LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Comércio brasileiro tem queda de até 75% de faturamento, de acordo com Accenture

14 de maio de 2020 0

Com a extensão do período de isolamento devido aos esforços para desaceleração do novo coronavírus no Brasil, o comércio sofreu uma queda de até 75% do seu faturamento. Essa baixa é reflexo da cautela dos consumidores, que passaram a gastar menos e controlar mais os gastos pessoais ante à imprevisibilidade da situação financeira de cada um nos próximos meses. Esses dados são fruto do mais recente estudo realizado pela Accenture, que mapeia os impactos da pandemia na indústria de pagamentos pelo mundo.

Detalhando esse número observamos o setor do turismo liderando a lista, com -75% do faturamento, em seguida vem vestuário, com -66% e, por último, bares e restaurantes, com -60%. Já a seção de supermercados teve um crescimento do faturamento de 16%. No total, do início de março até o dia 31 de maio, o faturamento do varejo no Brasil no período teve uma queda de 30,1%.

O estudo da Accenture também realizou uma projeção de como poderá ser a recuperação da economia e analisou que esse aumento acontecerá de forma distinta. Os setores de vestuário, produtos de beleza, eletrodoméstico, vendas diretas, serviços de mobilidade e serviços médicos, por exemplo, que hoje estão em baixa demanda, deverão se recuperar de forma mais rápida, ao passo que serviços de academia, bares, restaurantes e eventos deverão crescer de forma mais lenta.

O comércio sofreu forte redução no país durante esse período de pandemia | Imagem: Reprodução

Edlayne Burr, diretora-executiva e líder de Estratégia para Pagamentos da Accenture na América Latina, analisou: “O que está sendo discutido nesse período de pandemia tende a ser mais digital, colaborativo e com menos contatos pessoais. Com isso, é possível que exista uma aceleração da tendência de digitalização dos serviços bancários e de pagamentos, assim como está sendo percebido em outras indústrias, como na implementação de telemedicina e fortalecimento do ensino à distância.”

O que você achou dos números em queda no comércio brasileiro? Fale sua opinião para a gente no espaço voltado a comentários.


Tech

Coronavírus: Brasil chega a 24.512 mortes em 391.222 casos confirmados | Relatório diário da Covid-19

Samsung

Dividindo com a TSMC! Samsung fabricará GPUs básicas de 7 nanômetros para a Nvidia

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Maio 2020

Tech

De Peste Antonina à Covid-19: pandemias que abalaram o mundo | Detetive TudoCelular