LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Google é processado pelo Departamento de Justiça dos EUA por monopólio de publicidade digital

31 de janeiro de 2023 0

Atualização (31/01/2023) - EB

O Google está sendo processado pelo Departamento de Justiça dos EUA (DOJ) por monopólio de publicidade digital. A acusação foi feita após a Bloomberg revelar documentos que indicavam a ação por parte do governo dos EUA, que busca reduzir do domínio de empresas de tecnologia neste setor. Esta é a segunda ação movida pelo DOJ contra o Google em cerca de dois anos.

As informações sobre o processo foram reveladas pela Fast Company Brasil, no a acusação diz:

Tendo se inserido em todos os aspectos do mercado de publicidade digital, o Google usou meios anticompetitivos, excludentes e ilegais para eliminar ou diminuir severamente qualquer ameaça ao seu domínio sobre as tecnologias de publicidade digital.

O processo foi movido contra a Big G por pelo Departamento de Justiça dos EUA junto de procuradores-gerais de oito estados. Simplificando, o Google é acusado de utilizar o seu domínio no mercado de anúncios para prejudicar e desencorajar concorrentes, o que pode ser configurado como monopólio ilegal.

O Google corrompeu a concorrência legítima na indústria de tecnologia de anúncios ao se envolver em uma campanha sistemática para assumir o controle da ampla gama de ferramentas de alta tecnologia usadas por editores, anunciantes e corretores, para facilitar a publicidade digital.


Um exemplo simples citado nos atos do processo é que aqueles que compram espaços para anúncios muitas vezes são obrigados a pagar pelo preço mais caro oferecido pelo Google, pois não há concorrência suficiente neste mercado. Em contrapartida, o site que exibe os anúncios acaba recebendo menos.

O processo também afirma que os diversos portais com sistemas de proteção contra bloqueio de anúncios (paywalls) ou sistemas de assinaturas para ler notícias já são um reflexo de como o monopólio do Google afeta este mercado, visto que a receita paga a estes sites muitas vezes não é suficiente para eles manterem o seu negócio.

Este processo deve colocar não apenas o Google em alerta, mas também outras empresas como Apple, Meta e Microsoft, que também estão sendo investigadas em outros processos, pois Joe Biden já afirmou que:

A próxima geração de grandes empresas não pode ser sufocada pelas gigantes que dominam o setor antes mesmo de terem a chance de decolar.

Ainda não há um prazo para que o julgamento do processo ocorra, mas é esperado que o Google recorra em sua defesa para atrasar o decorrer das ações judiciais. Para fins de comparação, o outro processo similar aberto contra ele em 2020 ainda segue em andamento até hoje.

Matéria original (24/01/2023)

EUA devem processar o Google por “monopólio” no mercado de anúncios digitais

O Departamento de Justiça (DOJ) dos Estados Unidos deve processar o Google em busca de reduzir a sua dominância no mercado de publicidade digital. A informação foi confirmada por mais de uma fonte para a Bloomberg.

De acordo com essas pessoas, o processo é a segunda ação antitruste movida pelo órgão contra o Google, sendo que ela se baseia na reclamação de diversos editores e sites.

Muitos anunciantes dizem que o Google não é transparente e não informa detalhadamente para onde vão os dólares dos anúncios, especificamente quanto fica com a empresa e quanto é repassado aos editores.

Além disso, a compra da DoubleClick e da AdMob ajudou o Google a se tornar um player dominante no mercado de publicidade online.

Imagem/reprodução: Andrew Kelly/Reuters.

Em sua defesa em outros processos, o Google alega que o seu ecossistema de anúncios compete com o Facebook, AT&T e Comcast nos Estados Unidos. Por isso, não existiria um monopólio no setor.

Além disso, a participação de mercado do Google vem caindo lentamente, deixando de ser de 36,7% em 2016 para 28,8% no ano passado.

Por enquanto, o Departamento de Justiça e o Google não comentaram o assunto. De toda forma, o processo pode render mais um desgaste importante para a empresa de Mountain View.

Veja mais


0

Comentários

Google é processado pelo Departamento de Justiça dos EUA por monopólio de publicidade digital
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Economia e mercado

Motorola lança primeira conta digital do mundo integrada a um smartphone

Asus

ASUS lança novo celular gamer ROG Phone 5s e 5s Pro no Brasil; confira os preços