LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Shein critica possível aumento de ICMS para 25% em importações do Remessa Conforme

15 de abril de 2024 53

Em comunicado oficial publicado no fim de semana, a varejista chinesa Shein criticou um possível aumento na alíquota de ICMS para 25% em importações do Remessa Conforme. O assunto começou a ser debatido pelos estados na última sexta-feira (12), mas teve a sua votação adiada.

Segundo a Shein, esse possível aumento de impostos deve penalizar principalmente os mais pobres, uma vez que a maioria das encomendas são feitas por pessoas de baixa renda.

Quase 90% das encomendas internacionais são das classes C/D/E - portanto, mais sensíveis ao aumento de preços.

Além disso, a Shein destacou que essa mudança de 17% para 25% deve ter um impacto negativo nos preços dos produtos, uma vez que o aumento na carga tributária será de 50%.

Imagem/reprodução: Shein. A varejista chinesa ainda criticou o tratamento que o governo dá para aquelas pessoas que importam produtos trazendo na bagagem de viagens internacionais.

Em seu comunicado, a Shein também ressalta que a implementação do programa Remessa Conforme foi o suficiente para garantir uma cobrança de imposto neutra para o setor e reduzir fraudes.

O aumento desproporcional dos tributos, com fins de restrição de mercado, só acarreta o aumento
da média dos preços, da ilegalidade e da diminuição da concorrência.

Outro ponto levantado pela varejista é a desigualdade de tratamento, uma vez que pessoas que fazem viagens internacionais tem direito a uma cota de importação maior que o cidadão que usa o regime do Remessa Conforme.

Enquanto brasileiros que realizam viagens internacionais têm acesso a produtos variados e isentos de
qualquer imposto, sejam adquiridos no exterior ou nas lojas duty-free, a população que não tem essa
condição recorre aos sites internacionais para terem acesso ao mercado global.

A Shein explica que essas pessoas que realizam viagens internacionais chegam a movimentar cerca de US$ 180 bilhões sem qualquer incidência tributária.

Por fim, a varejista diz que o Comsefaz deve fazer um estudo mais detalhado para verificar os possíveis impactos negativos na sociedade com esse aumento na alíquota de ICMS.

Veja mais


53

Comentários

Shein critica possível aumento de ICMS para 25% em importações do Remessa Conforme
  • PETISTA TEM QUE SE FUDER MESMO FAZ L OTÁRIOS

      • Não adianta chorar agora, aderiu à essa merda de remessa conforme porque quis, todo mundo sabia que era bomba essa porcaria.

        • Logo a SHEIN... A queridinha das blogueiras, a favorita da lacração... Chega a ser irônico essa crítica, já que ela foi a única que se comportou como uma cadelinha para o Digital Tax. Só digo uma coisa: Faz o L.

            • Faz o L filhos das frutas engole o choro e não reclama de nada

                • O argumento da shein foi perfeito os viajantes brasileiros que vem do exterior tem direito a uma cota de 1000 dolares de isenção total nem ICMS é cobrado deles, enquanto quem compra online tem direito só a 50 dólares de isenção mesmo assim do imposto de importação pois o ICMS é cobrado, e o consumidor ainda tem que suportar a variação do dólar que está nas alturas em 5,20 porque esses governadores não vão reinvidicar a cobrança desses 25% de ICMS dos viajantes a resposta é simples porque muitos desses governadores vão pra Disney e pra Miami e trazem compras de lá com a isenção total, a maioria desses governadores são todos uns pilantras são piores que o governo federal, aqui no Brasil o voto não deveria ser obrigatório igual a certos países como EUA, Chile e outros, eu voto em branco pra governador, presidente e outros cargos pois 98% desses políticos aqui no brasil não valem nada, essa porcentagem de 98 está até generosa pois outras pessoas iriam colocar até 99,9% desses politicos

                    • A taxa de isenção de 1.100,00 pode até valer a pena, porém temos a questão de que os valores das passagens são elevadas, então fica as vezes quase mesma coisa.

                        • O que mata é que vão querer trazer ICMS de quem viaja. O certo seria BAIXAR os impostos do varejo nacional, ou seja, do empresarial como um todo para ter competitividade aqui dentro. Lembrando que pela LEI é $100 dólares não importando se é pessoa física ou jurídica que envia lá de fora. Mas criaram a portaria dos $50 dólares que NAO PODE ficar acima de uma lei, e mesmo assim engolimos. Agora com o remessa conforme tem o ICMS ferrando tudo mais ainda, mas pelo menos abriram precedente processando as compras acima dos $100 dólares e ganharam, se todos conseguirmos reaver os valores, quem sabe até os $100 dólares ficam livres e cai por terra esse ICMS. Até pq não teve nenhum reajuste dos anos 80 pra cá, mas pra quem viaja mudou de $500 pra $1000 dólares, e na América do Sul diversos países cobram $200. Concorrência só rola de baixar imposto nacional e incentivo fiscal de produção aqui, pq a maioria das coisas são compradas, tirando vestimenta, de produtos que não vendem equivalentes aqui ou mesma marca

                          • Enquanto isso a Janja comprou um enxoval de R$ 60.000,00

                              • Bando de chorão modinhas, se não tem dinheiro pra marmita, problema seu e não do governo %uD83E%uDD23%uD83E%uDD23%uD83E%uDD23

                                • Tem gente que defende esse abuso, mas esquerda que as varejistas aqui do Brasil compra em lote e revende para os consumidores. A pessoa que defende esse governo e e seus abusos tributários, tem mesmo é que viver na merda. FAZ O L

                                    • Sabem o que é mais interessante? Se não me engano, no início a Shein se prontificou a pagar o ICMS e na sequência, um desses varejistas reclamou, alegando que a Shein não poderia fazer isso. Os "bonzinhos" que dizem estar preocupados com a arrecadação do governo, estão pouco se importando com os consumidores ou o governo. Governo "burro", entra nessa, fica "mal visto", consumidores "p", e os queixosos continuam ganhando numa boa. Tiro no pé, precisa de apoio dos gdes e fica mal com o povo. De quebra os Estados pegam carona pq quer, então, são tão repugnantes qto o federal, independente de partido. E quem estava vendendo na plataforma, produto tóxico para uso em pets ? Até agora não vi nenhuma explicação de uma delas, a que mais reclama.

                                        • Se não fosse o "modo Dilma" que o 9 dedos está fazendo na Petrobras de segurar o preço do combustível, o dólar já estaria nas 6 ou 7 reais... E os alimentos mais caros ainda!

                                          Viva o governo que só vive de promessas, arrecadações absurdas e sem retorno algum para população. Parabéns para quem votou e acreditou nesse ser!

                                            • A Shein errou feio em aceitar a porcaria do Remessa Conforme, mas estão corretos nos pontos informados, na real devia ser 500 dólares em impostos por mês se formos pensar rs. Se fosse para taxar devia ser uma taxa fixa de 10% ou conforme o valor de imposto do produto no Brasil.
                                              Agora os pilantras já aumentaram absurdamente os impostos de importação e pensam em aumentar mais %uD83D%uDE05%uD83E%uDD21

                                                • se fode shen.. qm mandou acreditar no governo e aderir o remessa conforme.. %uD83E%uDD23%uD83E%uDD23

                                                    • Coloca mais um pouco!!!

                                                        • dolar já foi pra 5,18

                                                            • Olha como os china são inteligentes, poderia colocar um desses no lugar desse burro do Taxad

                                                                • Fazzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz o L

                                                                    • A logica é absurdamente simples
                                                                      Quer aumentar arrecadação? DIMINUI O IMPOSTO, que o fluxo aumenta.

                                                                      quer diminuir? É SO AUMENTAR O IMPOSTO

                                                                      se o proposito é arrecadar mais
                                                                      diminuir é o caminho
                                                                      Mas somos governados por animais(que a gente adora eleger pq somos mais animais que eles) sao incapazes de raciocinar e pensar com base na logica e eficiência.

                                                                        • Só no Brasil as pessoas elege um cara que só tem o ensino fundamental básico - como ele mesmo disse um dias desses -, para ser presidente do país. Até os ministros que ele indicou não tem conhecimento técnico do cargo, apenas político. Ou seja, somos govenado por bando de gente sem conhecimento que só vive de politicagem e mentiras. Fica difícil acreditar que esse país tem solução se as próprias pessoas não sabem em quem vota.

                                                                            • O governo atual não me agrada, mas pensa assim, ao menos descartamos um verme. Voltamos a reclamar sobre assuntos inerentes a política, não sobre eficácia de medicamentos indicados por um "não médico ", ironizar pessoas sufocando, e tudo aquilo que quem ainda tem algum neurônio no cérebro, se lembra. Vergonha universal!

                                                                                • Pois eu sou médico e você é um idiota.

                                                                                    • Lamentável e infeliz sua comparação. A culpa do Brasil está é essa graça é sua e de pessoas que tiveram esse mesmo tipo de pensamento.

                                                                                      Vc não pode imputar a culpa das pessoas terem morrido pandemia por COVID, pois essa doença afetou outro países os quais tbm estavam a procura de uma vacina. Se vc culpa uma pessoa por isso, logo, todos os outros presidentes tbm são culpados.

                                                                                        • Doente qualquer um fica, morrer todo mundo morre, basta estar vivo. Porém, nada, absolutamente nada, justifica DEBOCHAR do sofrimento e da morte de uma pessoa doente, abertamente. Não é atitude nem comportamento de gente sã. Como um ser, capaz de um humor negro desses, pode governar um país? Resposta, extermina tudo aquilo que dá prejuízo e diverge de suas opiniões. Esse é o recado que vem com esse tipo de comportamento.

                                                                                      • Inflação que lute...

                                                                                        • Gostei do levantamento da Shein. 180 bi sem tributação, em compras realizadas por viajantes. Se não me engano, alguém no outro governo, achava que pobre não deveria viajar de avião, qto mais para o exterior. Então tanto faz, esse ou o outro preferem distribuir esmolas a permitir isonomia nos direitos de viajar ou comprar produtos a preços acessíveis e INEXISTENTES NO BRASIL.
                                                                                          Vamos alavancar um novo negócio: seguro de celular. Os mais modernos, são tão caros que oferecem seguro na compra. Será que não percebem que o valor desses impostos incentiva o roubo ? Fico pensando na trabalheira de um fabricante de carro, adequando projetos de carros para baratear o preço aqui no Brasil. Por isso nossos carros são diferentes dos vendidos fora. Senão nem classe média teria condições de comprar um carro zero.

                                                                                          • Lembrando que o imposto de ICMS quem dita é o estado, o governo federal não tem nada a ver com isso, e lembrando que é todos os estados que vão se reunir para decidir isso e isso incluir todos os governadores, seja de direita ou de esquerda, falo logo para não vim uns ai tentando atacar o governo federal ou a esquerda esquecendo que tem governo de direita no meio viu...rs

                                                                                            • É como eu já disse várias vezes, esse país não tem a mínima chance de dar certo, num país sério, as empresas pediriam diminuição de impostos pra aumentar a concorrência e não aumentar mais, o Brasil SEMPRE será o país do jeitinho e da vantagem, onde todos querem ganhar vantagem sobre o outro, esse país falhou a muito tempo...

                                                                                                • O exemplo vem de cima, é por isso que as empresas nunca vão pedir isso, pois já sabem o sistema aqui não esse, principalmente do atual governo.

                                                                                                  • Os mega empresários estão felizes! Não comprem na Havan, multilaser, positivo, Riachuelo, lojas G, Marisa, Renner, não comprem

                                                                                                      • faz o L e vem!

                                                                                                          • Meu jovem, quem decide sobre o ICMS é os estados, o governo federal não manda nos estados, e os estados são governados por governadores da direita e da esquerda, então não reclame.

                                                                                                            • Aplaude e faz o L.

                                                                                                                • Gente mal informada é outra coisa viu, quem esta querendo aumentar impostos são os estados, o ICMS é um imposto estadual, o governo federal não manda nos estados.

                                                                                                                    • Cara, exite ICMS estadual e federal. A questão é que tudo isso começou depois da portaria criada pelo governo federal que regulamenta o imposto sobre compras realizada fora do Brasil. Como esse texto foi aprovado na câmara, acabou dando respaldo aos govenadores para alterar a alíquota de ICMS em todos os estados federação na ora que eles quisessem. O governo FEDERAL deu esse poder a eles.... Vc sabe há quanto tempo que o ICMS estadual não é alterado depois dessa portaria???

                                                                                                                      • passa mais pano filha da puta

                                                                                                                      • Faz mais o L que passa.

                                                                                                                          • Tá criticando? Mas não abraçaram o remessa conforme e aplaudiram o governo? :T

                                                                                                                            Android

                                                                                                                            Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

                                                                                                                            Android

                                                                                                                            Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

                                                                                                                            Windows

                                                                                                                            Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos

                                                                                                                            Economia e mercado

                                                                                                                            Vídeo gravado por passageiro mostra interior de aeronave após acidente no Japão; assista