LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Google pede investigação contra Microsoft por monopólio em serviços na nuvem

01 de dezembro de 2023 16

O Google está acusando a Microsoft de operar um monopólio com o Azure, sua plataforma de computação em nuvem para empresas. Segundo uma reportagem divulgada na quinta-feira (30) pelo Reuters, a gigante das buscas denunciou as supostas práticas anticompetitivas da rival à Autoridade de Concorrência e Mercados (CMA) do Reino Unido.

No Reino Unido, Microsoft e Amazon são dominantes no mercado de computação em nuvem — tecnologia que permite armazenar e processar dados em massa em um servidor remoto. O alto poder de computação dessas plataformas é utilizado para pesquisas científicas, treinamento de inteligência artificial e vários outros casos de uso.

Microsoft domina mercado de computação em nuvem com o Azure (Imagem: Reprodução)

De acordo com estatísticas da consultoria Ofcom, o Amazon Web Services (AWS) e o Microsoft Azure respondem por cerca de 70% a 80% do segmento de infraestruturas de nuvem no Reino Unido. O Google Cloud, por sua vez, detém cerca de apenas 5% a 10%.

Em uma carta enviada à CMA, o Google afirma que a Microsoft mantém práticas de licenciamento que desencorajam os consumidores a utilizarem serviços concorrentes. Segundo as acusações, o Azure mantém uma política restritiva para a interoperabilidade de aplicações em nuvem e prejudica seus usuários caso queiram trocar de plataforma.

“Com as restrições de licenciamento da Microsoft em particular, os clientes do Reino Unido não têm alternativa economicamente razoável senão utilizar o Azure como seu provedor de serviços de nuvem, mesmo que prefiram os preços, a qualidade, a segurança, as inovações e os recursos dos concorrentes”, disse o Google.

Na carta, o Google fez um total de seis recomendações à CMA. Uma delas é forçar a Microsoft a melhorar a interoperabilidade do Azure com outros serviços de nuvem, como o Google Cloud e AWS. Além disso, é solicitado que a empresa rival seja proibida de reter atualizações de segurança para aqueles que migram aplicações para outras plataformas.

(Imagem: Reprodução)

Cabe lembrar que a Autoridade de Mercado e Concorrência do Reino Unido (CMA) também possui investigações em andamento contra o Google e a Apple. As empresas são acusadas de formarem um duopólio no mercado de navegadores para dispositivos móveis.

Órgãos antitruste europeus se mostram uma força de grande influência no mercado de tecnologia. Processos dessa natureza, como exemplo, pressionaram a Apple a substituir sua porta Lightning pelo padrão universal USB-C em todos os seus produtos.


16

Comentários

Google pede investigação contra Microsoft por monopólio em serviços na nuvem
Economia e mercado

Vídeo gravado por passageiro mostra interior de aeronave após acidente no Japão; assista

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Economia e mercado

Motorola lança primeira conta digital do mundo integrada a um smartphone