LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Maior reator de fusão nuclear do mundo entra em funcionamento no Japão

01 de dezembro de 2023 12

Atualmente considerado o maior reator de fusão nuclear do mundo, o JT-60SA foi inaugurado oficialmente nesta sexta-feira (1°) ao norte de Tóquio, no Japão. O equipamento será utilizado por pesquisadores para tornar a fusão nuclear uma fonte viável de energia.

O novo reator JT-60SA é em forma de rosquinha que pode aquecer o plasma a 200 milhões de graus Celsius. O equipamento foi acionado pela primeira vez em outubro para alguns testes do projeto do equipamento, mas só entrou em pleno funcionamento agora.


O tokamak supercondutor foi construído com apoio da União Europeia. O reator deve testar suas tecnologias para que elas possam ser aplicadas no Reator Termonuclear Experimental Internacional (ITER), que está em construção na França.

Vale citar que a fusão nuclear é a reação que alimenta o nosso Sol e outras estrelas e, embora seja capaz de gerar enormes quantidades de energia, os cientistas ainda não conseguiram tornar o processo energeticamente eficiente na Terra.

A fusão é uma reação termonuclear que faz com que dois núcleos atômicos leves se fundam em um núcleo mais pesado, gerando enormes quantidades de energia no processo. O JT-60SA irá demonstrar se é possível produzir uma quantidade líquida de energia.

Contudo, o JT-60SA deve perder o posto de maior reator de fusão nuclear do mundo para o ITER. Os cientistas acreditam que o ITER será capaz de queimar o plasma e depois realizar a fusão nuclear total até 2035, sendo fundamental para as pesquisas.

Por sua vez, o JT-60SA deve fornecer informações importantes para mostrar o caminho a ser seguido pelo ITER, sendo uma espécie de cobaia. A empresa Fusion for Energy é que está fazendo as contribuições da União Europeia para o ITER.

O que acontece aqui hoje será importante amanhã para a contribuição da fusão num mix energético livre de carbono. O JT-60SA é fundamental para o roteiro internacional de fusão porque oferece uma possibilidade única de aprender, operar este dispositivo de fusão único e compartilhar esse conhecimento valioso com o ITER.

Marc Lachaise, diretor da Fusion for Energy, durante discurso de inauguração do JT-60SA

Veja também


12

Comentários

Maior reator de fusão nuclear do mundo entra em funcionamento no Japão
Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Windows

Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos

Economia e mercado

Vídeo gravado por passageiro mostra interior de aeronave após acidente no Japão; assista