LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Redmi Note 10 vs Poco X3 NFC: qual é o melhor intermediário da Xiaomi? | Comparativo

10 de maio de 2021 22

Mais uma vez, escalamos o Redmi Note 10 para um duelo caseiro contra outro celular da Xiaomi. O Rei em bateria dos nossos testes agora vai encarar o Poco X3 NFC, para saber qual é o melhor intermediário da marca na atualidade.

Já tem o seu palpite sobre qual modelo leva este embate? O nosso Comparativo vai mostrar a resposta para você agora.

Índice do Comparativo

Design

Redmi Note 10

O embate já começa com dois designs bem interessantes ao consumidor. Ambos entregam bordas bem simétricas nas laterais e no topo, com o famoso notch em forma de furo na tela, para abrigar a câmera frontal. O acabamento em plástico predomina na dupla, mas o Poco vem com laterais de alumínio, que dão uma sensação mais premium. Por outro lado, o Redmi tenta compensar com um corpo menor e mais leve.

Apesar de ter um painel AMOLED, que a gente vai falar melhor já já, o Note 10 não optou por uma solução de biometria sob a tela e preferiu adotar o leitor na lateral do aparelho, da mesma maneira que o Poco X3. O emissor de infravermelho está localizado no topo nos dois, para servir como controle remoto. Eles também entregam proteção contra respingos, que não chega a ser tão resistente como uma IP68, mas já ajuda a evitar problemas durante uma chuva leve, por exemplo.

Poco X3 NFC

Na traseira do Redmi, as câmeras traseiras foram posicionadas no canto com um layout mais moderno e destaque para o sensor principal. Já o Poco preferiu um design original, com um bloco centralizado em forma de dominó para as lentes. Este ainda tem uma tampa que reflete a luz de maneira variada, conforme o seu ângulo de visão.

Cada um traz as suas vantagens, que não se sobressaem e vão depender da preferência do usuário. Começamos o Comparativo com um empate.

Melhor construção

Poco X3 NFC

Slot é híbrido ou não?

Ambos

Possui alguma resistência?

Ambos

Melhor solução do notch

Ambos

Melhor solução da biometria

Ambos

Qual é mais leve e mais fino?

Redmi Note 10

74.5 x 160.5 x 8.3 mm
6.43 polegadas - 2400x1080 px
76.8 x 165.3 x 9.4 mm
6.67 polegadas - 2400x1080 px
Ir para página de comparação

Tela


Os smartphones seguem caminhos bem distintos em tela. Começando pelo Poco, a aposta da Xiaomi para ele foi um display de 120 Hz para agradar os gamers, mas economizou ao colocar um material IPS LCD, que reduz a taxa para 60 Hz quando aparecem imagens estáticas. Já o Redmi utiliza um painel Super AMOLED para trazer maior qualidade, apesar de não ultrapassar os 60 Hz.

O material do Note 10 permite cores mais vibrantes e brilho alto suficiente para ser usado sem problemas sob o Sol. Não que o Poco X3 NFC decepcione nisso, mas quando colocado com o brilho no máximo, o preto começa a distorcer para um tom mais acinzentado. Ao menos, aqui você ainda tem proteção Gorilla Glass 5, que foi rebaixada para a terceira geração no modelo da linha Redmi.

A qualidade superior do AMOLED supera os prós do Poco e dá o ponto ao Note 10.

Melhor tecnologia de tela

Redmi Note 10

Melhor resolução de tela

Nenhum

Melhor proporção tela/corpo

Poco X3 NFC

Tela de Hz elevada?

Poco X3 NFC

Qualidade geral da tela

Redmi Note 10

Som


Estes dispositivos são a prova de que a Xiaomi decidiu investir forte em um som melhor nos seus intermediários. A dupla entrega som estéreo, com os alto-falantes de chamadas servindo como canal secundário. Só isso já traz uma imersão maior em filmes, jogos e músicas. Mas a qualidade sonora dos dois não é a mesma.

O Poco consegue acertar bem nos graves e agudos, mas peca ao ter médios mais abafados. Ao menos a potência é bem alta. Enquanto isso, o Redmi já traz um áudio mais equilibrado, mesmo sem explorar o máximo possível dos graves, porém distorce quando o volume passa dos 80%. A experiência geral dos dois lados é satisfatória, sem necessitar de fones de ouvido, mesmo que a dupla venha com conector físico para o acessório.

A vitória fica para o Poco X3 NFC pela potência alta e sem distorções, além dos graves melhores.

Som é estéreo?

Ambos

Possui entrada P2?

Ambos

Possui protocolos de alta qualidade e ajustes para Bluetooth e fio?

Nenhum

Vem fones de ouvido na caixa?

Nenhum

Qualidade sonora

Poco X3 NFC

Sistema


Por ser mais novo, o Redmi Note 10 já sai da caixa com Android 11 e MIUI 12. As otimizações para aumentar autonomia não comprometem o desempenho, o que resulta em uma interface bem fluida. O modo escuro também ajuda a aumentar a duração da bateria, pela presença do painel AMOLED.

O material ainda permite o Always-on Display, algo ausente no sistema do Poco X3 NFC. Este, por sua vez, se aproveita dos 120 Hz de atualização para entregar animações ágeis, além das janelas flutuantes e centro de controle dedicado presentes também no rival. Mas falha ao vir ainda com o Android 10, o que significa menos tempo de vida útil nos updates e suporte.

O sistema mais novo e atualizado dá a vitória ao Redmi Note 10.

Sistema bem atualizado?

Redmi Note 10

Sistema será atualizado futuramente?

Redmi Note 10

Qual sistema ou personalização tem mais e melhores recursos?

Redmi Note 10

Faltam conexões? Sobram?

Nenhum

Desempenho


O Redmi Note 10 conta com a plataforma móvel Snapdragon 678 em sua versão 4G, contra um Snapdragon 732G para o Poco X3 NFC. Como já era de se imaginar, o chip da série 700 da Qualcomm levou a melhor nos nossos testes de velocidade. Ao todo, o Poco precisou de cerca de 1 minuto e 12 segundos para concluir o processo, enquanto o Redmi ultrapassou a barreira dos dois minutos.

O Note 10 sofreu especialmente para segurar os apps abertos em segundo plano. Isso mostra como o software sacrifica o multitarefas para compensar na bateria. Mas isso não chegou a afetar os benchmarks, apesar de ainda terem ficado bem abaixo do registrado pelo Poco X3, que tem hardware mais potente. Em jogos, os dois rodaram os títulos sem problemas, mas ainda sofrem para entregar qualidade máxima. Mesmo o Poco com suporte a 120 fps não consegue chegar nessa taxa em todos os games compatíveis.

Por ter sido mais rápido no nosso teste de velocidade, o Poco X3 NFC leva o ponto em desempenho.

Quem se sai melhor no teste de abertura?

Poco X3 NFC

Quem leva a melhor nos jogos mais exigentes?

Poco X3 NFC

Quem tem os melhores números de benchmark?

Poco X3 NFC

Qual o processador mais atualizado?

Redmi Note 10

Qual tem melhor equilíbrio de RAM/processador?

Poco X3 NFC

Qual tem mais armazenamento?

Redmi Note 10

Bateria


Chegamos no quesito que menos surpreende no resultado: a bateria. Como mencionamos no início, o Redmi Note 10 é o Rei em autonomia, depois de entregar mais de 30 horas e meia de uso nos nossos testes. O Poco não teve a mesma performance fora da tomada, mesmo com uma bateria de capacidade maior, e apenas parou na faixa das 23 horas, com tela em 60 Hz. Se você quiser usar a fluidez máxima do painel, a tendência é essa marca diminuir ainda mais.

Pelo menos, estão equilibrados em tempo de recarga e ficam em torno de uma hora e 10 minutos conectados na tomada. De qualquer forma, ainda é mais negócio para Note 10, já que rende um período maior até descarregar novamente.

Bateria é um ponto claro para o Redmi Note 10.

Qual tem mais bateria?

Poco X3 NFC

Qual recarrega mais rápido?

Redmi Note 10

Qual dura mais de acordo com o teste de bateria do TC?

Redmi Note 10

Tem carregamento sem fio?

Nenhum

Câmera

Como é praticamente lei nos intermediários da chinesa, são quatro câmeras traseiras para cada um. No papel, o Poco X3 NFC tem resoluções maiores na principal e na ultrawide. Mas será que isso se traduz em fotos melhores? Bom, no sensor primário, temos imagens com boa quantidade de detalhes e precisão no alcance dinâmico neste. Por sua vez, o Redmi sofre mais com a nitidez nas sombras e ruídos no fundo dos cenários.

Já a grande-angular do Note 10 capricha mais ao capturar o cenário de forma mais ampla sem matar os detalhes para isso, algo que o Poco não consegue fazer na sua lente secundária. Fora a distorção nos cantos das imagens que está mais presente aqui do que o rival. A macro de ambos os lados apenas faz o básico, pela resolução baixa e ausência de foco automático. Por último, a de profundidade realiza um trabalho ok nos dispositivos, mas acerta mais na separação dos planos no Redmi.

Na qualidade geral, vemos mais pontos positivos no Redmi Note 10 que no Poco X3, por isso ele fica com o ponto.

Melhor conjunto de câmera traseira

Poco X3 NFC

Melhores fotos noturnas

Redmi Note 10

Conjunto mais versátil

Nenhum

Melhor ultrawide

Redmi Note 10

Melhor teleobjetiva

Nenhum

Melhor macro

Ambos

Melhor profundidade

Redmi Note 10

Fotos tiradas com o Redmi Note 10

Em vídeos, você terá suporte a gravações em 4K com os dois celulares. Mas se quiser menos tremidos, precisará baixar para a resolução Full HD para usar a estabilização eletrônica. O foco está mais rápido no Redmi Note 10, mas à noite ele apresenta falhas e não chega a empolgar tanto. O áudio é estéreo na captação em ambos, apesar de não ser dos melhores.

Nos detalhes de uso, o Redmi Note 10 vence mais esta.

Possui estabilização óptica?

Nenhum

Possui estabilização eletrônica?

Ambos

Grava em 4K a 60fps?

Nenhum

Melhor captação de áudio

Redmi Note 10

Melhor em vídeo

Redmi Note 10

Fotos tiradas com o Poco X3 NFC

Dos dois lados, nós temos uma câmera frontal capaz de capturar selfies com boas cores e nitidez satisfatória. Mas o Poco leva a melhor à noite, por errar menos nas imagens e ter mais detalhes. Ambos os aparelhos também conseguem filmar em 4K com o sensor da frente, porém sofrem com tremidos e costumam precisar de uma fonte de luz para renderem o máximo.

Pelas fotos noturnas com maior qualidade, o Poco pontua em selfies.

Melhor conjunto de câmera frontal

Poco X3 NFC

Câmera frontal grava em 4K?

Ambos

Melhor selfie

Poco X3 NFC

Preço

Os dois modelos foram lançados no Brasil, pela parceria entre a Xiaomi e a brasileira DL Eletrônicos. O Poco X3 chegou mais caro ao mercado nacional, cobrando R$ 3 mil do consumidor. Já o Redmi Note 10 desembarcou no país mais barato, por um valor sugerido de R$ 2.200.

Mesmo em solo brasileiro há menos tempo, este último já pode ser encontrado em varejistas na faixa de R$ 1.300. Por sua vez, o mais antigo ainda beira os R$ 1.600 nas lojas. Esses R$ 300 de diferença acaba por ser uma diferença significativa no bolso do consumidor.

Por isso, o Redmi Note 10 leva o ponto final do Comparativo.

Qual teve melhor preço de lançamento?

Redmi Note 10

Qual tem melhor custo-benefício atual?

Redmi Note 10

8.3 Hardware
8.1 Custo Benefício

Poco X3 NFC

Comparar Aviso de preço

Conclusão

O Redmi Note 10 venceu o Comparativo com um grande equilíbrio para o Poco X3 NFC. O ganhador foi claramente superior em bateria e preço, enquanto o modelo mais antigo da Xiaomi levou a melhor em desempenho.

No restante, sempre houve destaques a se considerar dos dois lados. Neste caso, o que vai fazer a diferença mesmo na hora da compra é o quanto afetará o bolso do consumidor, ou seja, o custo no mercado. E nisso, o Redmi se mostrou com um custo-benefício melhor no momento.

RESULTADO

Redmi Note 10: 7 PONTOS

  • Empate em design
  • Melhor em tela
  • Melhor software
  • Melhor em bateria
  • Melhor câmera traseira
  • Melhor em vídeos
  • Melhor custo-benefício

Poco X3 NFC: 4 PONTOS

  • Empate em design
  • Melhor em som
  • Melhor desempenho
  • Melhor em selfies

Entre uma bateria de longa duração e um desempenho melhor, qual iria preferir? O que achou de destaque em cada um dos aparelhos? Comente à vontade conosco no espaço abaixo.

(atualizado em 23 de junho de 2021, às 03:58)

22

Comentários

Redmi Note 10 vs Poco X3 NFC: qual é o melhor intermediário da Xiaomi? | Comparativo

Galaxy Z Fold 2: dobrando melhor do que você esperava | Hands-on em vídeo

Moto G9 Plus vs Moto G8 Plus: uma nova geração realmente evolui? | Comparativo

Galaxy A20s vs A21s: vale trocar ou ir direto no mais novo? | Comparativo

Galaxy M31 vs LG K61: qual o melhor celular intermediário barato? | Comparativo