LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

One Fusion vs Galaxy M31: duelo com os reis da bateria, qual o melhor? | Comparativo

07 de setembro de 2020 35

Buscando um bom intermediário por menos de R$ 2 mil? O TudoCelular vai te ajudar a escolher. Temos aqui o Galaxy M31 e o One Fusion, que são lançamentos recentes da Samsung e Motorola. Qual deles é melhor e vale mais o seu dinheiro. Fica até o final para descobrir.

Índice do comparativo

Design

Motorola One Fusion

Samsung Galaxy M31

Vamos direto ao ponto. Quer o mais compacto e leve? M31. Mesmo com sua bateria maior, Samsung ainda conseguiu deixar o seu intermediário mais fino que o concorrente. Quer design mais caprichado? Agora a escolha complica um pouco.

Ambos ainda apostam no entalhe em formato de gota que vem sendo abandonado pelas fabricantes. A vantagem do Galaxy é ter moldura mais fina. Busca por biometria na tela? Está atrás dos modelos errados. A impressão que temos é que são projetos antigos que chegaram ao mercado apenas em 2020, ainda mais no Fusion que nem Wi-Fi 5 Ghz possui.

75.85 x 164.96 x 9.4 mm
6.5 polegadas - 1600x720 px
75.1 x 159.2 x 8.9 mm
6.4 polegadas - 2340x1080 px
Ir para página de comparação

A qualidade de construção em plástico é similar em ambos com pegada um pouco melhor no Galaxy. Se esperava por algo mais premium pelo preço cobrado, então ficará decepcionado com os dois.

M31 ganha o primeiro ponto em nosso comparativo.

Multimídia e software

Tela e som


Painel Super AMOLED com resolução Full HD contra IPS LCD apenas HD, quem vence? A tela do M31 é superior em brilho, apresenta cores vibrantes com preto profundo e ângulo de visão superior. Fica claro que Motorola economizou na escolha do painel para o seu intermediário, que tem qualidade inferior a alguns modelos da linha Moto G8.

Há apenas um alto-falante em cada. O do Fusion fica na traseira do aparelho e acaba abafando com facilidade. A potência sonora é apenas mediana nos dois com grande foco nos agudos. O som é mais estridente no Motorola e também há maior distorção quando o volume está no máximo. O fone de ouvido que vem com o Fusion é mais confortável e tem som um pouco melhor.

O Galaxy leva ponto duplo em multimídia.

Software


Ambos vêm com Android 10. O M31 traz uma versão mais enxuta da One UI com menos recursos que modelos da linha Galaxy A. A vantagem disso é que você tem um software mais leve que flui melhor até mesmo que o sistema mais limpo da Motorola.

Por mais que não seja a mesma One UI de outros aparelhos da coreana, você ainda tem muito mais recursos do que encontra no Fusion. Samsung também se destaca em atualizações do sistema, com updates mais rápidos que a Motorola.

E temos mais um ponto para o M31.

Desempenho
Quanto menor o tempo, melhor

Olhando a ficha de ambos você deve imaginar que o Snapdragon 710 do One Fusion seja mais poderoso do que o Exynos 9611 e em benchmarks ele realmente vence. No AnTuTu chegamos a ter uma vantagem de 10% para o modelo da Motorola. Mas não adianta ter alto poder bruto e no uso real sofrer com má otimização.

Em nosso teste de multitarefas onde medimos quanto tempo cada um leva para abrir e carregar o conteúdo de apps e jogos populares tivemos uma diferença de 40s a favor do Galaxy. Ter 2 GB a mais de RAM também ajuda na hora de manter muitos aplicativos abertos em segundo plano.

A combinação de GPU potente com tela HD+ garante ao Fusion melhor desempenho em jogos. Todos os títulos que rodamos entregaram boa fluidez. No PUBG foi possível jogar na qualidade Alta HD sem sofrer com engasgos. O Asphalt 9 não apresentou problema de congelamentos como aconteceu com o M31.

Damos um ponto a cada em desempenho.

Bateria

O Galaxy M31 vem com imensa bateria de 6.000 mAh e você já deve esperar que ela renda mais que os 5.000 mAh do Fusion. Certo? Pensou errado. A tela com resolução inferior do Motorola pesou menos e ele entregou 2h a mais de autonomia em nosso teste. De qualquer forma, com qualquer um dos dois você terá bateria para mais de um dia tranquilamente.

Um ponto que decepciona no One Fusion é o carregador fraco que vem na embalagem e faz com que ele demore mais para carregar que o M31.

Temos um ponto para cada em bateria.

Câmeras

Há quatro câmeras em cada com o Galaxy vencendo em resolução, mas 64 MP resulta em melhores fotos que 48 MP? O que sentimos é que o Exynos 9611 é fraco para lidar com tantos pixels. No geral, o Fusion registra melhores fotos com bom balanço entre brilho, cores e saturação. Há detalhes suficientes e nem mesmo o que está distante perde nitidez.

Os dois possuem câmera ultra-wide, mas nenhum empolga. O Galaxy registra boas fotos em locais abertos, mas basta a luz cair que a qualidade vai junto. O Fusion não sofre tanto disso, mas tem distorção maior nos cantos.

A câmera macro do Fusion tem foco automático e registra melhores fotos. E se você for se aventurar à noite, o modo noturno da Motorola é mais eficiente que o da Samsung. Usar a ultra-wide de ambos à noite é quase impossível.

Fusion leva a melhor em câmeras.

Fotos tiradas com o Motorola One Fusion

A câmera frontal do Fusion poderia ser melhor. Ela tem baixa resolução e peca em nitidez. O modo retrato também apresenta mais falhas. A câmera do M31 aplica um efeito suavizante por padrão, mas no geral registra melhores selfies tanto de dia quanto à noite.

Ponto para o Galaxy em selfies.

Fotos tiradas com o Samsung Galaxy M31

Ambos gravam vídeos em 4K com a traseira, mas também terá esta resolução na frontal do M31. O Motorola tem foco mais ágil, já o Galaxy possui sistema de estabilização de imagem mais eficiente. No geral, o Samsung leva a melhor em qualidade de imagem e som. Seu microfone consegue capturar bem vozes mesmo em locais mais barulhentos.

Fechando a parte de câmera com mais um ponto para o M31.

Preço

O One Fusion chegou recentemente por preço mais acessível que o M31 e atualmente pode ser encontrado por valor um pouco menor, mas traz metade do armazenamento. Se você precisa de 128 GB terá que pagar pela versão mais cara do Fusion que custa mais que o Galaxy.

Como o custo-benefício varia de acordo com a versão escolhida, daremos empate.

8.5 Hardware
4.1 Custo Benefício

Samsung Galaxy M31

Comparar Aviso de preço
7.7 Hardware
3.9 Custo Benefício

Motorola One Fusion

Comparar Aviso de preço

Conclusão

O Fusion é aquele celular que faz bem o básico e deverá agradar muita gente, mas o Galaxy M31 possui um pacote mais completo com tecnologias ausentes no rival, traz tela superior, som mais potente, software que responde bem, melhor desempenho multitarefas, registra melhores selfies e ainda filma com qualidade superior. O Motorola só fará sentido quando estiver custando bem menos que o Galaxy M31.

RESULTADO

Samsung Galaxy M31: 9 PONTOS

  • Mais compacto e Wi-Fi 5 GHz
  • Tela Super AMOLED superior
  • Som mais potente
  • Software mais otimizado
  • Melhor multitarefas
  • Menor tempo de recarga
  • Melhor em selfies
  • Filmadora superior
  • Custa quase o mesmo do rival e tem dobro de armazenamento

Motorola One Fusion: 4 PONTOS

  • Melhor desempenho em jogos
  • Maior autonomia de bateria
  • Melhor conjunto de câmeras
  • Pode ser encontrado mais barato em promoções
(atualizado em 25 de setembro de 2020, às 12:56)

35

Comentários

One Fusion vs Galaxy M31: duelo com os reis da bateria, qual o melhor? | Comparativo
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 139.808 mortes em 4.657.702 casos confirmados | Relatório diário

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Setembro 2020

LG

Moto G8 Plus vs LG K51S: mais câmeras fazem fotos melhores? | Comparativo

Android

Novo Tracker 2021: app e WiFi a bordo fazem diferença? | Análise / Review