» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
3.148

Motorola Edge 50 Pro

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral

A Motorola vem buscando ir além de meras especificações ao apostar em novas experiências com Inteligência Artificial, materiais e cores diferentes para seus celulares. O Edge 50 Pro pode não ter o hardware mais potente do segmento, mas tenta compensar em outros pontos para conquistar o consumidor. Será que a Motorola está no caminho certo? Vamos conferir nesta análise do TudoCelular o que o Edge 50 Pro tem a oferecer.

Acessórios

O Moto Edge 50 Pro vem em caixa clara feita de papel reciclado. Você encontra os seguintes acessórios:

  • Carregador com 125W de potência
  • Cabo USB no padrão C
  • Guia do usuário
  • Chavinha da gaveta do cartão SIM
Design e conectividade

A Motorola segue sua parceria com a Pantone para trazer cores exclusivas para seus smartphones. No caso do Edge 50 Pro temos as opções lilás e preta, ambas com acabamento fosco que imita couro para um toque suave e agradável ao segurar o celular.

Há curvas de todos os lados para garantir uma pegada confortável. Até mesmo o bloco de câmeras tem uma transição suave da parte alta para a mais baixa, o que não apenas contribui para a elegância do design, mas também ajuda a deixar a experiência o mais agradável possível.

As câmeras mais importantes do conjunto são maiores e ficam mais saltadas. Há uma terceira câmera alinhada acima do flash de LED. As duas principais são cercadas por aros metálicos na mesma cor das laterais do aparelho, que são feitas de alumínio fosco de boa qualidade.

A parte frontal ostenta laterais curvas com bordas finas. Há um pequeno furo para a câmera de selfie e vidro com proteção Gorilla Glass. O Edge 50 Pro possui certificação IP68 para garantir boa proteção contra água e poeira. Ele fica a par dos melhores celulares com Android ao sobreviver por no máximo 30 minutos em até 1 metro e meio abaixo d’água.

O leitor biométrico vem incorporado ao display e traz tecnologia do tipo óptica para rápido reconhecimento da digital. Apesar de funcionar bem, ele fica muito próximo da borda, o que pode ser um pouco desconfortável de usar com apenas uma mão.

Na parte de conectividade temos Wi-Fi de sexta geração, Bluetooth 5.4, NFC e 5G. O Edge 50 Pro conta com suporte a carregamento sem fio de até 50W e até faz carregamento reverso de até 10W para recarregar a bateria de acessórios.

Tela e som

O Edge 50 Pro possui tela de 6,7 polegadas com taxa de atualização de 144 Hz e resolução de 1220p. Temos um painel OLED avançado capaz de reproduzir mais de 1 bilhão de tons diferentes. Além disso, esse é o primeiro a vir com certificação Pantone na tela, o que garante o máximo de fidelidade de cores.

O painel adotado pela Motorola é capaz de alcançar alto nível de brilho e garante uma ótima visibilidade em locais abertos ou com forte iluminação. Há suporte a HDR10+ para aproveitar nos principais serviços de streaming, mas fica devendo Dolby Vision para uma experiência mais completa.

Outra tecnologia ausente é a LTPO, o que limita o comportamento da taxa de atualização do display. No modo automático terá a tela oscilando entre 60 e 120 Hz. Há o modo 144 Hz para o máximo de fluidez, assim como a possibilidade de travar o painel em 60 Hz para economizar bateria.

Temos o alto-falante principal ao lado da porta USB na parte inferior e um secundário no topo da tela que também serve para chamadas. Ambos entregam volume similar e não destoam quando o som está no máximo.

O Edge 50 Pro fica um pouco abaixo dos modelos avançados de outras marcas quando o assunto é potência sonora. Pelo menos ele compensa com áudio bem equilibrado entre graves, médios e agudos. Comparado à geração anterior da Motorola, até que tivemos um pequeno avanço neste ponto. Também há equalizador completo com Dolby Atmos.

Desempenho

A Motorola decidiu equipar seu novo smartphone com o Snapdragon 7 Gen 3, o que faz ele cair de categoria e brigar diretamente com os intermediários premium de outras fabricantes. Mas seria isso um retrocesso para a linha?


Ele foi bem em nosso teste de velocidade e graças aos seus 12 GB de RAM conseguiu segurar todos os apps abertos em segundo plano. Ele pode até perder para modelos avançados de outras marcas, mas na prática não vai decepcionar na experiência. Em benchmarks temos pontuações na média dos intermediários premium com 800 mil pontos no AnTuTu.

E nos jogos? Ele rodou Call of Duty na qualidade Alta com taxa de quadros no máximo, mas sem todos os extras ativados. No PUBG, terá Ultra HDR com tudo habilitado para uma boa experiência.

Bateria

A sua bateria pode até não ser a maior do segmento, mas é bom ver que o hardware bem otimizado pelo software faz os 4.500 mAh render bem.


Em nosso teste padronizado tivemos quase 30 horas de uso moderado, deixando bem acima de muitos intermediários premium. Além disso, a Motorola manda um potente carregador de 125W na caixa que leva apenas 22 minutos para encher totalmente a bateria.


A melhor parte é que com uma carga de apenas 10 minutos já terá mais da metade da bateria para usar, o que garante muitas horas de uso moderado.

Câmeras

O conjunto fotográfico triplo traz sensor OmniVision de 50 MP e lente com grande abertura focal e estabilização via hardware, além de ultra-wide de 13 MP da SK Hynix e teleobjetiva com zoom óptico de 3x e sensor de 10 MP da Samsung. A câmera frontal também conta com sensor da coreana e aqui temos resolução de 50 MP.

A câmera principal faz fotos agradáveis na configuração padrão que comprime quatro pixels em um. O contraste é um pouco exagerado, mas há boa nitidez e cores saturadas sem deixar as fotos artificiais.

Padrão | 50 MP



Você pode usar o sensor na sua resolução máxima sem a compressão de software. Nesta configuração terá fotos mais nítidas com pequenos detalhes registrados, mas em troca de uma faixa dinâmica mais limitada que resulta em fundo com luz estourada.

A câmera teleobjetiva apresenta cores mais neutras e contraste inferior à principal, mas ainda temos fotos nítidas com boa qualidade quando ficamos limitados ao zoom óptico de 3x. Ao passar disso, quando apelamos para o zoom digital, temos uma queda bastante considerável da nitidez e texturas.

Zoom


A ultra-wide sofre mais ao fotografar no fim de tarde com fotos mais escuras por limitação da abertura de lente. Essa câmera não chega a decepcionar à noite, apesar de sofrer para lidar com pontos de luz. A vantagem de ter foco automático fica para a possibilidade de ser usada para macros amplas com bom efeito de desfoque.

Principal | Ultra-wide



O Edge 50 Pro acerta nas fotos noturnas com imagens claras sem ruídos exagerados e cores equilibradas como temos nas fotos feitas em locais bem iluminados. Cores, contraste, faixa dinâmica e tom de branco estão próximos do ideal, mostrando que a Motorola otimizou bem o software para fotos à noite.

Noturno



A frontal faz ótimas selfies e com a certificação Pantone temos tom de pele realista para uma apresentação mais natural. As fotos registradas tanto de dia quanto à noite apresentam muitos detalhes, faixa dinâmica agradável e boas cores, apesar de que um pouco mais de saturação cairia bem.

Selfies



A filmadora grava até 4K com a traseira e frontal, mas ficando limitada a 30 fps. A qualidade dos vídeos é decente e perde em nitidez, cores e contraste comparado ao visto nas fotos. As filmagens saem bastante escuras à noite, especialmente com a frontal. Há estabilização eficiente para lidar com os tremidos, enquanto o foco não é dos mais ágeis da categoria. A captura de som é estéreo e tem boa qualidade.

Software

O Edge 50 Pro vem com Android 14 e nova interface chamada Hello UI. A empresa promete três atualizações do robozinho e até quatro anos de patches de segurança com estimativa de distribuição trimestral.

Como a Inteligência Artificial é a moda do momento, a Motorola não poderia ficar de fora e a sua interface vem com foco neste aspecto. Desde a escolha do papel de parede já é possível usar IA para gerar uma imagem única que combine com seu gosto ou mesmo com a sua roupa do dia.

Tudo fica concentrado no já conhecido aplicativo da Motorola que recebeu algumas mudanças na interface. Há a categoria gestos que traz aqueles movimentos conhecidos para ligar lanterna e abrir câmera, mas agora com novas animações que deixam mais claro o funcionamento de cada um deles.

O Ready For segue presente para usar o celular em modo desktop ao conectá-lo a uma TV. Há também o Moto Connect para expandir as funcionalidades do aparelho quando ligado a um monitor com ou sem fio.

Rivais

O Edge 50 Pro seria uma melhor compra do que o Galaxy S23 FE? O rival coreano é mais compacto por ter tela menor com painel com brilho inferior e taxa de atualização de apenas 120 Hz. Ele também perde em resolução e nível de brilho, mas compensa com áudio mais potente com ótima qualidade sonora. O da Motorola ganha em desempenho multitarefas e bateria, enquanto o Galaxy tem melhor filmadora.

O Redmi Note 13 Pro Plus também aposta em design curvo com medidas similares. Ele tem ótima tela que reproduz até mais cores e também entrega brilho forte, mas sua taxa de atualização é de apenas 120 Hz. Na parte sonora temos vantagem para o Edge em potência, com ambos empatando em qualidade. O Motorola vence em desempenho multitarefas e bateria, enquanto em câmeras há vantagem para o Redmi.

Pontos fortes e fracos

Pontos Fortes

  • Tela de 144 Hz com brilho forte
  • Som estéreo de qualidade
  • Desempenho acima dos intermediários premium
  • Boa autonomia de bateria
  • Rápido tempo de recarga

Pontos Fracos

  • Câmera ultra-wide fraca para o segmento
  • Filmadora sofre em locais escuros
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

O preço de lançamento é decente, mas será uma boa compra quando estiver perto dos R$ 2 mil

Embalagem e características

O Edge 50 Pro vem em embalagem ecológica com papel reciclado e traz carregador potente de 125W

Comodidade

Apesar de grande, não deixa de ser um celular agradável de segurar por causa de textura que imita couro

Facilidade de uso

Vem com nova interface com foco em IA e recursos conhecidos aprimorados

Multimídia

Tela tem ótimo brilho e cores; som estéreo entrega boa potência e equilíbrio entre graves, médios e agudos

Votação Geral

O Edge 50 Pro é um bom intermediário premium com porte de topo de linha

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Motorola Edge 50 Pro