LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Huawei FreeBuds 4i: qualidade e recursos premium por um bom preço | Análise/Review

17 de agosto de 2021 4

Anunciado no Brasil há pouco mais de um mês junto a Band 6 – que já fizemos review por aqui, o Huawei FreeBuds 4i chegou sob a promessa de entregar ao consumidor brasileiro um fone de ótimo acabamento com recursos premium, mas mantendo uma faixa de preço competitiva em relação a concorrência.

Mas será que ele é capaz de confrontar os modelos dos grandes players do mercado nacional? É isso que você confere a seguir na nossa análise completa!

Construção e design

Ao abrir a caixa do FreeBuds 4i, nada de muito anormal para um produto do tipo: case com o par de fones, pontas de silicone em três tamanhos para melhor acomodar o periférico nos ouvidos, manuais da marca e cabo para carregamento do estojo.

Sobre o cabo, uma grata surpresa. Ao contrário de alguns fabricantes que insistem em usar a porta micro USB, a Huawei optou por usar o padrão USB Tipo-C, permitindo que os usuários utilizem não apenas o cabo que tem na caixa – que é de ótimo tamanho, por sinal, mas também o próprio carregador do telefone; se ele também seguir o padrão, claro.

Case

As boas escolhas também se estendem a case. Dotada de um design oval meio achatado, o plástico escolhido para o acabamento é brilhoso e passa a impressão de qualidade. É possível ver uma linha de encaixe do plástico que corta a case horizontalmente, mas isso não atrapalha o uso e nem tira a impressão de produto bem-acabado.

Imagem: Philipe Farias / TudoCelular.com

A tampa, magnética, não passa ideia de fragilidade e, em união a assinatura da marca, LED frontal, entrada para carregamento e um discreto botão localizado na lateral, fecha o design externo do estojo.

Sobre o botão lateral, um detalhe. Apesar de ser uma clara opção da marca, o funcionamento do botão se resume a ser pressionado para realizar o pareamento junto ao dispositivo emissor. Seria uma boa opção poder pressioná-lo para acompanhar o nível de bateria da case ou até dos fones, como estamos acostumados a ver em fones da concorrência.

Temos em mãos a unidade na cor branca, mas o produto também foi lançado nas cores preto e vermelho. Apesar de não podermos opinar sobre as outras cores e por mais que esse ponto seja um tanto quanto subjetivo, acreditamos que a Huawei entrega um conjunto de bom gosto no que se trata do case.

Fone

Grudados na case por uma boa dose de magnetismo, não caindo nem mesmo se postos de cabeça para baixo, o par de fones possui o mesmo acabamento do estojo e também passam uma boa impressão de durabilidade.

Imagem: Philipe Farias / TudoCelular.com

Como é esperado de um TWS desse calibre, os lados do par são completamente independentes e, por conta disso, podem parear, reproduzir e captar som de forma independente.

Sensores embutidos garantem que cada um dos lados seja capaz de identificar o momento que está sendo vestido, ajudando o usuário a economizar bateria, parando a reprodução assim que um dos lados é retirado.

Leves e dotados de um conjunto duplo de microfones para captação e cancelamento de ruído e hastes sensíveis ao toque, como é de costume, as pontas intra auriculares de cada um dos fones podem ser trocadas entre os três tamanhos disponíveis na caixa: pequeno, médio e grande.

Imagem: Philipe Farias / TudoCelular.com

Apesar do pouco peso, das opções de troca e do encaixe firme, infelizmente o modelo não se mostrou muito confortável nos meus ouvidos, sendo difícil passar mais do que uma hora usando o periférico, mesmo com o menor tamanho de ponta disponível.

É válido ressaltar, no entanto, que não conseguimos identificar o motivo desse desconforto. Não sabemos se ele ocorreu pela escolha de design de uma ponta mais oval, pela densidade do silicone que figura nas pontas ou, simplesmente, pela incompatibilidade do modelo com o formato dos meus ouvidos.

Posto isso de lado, temos um fato curioso. A marca divulga que o par é o companheiro ideal para corridas, academia, exercícios e dia a dia, mas em nenhum momento confirma se há algum tipo de proteção IP para água ou suor, deixando esse tópico meio turvo.

Por via das dúvidas, não fizemos nenhuma atividade física com os fones (e sem eles também hahaha), mas nas atividades do dia a dia e em balançadas e inclinadas de cabeça, notamos que eles se mantiveram muito firmes nos ouvidos, provendo um excelente encaixe, não fazendo nenhuma menção de despencar.

Pareamento, alcance e aplicativo

Como dito anteriormente, a única função do botão lateral do modelo é efetuar o primeiro pareamento entre o FreeBuds e o aparelho emissor. Pressionado por cerca de dois segundos, o LED frontal começará a piscar e a primeira conexão poderá ser estabelecida. Daí em diante basta abrir a case para o pareamento ser automático e imediato.

Estabelecida a conexão – que é compatível com Bluetooth 5.2, o alcance do modelo se mostrou positivo, não perdendo pacotes nem mesmo a uma distância considerável e com algumas poucas paredes entre os aparelhos.


Mas se o pareamento é fácil e o alcance é bom, não podemos dizer o mesmo do aplicativo. Não entenda mal, apesar do app ser bem projetado, com boa interface e fácil de mexer, fazer com que as coisas funcionem pode ser um pouco complicado, ainda mais se você tiver iPhone.

Primeiro, baixamos o Huawei AI Life em um dispositivo com iOS e em um com Android, mas em nenhum dos dois o fone foi reconhecido pelo app – apesar de parear com ambos os aparelhos.

Depois de buscarmos, encontramos o problema: era preciso baixar o app no Android através do site oficial da Huawei, não pela Play Store. Feito isso, o fone passou a ser identificado pelo aplicativo no Android, mas sem sucesso no iOS; o motivo? Era preciso atualizar o firmware do fone.

Depois de toda a configuração realizada, que pode não ser fácil para o usuário comum, o aplicativo apresenta bom funcionamento e permite realizar algumas configurações adicionais no 4i. Imagem: Philipe Farias / TudoCelular.com

Ou seja, para que o fone fosse identificado no AI Life no iOS era necessário antes fazer a instalação do app no Android a partir do site da marca e, então, realizar a atualização do fone para a última versão do firmware. Só a partir daí o AI Life para os dispositivos Apple seria capaz de identificar o fone. Ou seja, uma abordagem nada fácil para o usuário comum.

Mas que fique claro. O AI Life não é o ponto chave para o funcionamento dos fones em nenhuma plataforma e você ainda poderá consumir conteúdo usando o periférico independente dele estar instalado ou não.

Ele se torna necessário para conferir as informações do dispositivo mais de perto, checar a quantidade exata de bateria restante nos fones e no estojo, definir o funcionamento do cancelamento de ruído e realizar configurações relacionadas ao funcionamento do touchpad embutido nas hastes – além de fazer atualizações esporádicas.

Em meio às configurações é possível, inclusive, ativar a assistente pessoal do seu dispositivo (se houver) tocando duas vezes na haste de um dos lados. Sentimos falta, porém, da opção de tocar um número diferente de vezes para atribuir mais funções.

HUAWEI AI Life

Desenvolvedor: Huawei Device Co,. LTD

Grátis

Tamanho: Varia de acordo com a plataforma

Bateria

Aqui, um dos pontos altos do modelo. Seguindo o que é divulgado, em nossos testes o 4i alcançou a marca das quase 10 horas de reprodução contínua sem o recurso de cancelamento de ruído ativado.

Imagem: Philipe Farias / TudoCelular.com

Após o período, bastou encaixar os fones na case para ter as baterias preenchidas para mais um round. No total, a autonomia do modelo gira em torno das 22 horas e, segundo a Huawei, apenas 10 minutos dentro da case garantem 4 horas de reprodução contínua.

Com toda a energia esgotada, o conjunto precisou ficar cerca de 1 hora ligado à tomada para retomar a sua carga completa, revelando que a relação entre o tempo de carregamento e o tempo de uso é ótima!

Qualidade do som

Chegamos à parte que mais importa: a qualidade de som. Para quem procura um fone de ouvido TWS para ter como companheiro no dia a dia e não abre mão de uma boa qualidade de reprodução, o FreeBuds 4i pode ser uma ótima opção.

Munido de driver dinâmico de 10mm que provem um som cristalino e encorpado que não distorce nem mesmo nos volumes mais altos, o modelo da Huawei traz graves levemente acentuados, aproximando-se do padrão imposto pela indústria para fones do tipo, tornando-o excelente para estilos como pop e eletrônica.

Imagem: Philipe Farias / TudoCelular.com

Infelizmente a Huawei não adicionou nenhum tipo de equalizador ao aplicativo que se comunica com os fones. No entanto, isso não é um grande empecilho, uma vez que boa parte dos apps de streaming musical possui um equalizador embutido.

Os gestos presentes podem ajudar na experiência da reprodução. Dois toques em qualquer um dos lados controlam a reprodução da música e atendem ou terminam uma chamada e um toque prolongado ativa/desativa o cancelamento de ruído e o Modo Som Ambiente – o que nos leva ao tópico seguinte.

Microfone

Dotado de dois microfones para captação de áudio e redução de ruído, a qualidade de captura da voz em chamadas é muito boa, não deixando a desejar em nenhum momento. Nenhum tipo de ruído ou chiado foi notado durante os testes e a voz foi captada com clareza até em ambientes um pouco mais barulhentos.

Confira a qualidade de gravação dando play no áudio abaixo. O som foi gravado diretamente no Gravador de voz do Windows com o volume de captação do sistema definido em 50.

Mas o fator mais impressionante dos microfones não está na qualidade de captação – apesar de ela ser muito boa, mas sim nos recursos de Som Ambiente e de ANC (Active Noise Cancelling – “Cancelamento ativo de ruído” em tradução livre).

Utilizando o que é captado do ambiente pelo conjunto de microfones, algoritmos embutidos emitem uma onda sonora de mesma amplitude, mas de fase invertida, capaz de cancelar boa parte dos ruídos, anulando sons externos de forma ativa.

No FreeBuds 4i isso funciona de maneira bastante satisfatória. É possível notar, ao pressionar o touchpad de um dos lados e ouvir a confirmação (em inglês) que o recurso está ativado, que boa parte dos ruídos externos foram de fato anulados.

Imagem: Philipe Farias / TudoCelular.com

O Modo Ambiente – ou Transparência – também funciona muito bem. Quando ativado, os microfones captam o áudio externo e transportam para o seu ouvido, tirando a sensação de abafado que havia por estar usando fones, permitindo que você possa conversar com outras pessoas ou simplesmente ouvir os sons da rua sem a necessidade de colocar o par de volta no estojo.

Vale a pena?
Imagem: Philipe Farias / TudoCelular.com

Sem sombra de dúvida, sim. Com exceção do conforto, que é um ponto bastante subjetivo para fones de ouvido do tipo intra-auricular, em nossa análise o fone TWS da Huawei não decepcionou ou foi insuficiente em nenhum aspecto, sendo extremamente satisfatório.

Apesar de não ter a assinatura de uma grande marca de dispositivos de áudio como AKG ou Meridian, o fone possui uma boa qualidade de reprodução e captura, além de recursos vistos apenas em modelos mais caros, como é o caso do ANC. Claro que uma certificação contra água e suor, além de um aplicativo mais bem integrado e mais completo – com opções de equalização, seriam muito bem-vindos, mas esses pontos não tiram o brilho do 4i.

Anunciado em solo brasileiro por R$ 749, o periférico da Huawei já pode ser encontrado por valores que rondam os R$ 500, o que o torna uma proposta muito interessante. Isso, pois além do “desconto”, graças ao seu conjunto de funcionalidades podemos posicioná-lo – pelo menos no papel – muito próximo à propostas superiores da concorrência, como o Samsung Galaxy Buds Pro, que ronda os R$ 900.

E como não podia ser diferente, separamos para você, nos cartões abaixo, alguns dos melhores preços do varejo para a Huawei FreeBuds 4i; aproveite! Ah, e não esqueça de contar para a gente aqui nos comentários o que achou do modelo!


4

Comentários

Huawei FreeBuds 4i: qualidade e recursos premium por um bom preço | Análise/Review
  • Atualizei o firmware dos Freebuds 4i e mesmo assim o AI Life no iOS não reconhece os fones, há algo mais que posso fazer?

    • Ótima análise. Importei o Produto que chegou em 10 dias, além de um preço justo o produto é excelente uso com o Galaxy S20fe. Quanto a equalização você pode usar as configurações de sons do aparelho e ainda personalizar. A qualidade e acabamento são muito boa além de um som muito bom e o cancelamento de ruído tem uma performance que atende bem ao meu propósito. Recomendo o uso para aparelhos Android.

      Economia e mercado

      Huawei Kirin 9010L: chipset inédito é encontrado em smartphone intermediário da chinesa

      Android

      Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

      Android

      Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

      Windows

      Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos