LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

DxOMark começa a avaliar qualidade do áudio em smartphones para gravação e reprodução

10 de outubro de 2019 20

Quem busca uma experiência de uso mais completa em um smartphone a nível multimídia requer que além de vídeos e fotos o aparelho também seja capaz de gravar a reproduzir áudio de qualidade – e isso, inclusive, é um dos aspectos que focamos em nossos reviews e comparativos.

O DxOMark, um dos benchmarks de câmeras móveis mais populares do mundo, acaba de entender isso e deu origem a uma nova categoria de avaliações baseada exclusivamente nas habilidades de áudio dos portáteis.

Inicialmente o site testou sete aparelhos, incluindo o Huawei Mate 20 X, que atualmente lidera o ranking seguindo do iPhone XS Max e iPhone 11 Pro Max.

Para testar a gravação e a reprodução a fundo o DxOMark (que classificou a câmera traseira do Zenfone 6 abaixo de vários flagships lançados em 2019) construiu uma caixa anecóica personalizada – trata-se de uma sala que absorve todo o som para testar os alto-falantes e microfones dos aparelhos.

Os engenheiros buscam testar os dispositivos em diferentes cenários como, por exemplo, gravando vídeos com a câmera frontal, em um local um pouco mais barulhento bem como em um ambiente mais tranquilo.

São ocasiões criadas para replicar cenários reais de uso, incluindo os obstáculos que todos os donos de smartphone vão ter que contornar para gravar.

A capacidade do telefone de lidar com o ruído de fundo também é colocada a prova, assim como a direção do som vindo da fonte e o efeito na gravação com base em como o smartphone está sendo segurado.


Uma sala de audição especial também foi construída para testar a reprodução de áudio dos telefones; ela é capaz de medir a potência dos alto-falantes, seja em cenários como jogos ou apenas escutando músicas, sempre levando em consideração elementos como a qualidade e clareza do som.

A equipe responsável por avaliar os alto-falantes do smartphone atenta para fatores como timbre, paisagem sonora, equilíbrio e volume, bem como se o som é limpo durante a reprodução (ou seja, se é capaz de se livrar dos ruídos ou frequências indesejadas).

Da mesma foram como ocorre com as câmeras, os resultados dos testes para áudio não devem ser tomados como absolutos, afinal de contas, nada supera a experiência cotidiana de uso, que pode envolver cenários ainda mais específicos que não puderam ser reproduzidos nos testes.


Tenha em mente que os procedimentos acima são apenas uma maneira de quantificar as informações, para que os consumidores possam identificar de forma mais simples (porém, superficial) qual aparelho será capaz de atender melhor suas necessidades.


20

Comentários

DxOMark começa a avaliar qualidade do áudio em smartphones para gravação e reprodução

OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia até setembro de 2019