LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Moto G200: conjunto mais potente cobra o preço | Teste de bateria oficial

10 de dezembro de 2021 13

Buscando alcançar um leque diversificado de opções em celulares, para os consumidores brasileiros, a Motorola ampliou a sua linha Moto G com os novos modelos Moto G200 5G, G71 5G e G31. O primeiro é o grande destaque, com a missão de suceder o popular Moto G100. Já iniciamos os testes para saber do que ele é capaz.

Para quem não acompanhou o lançamento, temos tela IPS LCD de 6,8 polegadas com resolução FHD+ e 144 Hz, plataforma Snapdragon 888 Plus, 8 GB de RAM, 256 GB de armazenamento interno, câmera frontal de 16 MP, três câmeras traseiras (108 MP / 8 MP / 2 MP), conexão 5G, dual-SIM, Bluetooth 5.2, NFC, IP52 e WiFi de banda dupla, bateria de 5.000 mAh com carregamento rápido de 33W e Android 11 rodando sob a My UX.

Mais Notícias

Nosso teste de bateria oficial é executado com vários apps, jogos e serviços populares em ciclos cronometrados até que a bateria esgote completamente, sendo dado um tempo de standby entre os ciclos para acompanhar o consumo em segundo plano. Brilho da tela e configurações de redes são padronizados para que possamos traçar um paralelo entre todos os modelos que passaram por nossas bancadas.

Os apps presentes nos ciclos, e seus determinados tempos de execução por ciclo, são:

  • 6 minutos de uso (cada) - WhatsApp, Youtube, MX Player (vídeo offline), Spotify, PowerAmp (música offline) e Chrome;
  • 1 minuto (cada) - Pokémon Go, Asphalt 8, Subway Surfers, Candy Crush, Modern Combat 5 e Injustice;
  • 4 minutos de chamadas em 3G/4G;
  • 2 minutos de uso (cada) - Facebook, Gmail e GMaps
Resultados

Após nossos testes com o Moto G200, chegamos aos seguintes resultados:

  • Foram necessárias 20 horas e 11 minutos para o dispositivo desligar;
  • A tela permaneceu ligada por 10 horas e 13 minutos no período;
  • Realizamos 15 ciclos completos de testes, incluindo:
    • 90 minutos de navegação no Chrome;
    • 450 minutos de WhatsApp, Spotify, PowerAmp, MX Player e YouTube (90 minutos cada);
    • 90 minutos de jogos (Pokémon Go, Subway Surfers, Candy Crush, Injustice, Modern Combat 5 e Asphalt 8);
    • 90 minutos de Facebook, Gmail e Google Maps (30 minutos cada);
    • 60 minutos de chamadas de voz via 3G/4G;
  • O app que mais consumiu foi o YouTube.
Conclusão

O Moto G200 tem avanços notáveis em relação ao Moto G100, incluindo tela maior que sai de 90 para 144 Hz e hardware muito mais potente, mas mantendo a mesma bateria de 5.000 mAh. Como era de se esperar, a autonomia caiu, e o novo modelo aguenta algumas horas a menos longe de tomadas, especialmente em uso mais intenso que vá exigir altas taxas de atualização e processamento gráfico.

Ainda assim, o Moto G200 não tem uma autonomia considerada ruim, sendo superior a modelos com Snapdragon 888 como Realme GT 5G e Zenfone 8, ainda que tenha apresentado duração de bateria pior que o Edge 20 Pro com sua tela OLED e Snapdragon 870. Ele vai conseguir aguentar um dia inteiro sem problemas, mas quem deseja chegar ao final do segundo dia pode precisar dar uma carga já no final da manhã.

Veja mais

Transmissão encerrada!

10/12/2021 - 13.18

Foram 20 horas e 11 minutos de uso no total, com 10 horas e 13 minutos de tela ativa. O resumo do teste pode ser conferido na atualização da pauta acima. Obrigado pela companhia.

10/12/2021 - 13.12

E o Moto G200 acaba de desligar logo após encerrar o ciclo 15.

10/12/2021 - 13.11
10/12/2021 - 12.20

Já estamos rodando o ciclo de número 15.

10/12/2021 - 11.32

Completamos quatorze ciclos e temos agora 10% de carga.

10/12/2021 - 11.28
10/12/2021 - 09.46

Já estamos rodando os ciclos 13 e 14, iniciados com 23% de carga.

10/12/2021 - 08.44
Celular religado e na pausa dupla.
10/12/2021 - 02.17
Celular desligado, continuaremos nesta manhã de sexta
10/12/2021 - 02.06
9/12/2021 - 22.42

Bateria agora com 48% no retorno para ir até o ciclo 12.

9/12/2021 - 20.42

Completamos os oito ciclos com 49% de carga restante.

9/12/2021 - 20.40
9/12/2021 - 17.09

Voltando para ir até o ciclo 8, reiniciando com 74% de carga.

9/12/2021 - 15.02

G200 com quatro ciclos completos e 76% de carga restante. Vamos para uma pausa quádrupla e retornamos em seguida para ir até o ciclo 8.

9/12/2021 - 14.58
9/12/2021 - 12.27

Temos agora 94% de carga no retorno para irmos até o ciclo de número 4.

9/12/2021 - 10.59

Primeira rodada finalizada e temos agora 95% de carga restante. Faremos uma pausa tripla e retornamos em seguida com os ciclos 2, 3 e 4.

9/12/2021 - 10.56
9/12/2021 - 10.11

Moto G200 desconectado da tomada e rodando o primeiro ciclo.

9/12/2021 - 10.01
9/12/2021 - 09.10

Bom dia! Tivemos um pequeno atraso, mas iniciaremos o teste com o Moto G200 10h.

O Motorola Moto G200 está disponível na Magazine Luiza por R$ 4.049. Para ver as outras 4 ofertas clique aqui.
(atualizado em 16 de junho de 2024, às 23:12)

13

Comentários

Moto G200: conjunto mais potente cobra o preço | Teste de bateria oficial
Economia e mercado

Huawei Kirin 9010L: chipset inédito é encontrado em smartphone intermediário da chinesa

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Windows

Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos