LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Huawei Nova 5T aposta no carregador rápido para não te deixar na mão | Teste de bateria oficial

02 de maio de 2020 41

O Nova 5T foi apresentado pela Huawei em agosto de 2019, chegando ao mercado apenas em meados de outubro. Sendo basicamente uma versão rebatizada do Honor 20, o aparelho desembarcou em solo brasileiro na última semana por R$ 2.999, o que em teoria é um preço bastante convidativo para o conjunto incluído.

Mas será que na prática ele é realmente uma boa escolha? Chegou a hora de começarmos a descobrir.

Mais Notícias

A Huawei incluiu 3.750mAh de bateria no Nova 5T, o que acaba ficando abaixo da média de 4.000mAh que se tornou padrão desde o segundo semestre de 2019, mas considerando a boa eficiência energética vista no Kirin 980 em nosso testes com Mate 20 Pro e P30 Pro podemos esperar ao menos um dia de uso moderado sem grandes problemas.

O teste é padronizado, seguindo a mesma métrica que sempre usamos nos aparelhos que passam por nossas bancadas. Nele, executamos vários apps, jogos e serviços populares em ciclos cronometrados até que a bateria se esgote por completo, dando um tempo de standby entre os ciclos para que possamos acompanhar o consumo em segundo plano.

Resultados

Após um dia inteiro testando a bateria do Nova 5T, chegamos aos seguintes resultados:

  • Foram necessárias 16 horas e 41 minutos para esgotar completamente a bateria;
  • A tela permaneceu ligada por 8 horas e 50 minutos;
  • Realizamos 12 ciclos completos de testes que incluíram:
    • 72 minutos de navegação no Chrome;
    • 360 minutos de WhatsApp, Spotify, música offline, vídeo offline e YouTube (72 minutos cada);
    • 72 minutos de jogos (Pokémon Go, Subway Surfers e Asphalt 8);
    • 72 minutos de Facebook, Gmail e Google Maps (20 minutos cada);
    • 48 minutos de chamadas de voz via rede móvel;
  • O consumo em standby ficou próximo de 1% a cada hora percorrida;
  • A temperatura ficou entre 23° e 37°C;
  • Injustice foi o app que mais consumiu carga;
  • WhatsApp foi o app que menos consumiu;
  • O carregador de 22,5W que vem na caixa precisou de 1 hora e 17 minutos para encher por completo a bateria de 3.750mAh.
Conclusão

O Nova 5T não chegou sequer próximo à autonomia encontrada em modelos top de linha com capacidade mais robusta, como Zenfone 6 e o próprio P30 Pro da Huawei, mas ao menos a capacidade incluída pela fabricante foi suficiente para entregar uma duração similar ao que temos em dois dos principais aparelhos de 2019: Galaxy S10 e iPhone 11.

Isso significa que você conseguirá chegar ao final do dia com alguma carga caso seu padrão de uso seja moderado ou mais básico, apenas com acesso a redes sociais e navegação web, mas se sua ideia é jogar o tempo inteiro é bom ter uma tomada ou uma power bank por perto.

O ponto positivo é que o carregador entregue pela Huawei na caixa do Nova 5T realmente cumpre o prometido, provendo mais de 50% da capacidade da bateria em apenas 30 minutos e precisando de pouco mais de 1 hora para encher totalmente o aparelho. Com isso, ele só fica atrás do P30 Pro dentre os modelos citados, sendo quase três vezes mais rápido que o iPhone 11.

Vale destacar que, como o aparelho recebeu o Android 10 assim que chegou ao Brasil, resolvemos realizar o teste logo com a versão mais nova do sistema, então se você ainda estiver com o Android 9 a autonomia pode apresentar resultados diferentes.

Transmissão encerrada!

1/5/2020 - 23.46

Nosso teste de bateria em tempo real com o Nova 5T fica por aqui. Em breve atualizaremos a página com um resumo dos resultados alcançados e nossa conclusão sobre a autonomia do aparelho.

1/5/2020 - 23.46

O Injustice ficou como app que mais consumiu, de acordo com o gerenciador nativo do sistema, enquanto o WhatsApp foi o menos nocivo à bateria.

1/5/2020 - 23.45

Foram 16 horas e 41 minutos de teste até que o aparelho desligasse, com 8 horas e 50 minutos de tela ativa no período.

1/5/2020 - 23.45
1/5/2020 - 23.42

Vamos ligar novamente o aparelho para registrar seu consumo.

1/5/2020 - 23.42

O Nova 5T acaba de desligar, curiosamente ainda com 2% de carga, exatamente ao final do ciclo 12.

1/5/2020 - 22.50

Hora do último ciclo, com ainda 6% de carga.

1/5/2020 - 22.22

Daremos mais uma pequena pausa e já voltamos com o ciclo 12 para ver até onde o aparelho aguenta.

1/5/2020 - 22.22

São apenas 6% de carga restantes no Nova 5T após o ciclo 11.

1/5/2020 - 21.22

Hora do ciclo 11, com ainda 15% de carga.

1/5/2020 - 20.56

Ficaremos mesmo entre 11 e 12 ciclos com o aparelho. Mas antes, mais uma pausa.

1/5/2020 - 20.55

Temos apenas 15% de carga restando no Nova 5T após 10 ciclos completos.

1/5/2020 - 19.56

Vamos para o décimo ciclo com ainda 24% de carga.

1/5/2020 - 19.30

Daremos mais uma pausa antes do décimo ciclo.

1/5/2020 - 19.30

Ficaremos longe da autonomia marcada no P30 Pro ou outros flagships atualmente no topo de nosso ranking, mas ao menos o Nova 5T deve ficar na mesma faixa de modelos como iPhone 11 e Galaxy S10.

1/5/2020 - 19.27

Temos agora 24% de carga ao final de 9 ciclos completos.

1/5/2020 - 18.31

Vamos para o nono ciclo com 32%.

1/5/2020 - 18.12

Estamos em mais um tempo de descanso antes do nono ciclo.

1/5/2020 - 18.11

Pelo visto passaremos com alguma folga pelo décimo ciclo, chegando a 11 ou 12 ciclos completos.

1/5/2020 - 18.11

O oitavo ciclo nos deixou com 33% de carga. 

1/5/2020 - 17.07
Vamos ao ciclo 8, ainda com 41% de carga.
1/5/2020 - 16.57
Estamos na reta final de mais um intervalo antes do ciclo 8.
1/5/2020 - 16.57 O sétimo ciclo nos deixou com 41% de carga.
1/5/2020 - 15.36

Vamos agora ao sétimo ciclo.

1/5/2020 - 15.36

O sexto ciclo nos deixou com 51% de carga.

1/5/2020 - 14.09
Hora do sexto ciclo, ainda com 60% de carga no Nova 5T.
1/5/2020 - 13.42

Daremos mais uma pausa antes do sexto ciclo.

1/5/2020 - 13.42

Vamos ver como essa média se porta nos próximos ciclos.

1/5/2020 - 13.41

Temos 60% de carga ao final do quinto ciclo.

1/5/2020 - 12.45

Hora de começar o quinto ciclo, com 69% de carga.

1/5/2020 - 12.20

Vamos para mais uma pausa antes do quinto ciclo.

1/5/2020 - 12.20

São 3 horas de tela ativa nestas pouco mais de 5 horas de teste.

1/5/2020 - 12.19

O quarto ciclo nos deixou com 70% de carga.

1/5/2020 - 11.20

Temos ainda 79% de carga, e vamos agora ao quarto ciclo.

1/5/2020 - 10.51

Vamos para mais uma pausa antes do quarto ciclo.

1/5/2020 - 10.51

O Subway Surfers aparece como app que mais consumiu até aqui.

1/5/2020 - 10.51

Fechamos o terceiro ciclo com 79% de carga.

1/5/2020 - 09.53

Vamos para o terceiro ciclo com 88% de carga.

1/5/2020 - 09.35

Estamos em mais uma pausa antes do terceiro ciclo.

1/5/2020 - 09.34

O GSam apresentou um bug no registro do tempo de chamadas de voz, então vamos ter que alternar o registro com o gerenciador nativo do sistema.

1/5/2020 - 09.33

Ficamos com 89% de carga ao final do segundo ciclo.

1/5/2020 - 08.29
Vamos para o segundo ciclo com 96% de carga.
1/5/2020 - 08.01
Vamos para uma pausa rápida antes do segundo ciclo.
1/5/2020 - 08.01 Terminamos o primeiro ciclo com 97% de carga restando.
1/5/2020 - 07.02

Vamos direto para o primeiro ciclo de nosso teste, que assim como todos os demais contará com:

  • 6 minutos de uso (cada) - WhatsApp, Youtube, MX Player (vídeo offline), Spotify, PowerAmp (música offline) e Chrome;
  • 1 minuto (cada) - Pokémon Go, Asphalt 8, Subway Surfers, Candy Crush, Modern Combat 5 e Injustice;
  • 4 minutos de chamadas em 3G/4G;
  • 2 minutos de uso (cada) - Facebook, Gmail e GMaps
1/5/2020 - 07.02

Abaixo você pode ver que Wi-Fi e redes móvel estão ligadas, sendo mantidas assim durante todo o teste, enquanto o Bluetooth permanecerá desligado. O brilho da tela foi regulado manualmente para 200 lux.

1/5/2020 - 07.01

O aparelho foi tirado da tomada exatamente às 7 horas, e está pronto para iniciar o teste.

1/5/2020 - 06.51

Bom dia! Estamos por aqui para mais um teste de bateria em tempo real, dessa vez com o Nova 5T. O aparelho recebeu ontem o Android 10 com a EMUI 10, então já temos a chance de descobrir como ele se sai após o update.

O Huawei Nova 5T está disponível na Fastshop por R$ 2.299. O custo-benefício é bom e esse é um dos melhores modelos nessa faixa de preço.
(atualizado em 14 de julho de 2020, às 19:46)

41

Comentários

Huawei Nova 5T aposta no carregador rápido para não te deixar na mão | Teste de bateria oficial

Moto G8 Power Lite vs Galaxy A30s: uma comparação com pouco sentido | Comparativo

Galaxy A30s vs Galaxy A31: e agora, as mudanças são para valer? | Comparativo

Galaxy A50 vs Moto G8 Plus: você ficaria com atualização ou bateria? | Comparativo

MIUI, OneUI, EMUI: as diferenças entre as interfaces Android | TudoCelular Entenda