LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Google Pixel 6 e Pixel 6 Pro terão upgrade até Android 16; principais especificações são reveladas

13 de outubro de 2021 25

Atualização (13/10/2021) por LL

A próxima aposta do Google para o mercado de smartphones será anunciada no dia 19 de outubro, mas as principais especificações e novidades que chegam com a linha vazaram há dias. Um dos detalhes ainda não esclarecidos, porém, era o tempo de suporte destinado aos modelos. Segundo novo rumor, o Pixel 6 e o Pixel 6 Pro receberão upgrade até o Android 16.

Os dois novos smartphones devem ter direito a quatro grandes atualizações de software e cinco anos de updates de segurança. Como sairão de fábrica com o Android 12, isso significa que o Android 16 está garantido. Se tal informação se provar verdadeira, trata-se de um dos suportes mais longos já oferecidos a um smartphone Android.

Antes do anúncio oficial, agora a varejista Carphone Warehouse deu um deslize e agora temos em mãos todas as informações sobre os Pixel 6 e Pixel 6 Pro que serão lançados oficialmente em 19 de outubro pelo Google. A página está fora do ar, mas o tempo que ficou online foi suficiente para que o informante Evan Blass capturasse tudo que saiu por lá.

A começar pelo Pixel 6 Pro, o novo smartphone trabalha com o chipset Google Tensor, com hardware de IA para recursos de aceleração como Visão Noturna, Modo Retrato e a nova "borracha mágica" (Magic Eraser). Otimizado em termos de energia, promete ser 80% mais rápido que o Snapdragon 765G do Pixel 5.


O modelo Pro tem a câmera mais avançada de todos os tempos em um telefone do Google. Há um módulo principal cujo sensor de 50 MP é muito maior do que o minúsculo sensor de 1/2,55” do Pixel 5. Ele captura 150% mais luz, o que será uma vantagem para fotos noturnas.

Além disso, a lente telefoto está de volta. Ela oferece ampliação ótica de 4x, que pode ser estendida para 20x usando Super Res Zoom. Não há muito na câmera ultrawide além de um sensor de 12 MP. A câmera selfie será bastante ampla com um campo de visão de 94º —no modo RAW, provavelmente antes da correção da lente.


Agora, se você estava se perguntando sobre o que era a Magic Erase, trata-se de uma ferramenta em IA que remove pessoas e objetos indesejados de sua foto. Há também o Face Unblur (partindo para os neologismos, algo como "desembaçador de face"), que resgata fotos borradas restaurando o rosto da pessoa.

O Pixel 6 Pro é compatível com carregamento de 30 W por USB-C, chegando a 50% em 30 minutos —o carregador de 30 W será vendido separadamente. Também há suporte para carregamento sem fio rápido de 23 W e compartilhamento de bateria.

O smartphone terá uma tela LTPO OLED de 6,7 polegadas com taxa de atualização variável de 10 Hz a 120 Hz. Ele será coberto com Gorilla Glass Victus e terá resistência IP68 à poeira e à água. A segurança será um recurso fundamental para o telefone com o novo chip Titan M2, uma sequência do Titan M que foi lançado com a série Pixel 3. Para ajudá-lo a combater novos ataques, o Google fornecerá 5 anos de atualizações de segurança.

Outros recursos de destaque incluem traduções offline em 55 idiomas. Você pode apontar a câmera para um sinal para traduzi-lo ou obter legendas traduzidas para um podcast. O recurso "At a Glance" mostrará informações relevantes para eventos futuros, por exemplo, sua passagem de avião. Os Pixels virão com o novo Android 12, embora alguns recursos sejam exclusivos do Google.


Além do carregador USB-C de 30 W, O carregador sem fio Pixel Stand pode transformar o telefone em um hub que pode controlar dispositivos inteligentes e um porta-retratos que mostra fotos do Google Fotos. Há também uma caixa protetora translúcida feita com mais de 30% de plástico reciclado.

Quanto ao Pixel 6 básico, ele também será alimentado pelo chipset Google Tensor emparelhado com o chip de segurança Titan M2. O telefone terá as mesmas câmeras principais de 50 MP e ultrawide de 12 MP, mas não terá a câmera telefoto.


A tela de 6,4 polegadas terá um OLED normal. Ele terá uma alta taxa de atualização, mas não como um painel LTPO. Ele ainda será coberto com Gorilla Glass Victus e o telefone recebe uma classificação IP68 para resistência à poeira e água.

Os mesmos acessórios estão disponíveis para o Pixel 6 básico, embora o carregamento sem fio seja um pouco mais lento — de 21W.


O Pixel 6 e o ​​6 Pro serão lançados em 19 de outubro, mas a disponibilidade será limitada a poucos países a princípio. O Pixel 6 básico deve custar a partir de 650 euros (R$ 4.100).

  • Atualização (09/07/2021) - PM

Google é uma empresa que não costuma lançar muitos celulares todos os anos, ao contrário de nomes como Motorola e Samsung, que inundam as prateleiras a cada mês com novos aparelhos.

Por isso, a gigante das buscas tem um controle maior em respeito ao software distribuído para seus portáteis, e é por isso que, aparentemente, a partir de seu próximo grande lançamento — a série Pixel 6 — a empresa pode estar prestes a dar um grande passo que vai agradar a muitos fãs de sua divisão de smartphones.

Segundo informações publicadas pelo vazador Jon Prosser, o Pixel 6 e Pixel 6 Pro devem chegar ao mercado com suporte a até cinco anos de atualizações do Android — o que é algo impressionante quando paramos para pensar que, no melhor dos casos, smartphones com o sistema do robôzinho verde ganha no máximo três anos de atualizações.

Mais especificações vazadas

Além da informação acima, Prosser também compartilhou mais especificações de ambos os modelos. Em relação ao Pixel 6, podemos esperar uma tela AMOLED de 6,4", câmera principal de 50 MP, ultrawide de 12 MP e um sensor para selfies de 8 MP.

O processador deve ficar por conta do chip proprietário do Google — Whitechapel — com 8 GB de RAM e 128/256 GB de armazenamento. Na parte da bateria, um módulo com 4614 mAh é esperado.

Já falando do Pixel 6 Pro, um painel P-OLED de 6,71" seria o escolhido. As câmeras contariam com um sensor principal de 50 MP, uma telephoto de 48 MP e uma ultrawide de 12 MP. Para selfies, a empresa pode optar por uma lente de 12 MP.

O processador seria o mesmo do Pixel 6, porém, com 12 GB de RAM e opções de 128/256/512 GB de armazenamento, com bateria de 5.000 mAh. Ambos os portáteis já viriam com o Android 12 pré-instalado de fábrica.

  • Artigo original (01/06/2021)

Série Pixel 6 pode oferecer vibração no ritmo das músicas e jogos

Sabemos que a série Pixel 6 chegará ao mercado com mudanças notáveis no design, algo que já foi revelado em vazamentos recentes.

Apesar disso, ainda não temos muita noção do que os celulares do Google vindouros trarão em termos de novidades exclusivas, afinal de contas, a gigante das buscas sempre garante alguns extras interessantes para seus próprios smartphones.

Um vazamento recente sugere que uma dessas novidades pode acabar por oferecer uma experiência aprimorada em jogos e quando ouvindo músicas, graças a uma API do Android 12 chamada audio-coupled haptics.

Como o próprio nome já sugere, com ela será possível gerar efeitos de vibração personalizados para ringtones e quando ouvindo músicas, e o mesmo recurso pode ser explorado por desenvolvedores para tornar a jogatina ainda mais interessante.

No presente momento, o único celular que suporta a API HapticGenerator é o Pixel 4 (curiosamente, o 4a 5G e Pixel 5 ficaram de fora). A seguir você pode conferir dois vídeos publicados por cstark27, membro do fórum XDA Developers, que exploram a API em questão:

Mesmo que o Google decida por não explorar a API como vemos nos vídeos ainda, ainda assim, não podemos descartar a possibilidade de que ela pode, de fato, ser aproveitada por desenvolvedores em termos de experiência in-game.

Sem contar que esse tipo de recurso quando utilizado em conjunto com um ringtone também torna a experiência de uso mais interessante, não é verdade?

Vamos ficar de olho para as próximas novidades e rumores envolvendo o Pixel 6 e suas variantes. O que você espera do próximo celular do Google? Compartilhe suas expectativas e opiniões com o TudoCelular através do espaço abaixo destinado a comentários.


25

Comentários

Google Pixel 6 e Pixel 6 Pro terão upgrade até Android 16; principais especificações são reveladas
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas