11 em som.

Software


Se busca um celular cheio de recursos então está buscando no comparativo errado. O Android pouco modificado da Motorola traz alguns extras e possibilidade de customização de ícones e fonte. O iPhone é mais limitado nisso, porém entrega fluidez superior.

Se está buscando um celular para passar vários anos será melhor investir no iPhone. Apple garante muitas atualizações do sistema, enquanto a Motorola normalmente libera uma nova versão do Android para seus aparelhos e depois os abandona.

Damos ponto ao iPhone 11 em software.

Desempenho
Quanto menor o tempo, melhor

Será que o Snapdragon 765G é capaz de encarar o poderoso A13 Bionic? Primeiramente testamos o poder multitarefas de cada aparelho, para ver qual é mais rápido no carregamento de apps e jogos e se eles mantêm tudo aberto em segundo plano. Aqui é onde a Apple atropela a Motorola. O iPhone 11 levou metade do tempo para finalizar o nosso teste.

E em potência bruta, o iPhone também é superior? Testamos vários benchmarks e em todos conseguimos pontuações maiores no modelo da Apple. No AnTuTu chegamos a ter 50% de vantagem para o iPhone 11.

A diferencial do Edge está na sua tela de 90 Hz que permite rodar alguns jogos além de 60 fps, algo que é impossível no iPhone. Por outro lado, o rival entrega uma fluidez mais constante e até melhor desempenho em alguns jogos.

iPhone leva ponto por melhor desempenho.

Bateria
Quanto maior o tempo, melhor (exceto recarga)

Motorola normalmente manda bem em bateria, enquanto Apple deixa a desejar na maioria das vezes. Entre os dois é o Edge que entrega a melhor autonomia e isso com a tela em modo 90 Hz. Se você mudar para 60 Hz terá uma vantagem maior contra o iPhone.

Já o tempo de recarga não empolga em nenhum dos dois. O da Motorola passa de 2 horas e meia na tomada para chegar a 100% e o da Apple leva mais tempo ainda, precisando de 1 hora extra.

Aqui temos vitória dupla para o Edge.

Câmeras

Em câmeras temos vantagem para o Edge em números, seja na quantidade de sensores ou na resolução superior. Porém, nem sempre números altos significam melhor qualidade. As fotos capturadas com o iPhone 11 apresentam maior riqueza de detalhes, menor nível de ruído e alcance dinâmico mais amplo. As cores registradas estão mais próximas da realidade, diferente do Edge que curte saturar tudo.

Os dois possuem câmera com lente grande-angular, mas nenhum se destaca. A do Edge perde um pouco de nitidez e tende para cores mais quentes. Também há maior distorção de lente do que no iPhone, mas pelo menos tem foco automático que ajuda na hora de registrar uma macro.

O Edge tem de vantagem a câmera teleobjetiva, porém ela usa interpolação e captura imagens com baixa nitidez. Já à noite você terá fotos mais claras e com menos ruídos no iPhone devido ao seu eficiente modo noturno.

iPhone 11 leva a melhor em câmera.

Fotos tiradas com o Motorola Edge

Selfies continuam sendo o destaque do iPhone e nesse você terá ótimas fotos. O Edge é capaz de registrar boas fotos em locais abertos e com iluminação ideal, mas basta ficar próximo de uma forte fonte de luz para ter selfies estouradas. O efeito retrato do iPhone falha menos e gera desfoque mais intenso.

Mais um ponto para o iPhone em câmera.

Fotos tiradas com o Apple iPhone 11

Ambos gravam vídeos em 4K, porém no iPhone você tem a opção de 60 fps, inclusive com a frontal. A estabilização funciona muito bem, o foco é ágil e ainda há captura de áudio espacial com som mais envolvente que o tradicional estéreo do Edge. Se tem um ponto que Apple vem mandando muito bem é em vídeos e aqui o Edge não tem a menor chance.

Fechamos a parte de câmera com mais um ponto para o iPhone.

Preço

O iPhone 11 chegou ao Brasil em 2019 custando R$ 4.999 em sua versão mais básica com 64 GB. Achava caro? Motorola foi além e chegou pedindo R$ 5.499 pelo Edge, mas tem o dobro de armazenamento. Vale pagar tudo isso em um intermediário apenas pelo 5G?

Atualmente os dois estão com preço similar, mas veremos o Edge desvalorizar mais rápido nos próximos meses. Por um lado isso é bom porque ele ficará mais acessível, mas quando você for revendê-lo ele valerá bem menos que o iPhone 11.

Encerramos o comparativo com um ponto para cada.

8.8 Hardware
4.6 Custo Benefício

Apple iPhone 11

Comparar Aviso de preço
8.6 Hardware
4.1 Custo Benefício

Motorola Edge

Comparar Aviso de preço

Conclusão

RESULTADO

Apple iPhone 11: 8 PONTOS

  • Resistência à água e carregamento sem fio
  • Melhor qualidade sonora
  • Sistema mais fluido e updates por anos
  • Desempenho superior
  • Melhor conjunto de câmeras
  • Melhor para selfies
  • Filmadora superior
  • Desvaloriza menos

Motorola Edge: 5 PONTOS

  • Design mais moderno com menos entalhe
  • Tela OLED superior
  • Maior autonomia de bateria
  • Menor tempo de recarga
  • Mais armazenamento por preço similar
(atualizado em 29 de setembro de 2020, às 18:16)

46

Comentários

Motorola Edge vs iPhone 11: Android "puro" desafia iOS, qual o melhor? | Comparativo
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 142.058 mortes em 4.745.464 casos confirmados | Relatório diário

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Setembro 2020

LG

Moto G8 Plus vs LG K51S: mais câmeras fazem fotos melhores? | Comparativo

Android

Novo Tracker 2021: app e WiFi a bordo fazem diferença? | Análise / Review