LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Xiaomi Mi 9: primeiro unboxing do Brasil para o top de linha mais barato de 2019

02 de março de 2019 99

A Xiaomi oficializou a versão global do Mi 9 no início desta semana, poucos dias antes do início oficial da MWC19 em Barcelona, demonstrando que pretende ampliar cada vez mais sua participação fora da China e assim agradar aos milhões de mi fãs presentes em mercados como a Europa.

Como era de se esperar, o TudoCelular.com já está com o novo flagship em mãos para realizar todos os testes de nossa criteriosa análise, mas antes de partir para mais detalhes sobre o jogo triplo de câmeras traseiras, leitor de impressões digitais sob a tela e potência

Embalagem e acessórios

A embalagem do Mi 9 é uma caixa na cor prateada com o número do modelo em tamanho grande na frente. Os acessórios dentro dela são bem guardados, com espaços individuais para cada um. São eles:

  • Adaptador de tomada
  • Cabo de dados e energia
  • Extrator da gaveta de chips
  • Adaptador P2/USB-C
  • Capinha protetora
  • Manuais
Design e tela

O Mi 9 mantém vários elementos do seu antecessor, o Mi 8, em seu design. A tela AMOLED continua presente, agora com um entalhe em formato de gota, abrigando apenas a câmera de selfie e sensores de luz e proximidade. As bordas são bastante finas, em um visual que deve ser usado por muitos outros top de linha este ano.

A parte traseira tem curvatura que melhora bastante a pegada do aparelho, que não é grande para quem tem uma tela de mais de seis polegadas: são 157.5 x 74.67 x 7.61 mm de dimensão e 173 gramas de peso. O acabamento é todo em vidro, o que explica a presença de uma capinha protetora já na caixa.

A câmera, agora um conjunto triplo, segue no padrão que lembra um semáforo - ou seja, vertical. Por conta da espessura muito fina que a Xiaomi adotou para o dispositivo, os sensores ficam em uma lombada bastante protuberante. Outra razão para manter o aparelho sempre na capinha.

Quem procurar pelo leitor de impressão digital na traseira, vai perder tempo. Outra tendência dos tops de linha este ano será a leitura biométrica na tela. No caso do Mi 9, a Xiaomi incluiu um leitor ótico na tela. Falaremos um pouco mais sobre ele no próximo tópico.

Hardware e software

Se já temos smartphones intermediários com hardware de top de linha, não há muito o que duvidar do que um top de linha traz em seu interior. A Xiaomi segue optando pela plataforma da Qualcomm, e no caso do Mi 9 temos o Snapdragon 855 para realizar os processos do dispositivo.

Alguns testes na web apontam para uma pontuação maior que a dos modelos da família iPhone XS no AnTuTu, mas saberemos maiores detalhes sobre o desempenho em breve, quando realizarmos os nossos testes.

A bateria tem 3.300mAh, capacidade um pouco menor que a do Galaxy S10 - para um display maior. Mas, considerando que a MIUI é muito bem otimizada para garantir boa autonomia, não será surpresa se o flagship chinês suportar tempo de uso maior que os modelos da Samgung. Veremos nos nossos testes logo mais.

Aliás, falando em MIUI, temos aqui a versão 10 da interface da Xiaomi, rodando sob o Android 9 Pie. De novidade, o leitor de impressão digital na tela, que não é tão rápido quanto o leitor que estamos acostumados, mas parece ter boa precisão.

Câmeras

O conjunto triplo de câmeras do Mi 9 oferece um sensor tradicional de 48 MP, que pode combinar quatro pixels em um só para trazer uma imagem mais nítida e com menos ruídos, além de um ultrawide, para mostrar mais informação no quadro, e um teleobjetivo, para aproximar melhor do objeto da foto.

É possível gravar em 4K a até 60 quadros por segundo, mas apenas com o conjunto principal. A câmera de selfies, que tem 20 MP, só grava em 1080p.

Já fizemos um teste prévio de câmeras com o Galaxy S10 em plena MWC19, e o resultado será publicado aqui no TudoCelular nos próximos dias.

Preço e disponibilidade

O Xiaomi Mi 9 já está disponível em diversos países do mundo em sua versão global, a 459 euros na versão com menos espaço interno (64GB) ou 499 euros para quem quer guardar mais arquivos (128GB). Ambos trazem 6GB de memória RAM.

Você pode escolher uma entre três cores: Ocean Blu (azul), Lavender Violet (violeta) ou Piano Black (preto).

Agora vamos arregaçar as mangas para fazer todos os nossos testes com o Xiaomi Mi 9 antes de nosso review. Tem alguma coisa específica que você gostaria que a gente desse atenção nesse aparelho? Conta pra gente aí nos comentários.

O Xiaomi MI 9 está disponível na Pontofrio por R$ 3.299. O custo-benefício é médio e esse é o melhor modelo nessa faixa de preço. Para ver as outras 4 ofertas clique aqui.
(atualizado em 25 de maio de 2019, às 06:04)

99

Comentários

Xiaomi Mi 9: primeiro unboxing do Brasil para o top de linha mais barato de 2019

OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia até junho