LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

PlayStation Spartacus: Sony pode anunciar concorrente do Game Pass na semana que vem

25 de março de 2022 29

Atualização (25/03/2022) - GS

Já faz um bom tempo que ouvimos rumores sobre o PlayStation Spartacus, a suposta resposta da Sony para o Game Pass do Xbox.

Ao que parece, o serviço pode finalmente ser revelado na semana que vem. De acordo com a Bloomberg, o serviço que vai combinar a PlayStation Plus e a PS Now está pronto para ser anunciado. A informação foi revelada em primeira mão por Daniel Ahmad, um renomado analista da indústria dos games.

Considerando que a Sony já havia unificado a Plus e o Now há alguns dias, não seria uma surpresa se o anúncio oficial viesse em seguida.

De acordo com rumores anteriores, o novo serviço da Sony terá três níveis diferentes de assinatura. O plano Premium contaria com os benefícios atuais da Plus, além de testes completos dos jogos, similar ao EA Play, testes de jogos clássicos e streaming.

A Sony vai inaugurar o serviço com uma diversa lineup de jogos de sucesso dos últimos anos, disseram as fontes da Bloomberg que pediram anonimato.

A grande questão fica para a possibilidade de os brasileiros poderem aproveitar esse novo serviço, já que o PS Now sequer chegou a ficar disponível por aqui. A Sony até ensaiou um possível anúncio, mas isso nunca aconteceu.

Por enquanto, nos resta esperar pelo anúncio oficial.

Atualização (04/03/2022) - MR

Usuários do fórum NeoGaf repararam um fato muito curioso. A Sony teria unificado os serviços PlayStation Plus e PlayStation Now, reforçando os rumores sobre o concorrente do Xbox Game Pass.

Recentemente, a Sony registrou patente que indica melhoria da tecnologia ray-tracing no PS5.

Os assinantes da PS Plus e PS Now perceberam que as datas de renovação de ambos os serviços estão sendo exibidas como uma só e que a opção para renovação automática do segundo não está mais acessível.

Um usuário percebeu que sua assinatura PS Plus estava sendo listada de forma duplicada, enquanto o PS Now não aparecia, apesar de ele ter uma inscrição ativa. Outro afirma que sua conta italiana aparece apenas com uma inscrição na Plus, mesmo ele sendo assinante da segunda.

Reprodução: NeoGaf

Os assinantes afirmam que apesar das listagens confusas, conseguem acessar e utilizar ambos os serviços sem nenhum problema.

A Sony ainda não confirmou a existência do serviço, mas nos últimos meses jornalistas de renome como Jason Schreier, Nick Baker e Jeff Grubb afirmam que o projeto existe e será anunciado em breve. Segundo outras fontes, o carro-chefe do PlayStation Spartcus serão jogos clássicos.

Entretanto, o fato isolado visto recentemente deve ser encarado como um possível bug. Será necessário aguardar um anúncio oficial da companhia japonesa.

Em fevereiro, a Sony introduziu melhorias ao headset Pulse 3D em nova atualização beta do PS5.

Atualização (24/01/2022) - GS

Já faz um bom tempo que ouvimos rumores sobre o PlayStation Spartacus, a suposta resposta da Sony para o Game Pass do Xbox.

Embora a Sony ainda não tenha revelado detalhes oficiais sobre a plataforma, tudo indica que ela será uma espécie de fusão entre a PS Plus e o PS Now, plataforma de streaming de jogos que está disponível apenas em alguns países. Embora tudo ainda sejam bem escassos o jornalista Jeff Grubb revelou em uma nova edição do Grubbsnax que o Spartacus está bem próximo de ser lançado!

Ele provavelmente está bem perto de ser lançado, algo que deve acontecer até o fim desse mês e eu não acho que isso signifique um lançamento público (mas sim em teste fechado), mas como uma meta interna de como o serviço precisa estar.

De acordo com o jornalista, o Spartacus será composto de três níveis de assinatura, custando até US$ 16 por mês.

No momento, os planos são conhecidos como "essencial", "extra" e "premium". O preço, novamente, pode ser apenas uma base, mas estão definidos em US$ 10, US$ 13 e US$ 16 por mês, respectivamente.

Quanto aos conteúdos de cada nível de assinatura, Grubb diz o seguinte:

Para o plano premium, você não irá receber os jogos completos. É parecido com o EA Play. Você recebe testes completos dos jogos. Eu não sei se isso vale para todos os jogos que saírem, mas parece com isso. Além disso, você também terá acesso a jogos clássicos e streaming, mas nenhum dos níveis de assinatura terá streaming em nuvem.

Há alguns dias, usuários da PS Store afirmaram ter visto alguns jogos de PS3 na loja, o que devia ser um teste para os jogos clássicos que serão adicionados no Spartacus.

Eu não sei o que jogos clássicos significa, mas eu sei que é uma parte importante desse nível premium. Então você terá testes de jogos, jogos clássicos e streaming nesse nível de assinatura.


Quanto ao nível de assinatura extra, você terá um catálogo de jogos que podem ser baixados e que estão disponíveis no PSNow. Grubb afirma que esse catálogo conta com mais de 300 jogos. Você não terá o streaming em nuvem, mas poderá baixar os jogos.

Grubb afirma que o plano essencial será a PS Plus de hoje em dia, onde os assinantes recebem três jogos gratuitos mensalmente.

Por enquanto, teremos de esperar para descobrir se as informações são verdadeiras, mas será que esse novo serviço da Sony conseguirá bater de frente com o Game Pass?

Veja também

Atualização (28/01/2022) - GS

Já faz um bom tempo que circulam rumores sobre a Sony lançar um novo serviço que irá concorrer com o Xbox Game Pass, o suposto Project Spartacus, mas até o momento, a empresa ainda não se pronunciou sobre o assunto.

No mês passado, a empresa removeu cartões pré-pagos do PS Now das lojas parceiras, o que colocou ainda mais lenha na fogueira dos rumores, já que o PS Now e a PS Plus devem ser integradas para compor o novo serviço. Este mês, uma novidade no anúncio dos jogos gratuitos para assinantes da Plus chamou a atenção dos jogadores e pode ser mais uma pista de que o novo serviço está chegando.

Em janeiro de 2022, os jogos grátis da Plus foram anunciados com a mensagem padrão: “Para membros PlayStation Plus”. Em fevereiro, o anúncio mudou e veio com a mensagem “Disponíveis este mês sem custos adicionais”.

No Twitter, alguns jogadores também notaram a mudança e começaram a teorizar.

A mudança pode não ter um significado em específico, mas conforme dizem os rumores, o novo serviço da Sony terá três níveis diferentes de assinatura, o que pode indicar que o primeiro nível não contará com os jogos gratuitos, o que pode ser uma mudança e tanto para os assinantes.

Por enquanto, nos resta esperar por informações oficiais para descobrir o que a Sony está preparando.

Atualização (12/01/2022) - MR

Jogadores no Reino Unido não terão mais a opção de assinar o PlayStation Now por cartões pré-pagos. A partir do dia 21 de janeiro, todas as lojas do país deixarão de oferecer o produto. Segundo o VentureBeat, as lojas começaram a receber o aviso nesta semana.

Nesta quarta-feira (12), a Sony revelou os jogos mais baixados da PlayStore em 2021.

Um rumor de dezembro da Bloomberg afirma que a Sony pretende fundir os serviços PS Now e PlayStation Plus para concorrer com o Xbox Game Pass. A ideia da companhia é oferecer ambos os serviços, mas com níveis diferentes de assinatura. A remoção dos cartões da PS Now das lojas é um sinal relevante de que a Sony pretende mudar como oferece o serviço.

A marca PlayStation é conhecida por hardware poderoso e jogos aclamados, mas tem deixado a desejar em serviços nos últimos anos, que nunca foram o foco da companhia. O PlayStation Now foi anunciado em 2014, mas não chegou ao Brasil até hoje.

Em maio, um rumor indicava que o serviço poderia chegar ao país, mas isso não se concretizou.

A companhia costuma perder muito de dinheiro ao lançar um novo console. A estratégia visa entregar o aparelho em preço mais baixo e recuperar o prejuízo ao longo do tempo. Entretanto, o PlayStation 5 se mostrou um grande sucesso de vendas e trouxe para a companhia US$ 3,2 bilhões (R$ 18 bilhões) no último ano fiscal.

Um serviço novo certamente aumentaria a receita da empresa japonesa, além de competir diretamente com o serviço da Microsoft.

Um rumor liberado hoje (12) afirma que a escassez de peças para PS5 pode ter obrigado Sony a continuar produzindo o PS4.

Atualização (03/12/2021) - GS

2020 e 2021 certamente foram dois anos muito bons para a divisão da Microsoft. Além de expandir os serviços de sua plataforma de jogos em nuvem, tivemos também uma popularização do Xbox Game Pass, que fizeram com que a empresa concretizasse seu ecossistema de serviços, indo além de consoles e jogos.

Toda essa "revolução" causada pelo Game Pass acendeu alguns alertas na indústria dos videogames e embora muitas desenvolvedoras acreditem que o modelo da plataforma não é sustentável economicamente para colocar seus jogos lá no mesmo dia de lançamento nas lojas, a resposta do público tem sido bem favorável e mostra que a Microsoft pode de fato mudar a forma que consumimos os jogos.

Uma das empresas que parece estar preocupada com essa popularidade do Game Pass é a Sony, que parece estar estudando um concorrente para o serviço e de acordo com novos rumores, essa nova plataforma pode ser lançada já no início de 2022.

De acordo com a Bloomberg, a empresa planeja mesclar as plataformas PS Plus e PS Now, ficando disponível por uma taxa mensal para PS4 e PS5.

Caso você não saiba, o PS Now é a plataforma de jogos em nuvem da Sony, que conta não só com títulos antigos exclusivos do PlayStation, como também com jogos de terceiros, mas infelizmente, o serviço ainda não está disponível em muitos países, incluindo o Brasil.

Conforme diz o novo rumor, a Sony planeja acabar com o nome PS Now e manter apenas o nome PS Plus, oferecendo o novo serviço em três níveis diferentes de assinatura. O nível mais baixo seria a PS Plus como é atualmente, permitindo que os jogadores tenham acesso ao modo online dos jogos e recebam três jogos gratuitos mensalmente. O segundo nível ofereceria um catálogo mais amplo de títulos do PS4, com jogos do PS5 sendo adicionados posteriormente. E o terceiro nível incluiria a jogabilidade em nuvem, demos estendidas e diversos jogos de gerações anteriores do PlayStation, incluindo até mesmo o PSP.

Embora esse não seja de fato um concorrente direto para o Game Pass, já que o serviço apresentaria algumas diferenças importantes em relação ao serviço da Microsoft, a chegada dessa nova plataforma pode finalmente expandir o PS Now para outros territórios.

Será que a Sony vai realmente lançar esse novo serviço?

Texto original - 09/04/2021

Mesmo que o PlayStation 5 seja um sucesso de vendas no Japão e fique muito à frente dos consoles da Microsoft, não dá pra negar que o Xbox Game Pass tem sido fator decisivo na escolha de muitos gamers, já que o serviço por assinatura vem oferecendo um catálogo com diversos títulos de sucesso por um valor bem acessível.

Tendo em vista o aumento da popularidade da plataforma, a Sony parece estar trabalhando em uma plataforma concorrente que promete deixar essa briga ainda mais acirrada.

Segundo David Jaffe, criador de God of War, a Sony se prepara para dar uma resposta à altura ao Game Pass e que o lançamento pode ser muito mais do que uma simples emulação de jogos do PS1, PS2 e PS3 através do PS Now.

Já disse várias vezes que as pessoas que estão pedindo a demissão de Jim Ryan estão sendo muito prematuras. Jim Ryan não deve nada a ninguém, a Sony não deve nada a ninguém, ou a verdade sobre qual será a resposta deles ao Game Pass. O que posso dizer é que eles estão trabalhando em algo, pois conheço pessoas na Sony que me disseram isso. Existirá uma resposta ao Game Pass.

Confira a declaração de Jaffe por volta de 1:06:00 no vídeo abaixo:

Vale lembrar que, no passado, Jim Ryan, atual CEO da Sony, afirmou que uma plataforma de assinaturas é insustentável para a Sony por conta do alto custo para a produção de jogos, mas os planos parecem ter mudado.

"Na verdade, temos notícias a caminho, mas não hoje," respondeu Ryan quando questionado em Setembro de 2020 sobre como a PlayStation iria responder ao Xbox Game Pass. "Temos o PlayStation Now que é o nosso serviço por assinatura e está disponível em vários mercados."

Para quem não sabe, o PS Now já funciona como uma espécie de "Game Pass da Sony", mas por enquanto, o serviço está restrito a poucos países e conta apenas com alguns jogos do PlayStation no catálogo, além de funcionar como um streaming, exigindo altas velocidades de conexão com a internet.

Tendo em vista que a Sony encerrou recentemente as lojas digitais do PS3, PSP e PS Vita, além do recente registro de uma patente que implementa troféus em jogos antigos, podemos imaginar que a retrocompatibilidade com jogos de gerações anteriores do PlayStation pode acontecer de alguma forma, mas a declaração de Jaffe indica que a resposta ao Game Pass vai muito além disso.

Você assinaria um serviço similar ao Game Pass só que da Sony?


29

Comentários

PlayStation Spartacus: Sony pode anunciar concorrente do Game Pass na semana que vem
Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Windows

Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos

Economia e mercado

Vídeo gravado por passageiro mostra interior de aeronave após acidente no Japão; assista