» Anuncie » Envie uma dica Ei, voc um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
4.674

Xiaomi Mi Note 10 Pro

Review
Custo - benefcio
Embalagem e caractersticas
Comodidade
Facilidade de uso
Multimdia
Votao Geral

O TudoCelular testou todo o potencial das câmeras do Mi Note 10, e o intermediário da Xiaomi realmente surpreende pela qualidade das fotos. Por isso decidimos dar uma olhada na variante Pro que promete ser ainda melhor, sem falar que possui mais memória, o que deve ajudar a resolver o problema do multitarefas limitado da versão mais barata. Será que vale a pena pagar mais caro neste aqui? É isso que você confere nesta análise completa.

Acessrios

O Mi Note 10 Pro vem em caixa preta com o nome do aparelho estampado em fonte grande na tampa. É o mesmo design minimalista que vimos a Xiaomi adotar em outros lançamentos recentes. Além do aparelho, você encontrará:

  • Carregador de 30W de potência
  • Cabo USB no padrão A em uma ponta e C na outra
  • Capinha de silicone
  • Chavinha para abrir gaveta do cartão SIM
  • Guia rápido de uso
Design e construo

Por fora não há nenhuma diferença entre as duas versões do Mi Note 10. Você tem um celular muito bem construído com estrutura em peça única de metal com traseira de vidro com curvatura acentuada nas bordas, e isso também se aplica ao vidro frontal.

Mesmo com tela grande, o Mi Note 10 Pro não chega a ser um aparelho muito desconfortável de usar devido às suas bordas finas. Ele possui 157,8 mm de altura, 74,2 mm de largura e 9,67 mm de peso. É um aparelho mais gordinho do que estamos acostumados a ver, mas isso deve-se à grande bateria presente - o que também contribui para os mais de 200g de peso.

Apesar de ser um celular intermediário, ele tem preço mais salgado que os flagships da Xiaomi. Você poderia esperar por carregamento sem fio ou certificação IP para proteção contra água, mas não há nada disso aqui. Mas ainda assim é um celular completo que tem como extra um emissor de infravermelho no topo, permitindo usar o aparelho como controle remoto.

O que pode incomodar alguns é a curvatura da tela. Ele não é o primeiro com design similar e não será o último, mas esta curvatura é mais estética do que funcional. Se você curtiu o Mi Note 10 também vai gostar do Pro. E o mesmo podemos afirmar sobre a bela tela AMOLED usada pela Xiaomi.

Tela e som

Ele possui exatamente o mesmo painel do outro modelo. A tela tem brilho alto para garantir boa visibilidade contra o sol. Há suporte a HDR 10 e baixa emissão de luz azul para usar o Mi Note 10 Pro confortavelmente no escuro.

Reprodução de cores e ângulo de visão estão dentro do esperado para um aparelho realmente premium. A Xiaomi curte tons mais frios, mas se você não é fã de branco levemente azulado pode corrigir isso facilmente nas configurações.

A parte sonora poderia ser melhor. Há apenas um alto-falante, o que limitará a experiência multimídia com áudio apenas mono. A potência sonora decepciona um pouco pelo preço cobrado por ele, mas a qualidade é muito boa. Também não há fones de ouvido nesta versão mais cara. Pelo menos você terá entrada padrão P2 para conectar qualquer fone que possua.

Desempenho e jogos

É uma pena que o Mi Note 10 Pro não venha com Snapdragon 855. A Xiaomi decidiu usar a mesma plataforma da Qualcomm presente no modelo mais barato. Isso quer dizer que os dois entregam desempenho similar? Não, necessariamente.

O Note 10 sofreu em nosso teste de velocidade. A falta de otimização da MIUI 11 complicou o multitarefas fazendo o celular recarregar vários apps. Como o Pro vem com mais RAM, ele não sofreu do mesmo problema.


Em benchmarks os dois entregam desempenho similar. Isso era esperado, afinal quantidade de RAM não interfere no AnTuTu. Em jogos temos desempenho melhor no Pro. Não tanto pelo aumento de memória, mas porque o software deste está melhor otimizado e não apresenta as quedas constantes no PUBG como visto no Note 10.

Cmera

Chegamos ao ponto principal do Mi Note 10 Pro, a sua poderosa câmera de 108 MP. A única diferença para a versão mais barata é que esta traz uma lente adicional, o que ajuda na claridade em alguns cenários, mas no geral a qualidade das fotos é bastante similar.

Por padrão você não verá fotos com todos os pixels prometidos pela Xiaomi. O software da câmera comprime quatro em um, resultando assim em imagens finais de 27 MP. Você pode mudar isso nas configurações para explorar todo o potencial da câmera, mas a diferença é mínima e nem compensa o aumento no consumo de armazenamento.

Xiaomi finalmente conseguiu acompanhar Apple, Google e Samsung com seus flagships. O Note 10 Pro registra excelentes fotos. Claro que nem sempre ele leva a melhor contra as demais. O seu HDR funciona muito bem, mas aqui a linha Galaxy Note 10 ainda faz um melhor trabalho.

Zoom 50x


A lente grande-angular pode não ser tão ampla quanto a de alguns flagships, mas registra fotos com ótima qualidade, até mesmo superior que rivais mais caros, como o iPhone 11 Pro Max. O software corrige bem a distorção de lente e as cores ficam próximas daquelas registradas com a câmera principal.

O que surpreende é o zoom do Note 10 Pro. Há duas câmeras dedicadas para isso, uma oferecendo uma aproximação de 2x e outra com zoom de 5x sem apelar para software. A qualidade é superior a outros que oferecem apenas zoom digital, e o melhor é poder aproximar um objeto muito distante em até 50 vezes sem comprometer muito a qualidade. É algo similar ao que vimos no P30 Pro, mas pagando muito menos por isso.

Ultra-wide


Macro


Um ponto fraco dos intermediários da Xiaomi sempre foi as fotos noturnas. Este não é o caso do Note 10 Pro que mais uma vez fica no mesmo patamar de flagships mais caros. Ele pode sofrer um pouco com ruídos ou não ter um modo noturno tão eficiente quanto o do Pixel 4 XL, mas a diferença é pequena.

A câmera macro permite chegar bastante próximo do que deseja fotografar sem sofrer com foco. A quantidade de detalhes registrados é impressionante.

O efeito retrato faz um bom recorte entre os planos, porém perde muita qualidade em locais mais escuros, sofrendo com bastante ruídos. Já a frontal desativa o HDR ao usar o modo retrato e temos um céu completamente estourado. Infelizmente, isso é bastante comum nos celulares da Xiaomi, mas a qualidade da selfie em si é muito boa.

Selfie e modo retrato


Assim como o Mi Note 10, o Pro também não grava vídeos em 4K a 60 fps, se isso for um problema para você terá que investir em algum flagship, como o Mi 9 da própria Xiaomi. O que importa é que este intermediário chinês grava vídeos com ótima qualidade e até melhor que alguns top por aí, como o Pixel 4.

Seu foco é ágil, ele controla bem os tremidos e não apresenta ruídos exagerados em locais com iluminação mais precária. Claro, já vimos melhores, mas é suficiente para ter filmagens boas. A captura de áudio é estéreo, mas aqui não compete como a linha Galaxy S ou Note.

Bateria

Outro ponto em comum entre os dois modelos é o tamanho de bateria. Ter 5.260 mAh é muito para qualquer tipo de usuário. Mesmo que você não largue o celular um minuto, ele entregará autonomia suficiente para um dia inteiro.


Para quem não joga ou exagera no brilho da tela, será capaz de ter bateria para dois dias. É a mesma autonomia vista no modelo menor e isso já era esperado com mesmo hardware e tela em ambos.


Enquanto muitos celulares intermediários de 2019 passam quase 2 horas na tomada para ter a bateria recarregada, o Mi Note 10 Pro leva pouco mais de 1 hora. É um tempo muito bom e isso é graças ao seu potente carregador de 30W.

Software

Algo que nos incomodou profundamente no Mi Note 10 foi o seu software mal otimizado. A Xiaomi deu um pouco mais de atenção à variante Pro e não vemos tantos engasgos neste.

Os recursos da MIUI 11 são os mesmos entre ambos. O infravermelho realmente ajuda nas horas em que você não encontra o controle remoto da sua TV ou do ar condicionado. O app já vem pré-instalado, assim como o de rádio FM.

Rivais

Como visto, o Mi Note 10 Pro é um celular intermediário com câmera de top de linha. Este, sem dúvidas, é o seu maior diferencial, mas a Xiaomi cobra caro por isso. Ele ainda sai mais em conta que os modelos mais avançados da Apple e Samsung em alguns países, mas até mesmo a versão mais simples dele tem preço de flagship aqui no Brasil.

Vale a pena pagar muito em intermediário só pela câmera? Por mais que seja um aparelho interessante você encontrará opções melhores. O Galaxy Note 10 Plus já aparece por menos de R$ 4 mil e tem câmera similar, porém com desempenho muito melhor. Apenas a bateria que rende menos.

O iPhone 11 Pro Max é o mais rápido da atualidade, tem câmera igualmente boa e bateria dura o mesmo, porém custa mais caro. A vantagem do iOS é a sua fluidez impecável perto do que a MIUI oferece, além de atualizações por vários anos, coisa que a Xiaomi nem sempre leva a sério.

O que mais impressiona é ver que Xiaomi agora consegue competir com o Google, que sempre foi referência em câmera. O Mi Note 10 Pro até supera o Pixel 4 XL em alguns cenários e tem filmadora mais competente. O desempenho fica um pouco abaixo, mas a bateria dura muito mais.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes

  • Qualidade de construção
  • Tela e som
  • Autonomia de bateria
  • Tempo de recarga
  • Câmeras para fotos e vídeos

Pontos fracos

  • Snapdragon 855 casaria melhor com o conjunto
  • Faltou som estéreo
  • Preço salgado pelo desempenho oferecido
Avaliao final do Tudocelular
Custo - benefcio

Mi Note 10 Pro tem o pior custo-benefcio de todos os Xiaomis deste ano.

Embalagem e caractersticas

Embalagem s traz o bsico como sempre; e nada de fones de ouvido.

Comodidade

Ele um celular grande com traseira de vidro que escorrega fcil. Pelo menos vem com capinha na caixa.

Facilidade de uso

a mesma MIUI presente em outros da Xiaomi. Apenas a falta de fluidez deve incomodar.

Multimdia

Tela e som de qualidade. Apenas faltou udio estreo.

Votao Geral

Mi Note 10 um celular bacana que no vale a pena comprar. H rivais mais interessantes na sua faixa de preo.

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Xiaomi Mi Note 10 Pro