LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Proteção do CPF: veja como usar a nova ferramenta do Governo Federal que evita fraudes

19 de junho de 2024 11

O Governo Federal anunciou recentemente mais uma ferramenta para ajudar no combate aos golpes e fraudes que usam CPF das pessoas. Conhecido como Proteção do CPF, a nova ferramenta faz com que empresas e determinados setores só consigam usar o CPF de alguém apenas quando o uso for autorizado pelo mesmo.

O que por sua vez evitará surpresas caso alguém tente usar seu CPF em outro lugar com intuito de realizar alguma fraude ou golpe. Além disso, outros órgãos registradores, como, por exemplo, Juntas Comerciais, Cartórios de Registro de Pessoas Jurídicas e OAB, ficam impossibilitados também de usar seus dados após impedir o uso sem autorização.

Proteger o seu CPF com essa nova função é bem simples e grátis, pois pode ser feita diretamente no site do Governo Federal. Confira abaixo o passo a passo de como fazer:

  1. Acesse o site oficial da Proteção do CPF no gov.br;
  2. Após acessar, faça login com sua conta gov.br;
  3. Depois, autorize o uso de dados pessoais no serviço escolhido;
  4. Na próxima tela, clique no botão "Impedir Participação";
  5. Em seguida, marque a opção de Declaração da sua participação e confirme;
  6. Em uma nova janela que surgir, clique na opção “Sim” para confirmar o impedimento.

Após realizar todo esse processo, você voltará para o menu principal e verá que a situação de “Permissão para Participar de CNPJ” estará definida como “Impedido”. Isso significa que deu certo.


Só em novembro de 2023, houve mais de 25 mil tentativas de fraudes e só em outubro foram quase 1 milhão de tentativas. Então, todo cuidado é pouco ao usar seus dados na internet, principalmente seu CPF.

Veja também


11

Comentários

Proteção do CPF: veja como usar a nova ferramenta do Governo Federal que evita fraudes
  • Vindo do governo federal não espere coisa boa, pra cadastrar no gov BR levei mais de 6 meses, todo vez tinha um erro diferente, depois vc perde o celular ou algo assim e lá vem a encrenca, pois só ter login e senha as vezes não resolve. Estou fora!

      • Tinha que ser até pior principalmente pra quem perde o celular, tinha que ir numa agência tipo caixa, pra cadastrar e liberar novo login se não fica fácil pra roubar seus dados.

          • Imaginei forte agora o sujeito tendo que pagar um Duda no Detran pra alterar a senha do app. É só cadastrar mais de uma opção de login, manter redundância, o próprio serviço bloqueia diversas opções pra quem não tem autenticação nível prata ou ouro. O aplicativo é bem problemático sim, por vezes precisei fazer o login e após digitar a senha e confirmar ele bugou, precisando refazer o processo uma, duas ou até mais vezes até concluir a autenticação. Já é horrível pra quem tem mais intimidade com serviços online, pra quem não tem e fica tomando erros na cara que frequentemente nem retornam mensagens do que está acontecendo deve ser uma tortura

              • E quem quer fazer coisa errada vai dar um dump no seu celular e fazer tudo do mesmo jeito, ferramentas não faltam pra quem vai atrás e tem má intenção, muitas dessas autenticações irritam mais usuários legítimos que quadrilhas e golpistas

            • Não explica como o cidadão vai autorizar?
              Se for pelo app GOV.BR é a maior furada!
              Tinha esse app instalado e toda vez que acessava um app ou site com a conta do GOV.BR ele pedia autorização, até aí muito legal!
              Mas tive que formatar o celular e automaticamente perdi o acesso e foi um parto descobrir como reaver a conta.
              Fiquei sem acesso a todos os Apps que usam o login do GOV.BR, e para reaver a conta tem que preencher um questionário, enviar uma foto segurando um papel com a data escrita a mão e a liberação não é feita no mesmo dia.
              Nem minha CNH e os documentos dos veículos conseguia acessar!

                • Geralmente é possível fazer login pela autenticação do app do banco, mas só se o modelo de celular manter a atividade na alternância de apps, coisa que muitos aparelhos intermediários não fazem, o que torna o uso do gov br bem problemático. Da última vez que quis usar ele resolveu bloquear o acesso pra quem tem o modo de desenvolvedor ativo no celular, em resumo, larguei de usar o app e agora só autentico pelo browser, sem falar que de uns anos pra cá começaram a spammar mensagens de interesse do governo na bandeja de notificações, sendo que o app deveria ser única e exclusivamente para autenticação em plataformas que usem o gov br, se tornando só mais um bloatware

                    • Segurança tinha que ser era mais rígido mesmo, p melhor é anotar em casa a senha e guardar, em local seguro em casa,e senhas de alta prioridade ou seja senhas fortes.

                        • anota a tua senha da conta gov em um papel cara!! tenho a minha aqui anotada de boa.

                          • Essa proibição de uso por terceiros já deveria existir sem mesmo esse cadastro e dentro da LPD. Simples assim. Aí faríamos as autorizações quanto necessário e temporariamente.

                              • Excelente

                                  • coisa boa

                                      Economia e mercado

                                      Huawei Kirin 9010L: chipset inédito é encontrado em smartphone intermediário da chinesa

                                      Android

                                      Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

                                      Android

                                      Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

                                      Windows

                                      Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos