LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Alibaba proíbe vendas de mineradores após Banco Central chinês tornar moedas digitais ilegais

28 de setembro de 2021 34

Atualização (28/09/21) - HA

A gigante do comércio eletrônico chinês Alibaba acaba de anunciar a proibição da venda de mineradores de criptomoedas e acessórios relacionados em seu site. As vendas podem continuar até 8 de outubro, mas depois todos os resultados serão excluídos no dia 15.

O governo chinês aumentou sua força-tarefa anticriptomoeda em vários níveis nas últimas semanas. Depois de uma repressão às instalações de mineração que estavam em território nacional, todas as transações de criptomoedas foram consideradas ilegais.

Bitmain Antminer

Mesmo os acessórios que acompanham os mineradores serão proibidos, junto com qualquer material informando os usuários sobre como minerar criptomoedas e similares. Todos os pedidos feitos entre 28 de setembro e 8 de outubro podem ser processados, mas precisam ser despachados antes de janeiro de 2022. No entanto, os vendedores não podem receber nenhum pagamento pelos pedidos após 8 de outubro.

A empresa também está oferecendo reembolsos para aqueles que compraram anúncios nas listagens da categoria. A desdobediência às novas regras da Alibaba pode resultar em multas, restrições e até mesmo no encerramento total de contas. Além disso, naturalmente, também foi proibida a venda de criptomoedas reais, como Bitcoin e Ethereum em sua plataforma.

E você, o que acha dessas novas proibições por lá? Deixe suas impressões!

Matéria original (24/09/21)

O Banco Central da China decidiu, nesta sexta-feira (24), que todas as transações financeiras envolvendo criptomoedas são ilegais. A medida representa mais um passo da repressão do governo do país contra as moedas digitais.

Com a medida, bolsas estrangeiras ficam proibidas de fornecer serviços relacionados a criptomoedas para investidores do continente via internet.

"As atividades comerciais vinculadas a moedas virtuais são atividades financeiras ilegais pois coloca em grave perigo os ativos das pessoas", anunciou o BC da China em comunicado.

O BC chinês alerta que aqueles que não respeitarem as normas serão "investigados por responsabilidade penal, de acordo com a lei", reforçando a linha dura adotada pelo país contra criptomoedas.

A decisão da autarquia reguladora da China proíbe expressamente as seguintes atividades financeiras vinculadas com criptomoedas:

  • Comércio com criptomoedas;
  • Venda de tokens;
  • Transações que envolvem derivados de criptomoedas;
  • Arrecadação de fundos para moedas digitais.

"O comércio e a especulação com bitcoin e outras moedas virtuais se estenderam, alterando a ordem econômica e financeira, aumentando a lavagem de dinheiro, a arrecadação de fundos ilegais, os esquemas de pirâmides e outras atividades criminosas e ilegais", alegou o BC chinês.

Criptomoedas registram queda

O Bitcoin caiu quase 5%, passando para US$ 42.874, depois do anúncio do banco central da China, segundo a agência de notícias Reuters.

A cotação das criptomoedas, incluindo o bitcoin, registrou grandes flutuações nos últimos meses. Isso se deu, em parte, devido às regulamentações chinesas, que afirmam buscar prevenir a especulação financeira e a lavagem de dinheiro.

Qual a sua opinião sobre a posição do governo chinês em relação as criptomoedas? Conta pra gente nos comentários logo abaixo!


34

Comentários

Alibaba proíbe vendas de mineradores após Banco Central chinês tornar moedas digitais ilegais
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas