LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Pneumonia infantil: surto chega aos Estados Unidos e países da Europa

05 de dezembro de 2023 25

Atualização (05/12/2023) - RS

O surto de pneumonia infantil agora está atingindo mais países. Por exemplo, Holanda, Estados Unidos e Dinamarca são alguns dos países que estão passando pela mesma situação que chegou a se alastrar pela China nas últimas semanas. O aumento nos casos de Mycoplasma pneumoniae ocorre desde maio desse ano.

Para quem não sabe, essa é a bactéria responsável pelos quadros da doença em crianças. Esse cenário se tornou mais grave depois que os casos de gripe, adenovírus e vírus sincicial respiratório também cresceram. Inclusive, os pacientes infectados costumam desenvolver sintomas semelhantes aos da influenza.

Após alguns dias, eles podem desaparecer, mas existem casos em que os quadros evoluem para uma inflamação mais grave dos pulmões, o que necessita de hospitalização e tratamento. Segundo os cientistas, a justificativa para esse aumento de internações hospitalares é o relaxamento das medidas que protegem contra a covid-19.

Na Dinamarca, por exemplo, foram notificados 541 casos de pneumonia causados pela bactéria Mycoplasma pneumoniae, de acordo com o Centro de Pesquisa e Política de Doenças Infecciosas (Cidrap). Na Holanda, por sua vez, foram 103 casos da doença em cada 100 mil crianças entre 5 e 14 anos, entre os dias 13 e 19 de novembro.


Como já mencionado, a pneumonia se caracteriza por uma inflamação dos pulmões, gerada por infecções virais ou bacterianas. Nos raios-x, ela aparece em tons brancos no órgão e a sua condição afeta os tecidos pulmonares. Os pacientes podem sentir dor no peito, problemas respiratórios e febre.

Quando a situação se alastrou pela China, a OMS se posicionou e obteve resposta do país, que esclareceu o surto da condição. Agora, resta saber o que vai ocorrer nos EUA e nos países europeus.

Enquanto isso, confira a criação de um sistema de certificação mundial, anunciado pela organização e a ocasição em que ela declarou que a Mpox não era mais uma emergência de saúde pública global.

Atualização (24/11/2023) - LR

A China respondeu aos questionamentos da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre o aparecimento de um surto de pneumonia que afeta crianças na região norte país. Em uma videoconferência realizada na última quinta-feira (23), a autoridade sanitária global e representantes do governo chinês discutiram os recentes casos na população infantil.

Segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China e do Hospital Infantil de Pequim, o surto de pneumonia na faixa etária infantil acontece devido a um alto número de doenças que se proliferaram após o relaxamento de medidas de combate ao coronavírus, como uso de máscara e distanciamento social, por exemplo.

Hospitais e ambulatórios chineses registraram um alto volume de internações de crianças por doenças respiratórias nas últimas semanas, situação que acende um sinal de alerta para governos estrangeiros. Entre os casos reportados estão gripe, Covid-19 e bronquiolite infantil – causada pelo Vírus Sincicial Respiratório (VSR).

Crescimento nos casos pode ser por relaxamento no combate à covid-19. | Imagem: Reprodução.

Além dessas doenças virais, foi registrado também um crescimento significativo nos casos de pneumonia causada pela bactéria Mycoplasma pneumoniae, infecção que costuma afetar crianças mais novas. O governo chinês afirma que todos os surtos são de patógenos conhecidos, mas a OMS diz ainda não ter dados para uma análise concreta.

“Não está claro quando este surto começou, pois seria incomum que tantas crianças fossem afetadas tão rapidamente. (...) O ProMED aguarda informações mais definitivas sobre a etiologia e o alcance desta doença preocupante na China”, diz.

A autoridade de saúde chinesa não confirmou nenhuma morte causada por esse recente surto de pneumonia no Norte do país, porém novas informações devem ser divulgadas em breve.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu explicações detalhadas ao governo da China depois de várias notificações sobre casos de uma pneumonia desconhecida em crianças no norte da país. O medo é que a quantidade de ocorrências se espalhe rapidamente.

Segundo a OMS, uma publicação do Programa de Monitoramento de Doenças Emergentes (ProMED), da Sociedade Internacional de Doenças Infecciosas (ISID), alertou para relatos de ”aglomerados de pneumonia não diagnosticada” no país.


Ainda de acordo com o programa, os “hospitais infantis em Pequim, Liaoning e outros locais ficaram sobrecarregados com muitas crianças doentes”. Além disso, as “aulas quase foram suspensas”, mas as autoridades não teriam tomado essa decisão.

Diante disso, a OMS pediu que a China apresente dados epidemiológicos e clínicos adicionais, além de resultados laboratoriais dos casos registrados na população infantil. O comunicado do ProMED cita pacientes internados com febre alta e nódulos pulmonares.

Na semana passada, integrantes da Comissão Nacional de Saúde da China divulgaram que o país registrava aumento na incidência de doenças respiratórias, provocado pela redução das restrições para conter a disseminação da Covid-19 e o avanço de patógenos.

A OMS destacou que ainda não é possível determinar se o aumento de doenças respiratórias em crianças está ligado ao quadro apresentado pelas autoridades sanitárias do país ou se são “eventos separados”. A entidade informou que monitora a situação.

Por fim, a OMS recomendou que a população chinesa continue com as medidas para evitar as infecções, como manter a vacinação em dia, não ter contato com pacientes e higienizar as mãos. A expectativa é que a incidência de casos reduza nas próximas semanas.

Veja também


25

Comentários

Pneumonia infantil: surto chega aos Estados Unidos e países da Europa
Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Windows

Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos

Economia e mercado

Vídeo gravado por passageiro mostra interior de aeronave após acidente no Japão; assista