LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Filha do fundador da Huawei é presa no Canadá a pedido dos EUA

06 de dezembro de 2018 13

Um escândalo acaba de pousar sobre o escritório da maior fabricante de aparelhos de telecomunicações do mundo, a Huawei. A diretora financeira e vice-presidente, Meng Wenzhou, foi presa sob a suspeita de estar fornecendo informações a respeito de sanções comerciais dos Estados Unidos contra o Irã.

Para quem não sabe, Wenzhou, é filha do fundador da Huawei Ren Zhengfei, e começou a fazer parte da empresa em 1993 como secretária. Após algumas especializações profissionais, Meng foi subindo de cargo até alcançar a posição que ocupava até os últimos dias.

Segundo jornal The Globe and Mail, a mulher que ocupou o oitavo lugar entre as mulheres empresárias de destaque na China de acordo com a revista Forbes, foi presa no dia 1 de dezembro no Canadá. Apesar de ter poucos dias, há informações de que a CFO vai ser extraditada para os EUA e julgada. Vale lembrar que o presidente Donald Trump havia proibido o uso de soluções da Huawei e ZTE no país americano por medo de riscos à segurança nacional. Com o acontecimento dessa prisão, as suspeitas de Trump só se confirmaram.

A embaixada chinesa está tentando recorrer da ação junto ao governo do Canadá, e emitiu uma declaração alegando que os direitos humanos de Meng foram violados com essa prisão. Ainda não se sabe ao certo a razão para que ela fosse presa nesse momento, haja vista que ela já tinha sido acusada de um crime semelhante em 2010.

A agência de notícias britânica Reuters descobriu que filha de Ren estava fazendo parte do conselho de diretores da Skycom Tech, e estava realizando acordos com o Irã para fornecer equipamentos da HP para o país usando a influência da Huawei. Se essa não for a razão para a prisão, significa que a segunda maior produtora de smartphones do mundo se mantém como aliada do país da Ásia Ocidental.

O escândalo já está repercutindo nas redes sociais, e está entre os 9 assuntos mais falados no Twitter mundial, totalizando mais de 135 mil tweets compartilhados a respeito da situação envolvendo a prisão de Meng Wenzhou.


13

Comentários

Filha do fundador da Huawei é presa no Canadá a pedido dos EUA
Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones intermediários com melhor desempenho | Guia do TudoCelular