LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Samsung lança Galaxy Buds 3 e Buds 3 Pro com visual de AirPods e Galaxy AI

10 de julho de 2024 35

Além de smartphones dobráveis, relógios inteligentes e até um anel, a Samsung também aproveitou a manhã desta quarta-feira (10) para apresentar seus novos fones Bluetooth Galaxy Buds 3 e Galaxy Buds 3 Pro. Como todos os demais produtos anunciados neste Galaxy Unpacked em Paris, os fones também trazem grande foco em funções de Inteligência Artificial com o Galaxy AI, mas certamente o que mais chamará atenção é o visual renovado.

Apostando em uma abordagem mais popular com base em estudos realizados na Coreia do Sul, a Samsung resolveu lançar ambos os fones com um novo formato, onde o Galaxy Buds 3 será focado em quem quer algo mais aberto que não entre no canal auditivo, enquanto o Galaxy Buds 3 Pro trará pontas de silicone para maior isolamento do ruído ambiente, garantindo imersão máxima na hora de ouvir músicas, assistir vídeos ou jogar.

Galaxy Buds 3 traz ANC e visual de AirPods

O Galaxy Buds 3 modifica completamente a proposta de seu antecessor, abandonando não apenas o corpo compacto em formato de "bolinha" como também as ponteiras de silicone. Com grande foco em enfrentar modelos como AirPods da Apple e FreeBuds da Huawei, o fone da Samsung aposta em haste para apoio na orelha e melhor posicionamento dos microfones, enquanto a parte de áudio não entra no canal auditivo, o que pode ser mais confortável para algumas pessoas.

Com a mudança no formato dos fones, a capa de transporte e recarga também foi redesenhada, deixando agora os fones "em pé" e trazendo uma tampa transparente para dar um ar mais premium. Estão disponíveis ainda dois indicadores coloridos para ajudar a saber qual o lado esquerdo e qual o direito dos fones na hora de posicioná-los no estojo, além de um LED para mostrar a recarga do estojo e indicar o pareamento. O carregamento do estojo segue feito por USB-C ou bases wireless compatíveis.

Além de maior conforto durante o uso, a mudança de design também trouxe uma funcionalidade muito pedida: o swipe. Agora basta deslizar para cima ou para baixo na haste do fone para realizar algum comando, como aumentar ou diminuir o volume, o que amplia ainda mais as possibilidades de controle durante a reprodução de músicas, evitando que você precise pegar o celular queira fazer algum ajuste rápido. O gesto de pressionar segue disponível, também.

Imagem: AcervoTC

Os fones também estão mais resistentes, com certificação IP57 que garante maior resistência a detritos sólidos e água. Na prática não é recomendado mergulhar os fones — por mais que a certificação inclua submersão em até 1 metro de profundidade em água doce por 30 minutos —, mas eles vão sobreviver a um exercício físico mais intenso mesmo sob chuva forte. O estojo de recarga, por outro lado, não traz a mesma proteção, então é bom deixá-lo bem guardado nesses casos.

Falando sobre a qualidade do áudio, temos uso de um driver dinâmico de 11 mm em cada fone, com suporte a áudio Hi-Fi em 24 bits, áudio 360 e o novo codec proprietário UHQ da Samsung, que promete entregar qualidade de som superior. Outros codecs populares também são suportados, como AAC e SBC. O fone ainda traz três microfones e uma unidade de processamento de voz em cada fone para melhorar o ANC e as chamadas.

Por fim, a bateria de cada fone tem 48 mAh de capacidade típica (45 mAh de capacidade nominal), enquanto o estojo tem 515 mAh (nominal de 500 mAh). Graças ao Bluetooth 5.4 e aos codecs otimizados, a Samsung promete até 3,5 horas de ligações de voz com o ANC ligado, e 4 horas com o ANC desligado. Com o auxílio do estojo de recarga, o tempo sobe para 18 e 20 horas, respectivamente. Em reprodução de música os tempos são de 5 horas com ANC, 6 horas sem ANC, 24 e 30 horas com o estojo.

Imagem: AcervoTC

Galaxy AI chega de vez aos fones da Samsung

Como não poderia deixar de ser, grande parte da apresentação dos fones foi voltada para as funções de IA que estarão presentes graças ao Galaxy AI. Segundo a Samsung, a ideia é ir além do que já foi feito com a chegada da suíte aos fones de geração passada, dando ainda mais autonomia para que os fones se adaptem à audição e gosto pessoal dos usuários.

Duas das novas funções incluídas pela Samsung no Galaxy Buds 3 são o Equalizador Otimizado e o Cancelamento de Ruído Otimizado. Como o nome já diz, o primeiro será capaz de entender o posicionamento do fone na orelha para entregar a melhor equalização possível, reforçando graves, médios ou agudos de acordo com a posição do fone e formato do ouvido, e como isso está sendo percebido pelo usuário. O mesmo é aplicado ao ANC, que entende o ambiente e o seu ouvido para se adaptar.

Assim como nos celulares, o Galaxy Buds 3 também recebe agora o Intérprete, que no caso do fone funciona em apenas uma via. Em resumo, você será capaz de ouvir traduções em tempo real da voz que está em evidência no ambiente, ou seja, no caso de uma palestra em inglês, coreano ou outro idioma dentre os mais de 10 suportados pelo Galaxy AI, o smartphone conectado ao fone entenderá o que está sendo dito e traduzirá para o português do Brasil diretamente no seu ouvido, caso desejado.

Outra função herdada dos celulares foi a dos comandos de voz. Ainda mais importante nos fones, será possível realizar ações sem que precise tocar nos fones ou no celular que está conectado, podendo atender ou recusar chamadas, tocar música e muito mais apenas conversando com seu fone. Infelizmente, no lançamento os comandos de voz não estarão disponíveis em português do Brasil, apenas em inglês e coreano, mas novos idiomas devem ser anunciados "muito em breve", segundo a marca.

Imagem: AcervoTC

Especificações técnicas

  • Driver dinâmico de 11 mm
  • 3 microfones + VPU (unidade de processamento de voz)
  • ANC
  • Som UHQ, 24-bit Hi-Fi e áudio 360 com Direct Multi-Channel
  • Bateria
    • Fone: 48 mAh típica (45 mAh nominal)
    • Estojo: 515 mAh típica (500 mAh nominal)
  • Autonomia
    • 3,5 horas de chamadas de voz ou 5 horas de música com ANC ativado (total 18 e 24 horas)
    • 4 horas de chamadas de voz ou 6 horas de música com ANC desativado (total de 20 e 30 horas)
  • Codecs SSC Hi-Fi (proprietário Samsung), SSC UHQ (proprietário Samsung), AAC, SBC
  • Bluetooth 5.4 com Auto Switch
  • IP57 contra danos por água e poeira (imersão em água doce até 1 metro por 30 minutos), somente fones
  • Cores: branco e cinza
  • Compatível com Android 10 ou superior e mais de 1,5 GB de RAM
Galaxy Buds 3 Pro tem driver planar para encarar AirPods Pro

O Galaxy Buds 3 Pro pega tudo o que foi feito no Galaxy Buds 3 e eleva o nível, entregando ainda mais qualidade de áudio, maior imersão graças às ponteiras de silicone, bateria maior e funções exclusivas na parte de Cancelamento Ativo de Ruído (ANC).

Em termos de visual, a Samsung mira em opções como AirPods Pro e FreeBuds Pro, trazendo como diferencial para a versão padrão a presença de um LED na haste para indicar o pareamento e outros status dos fones. O design promete ser mais confortável de usar por longos períodos, e mais seguro em atividades físicas intensas, que também podem ser feitas ao ar livre graças ao IP57.

Com taxa de amostragem dupla, o novo Galaxy Buds 3 Pro entrega frequências de até 96 KHz, prometendo alta fidelidade mesmo nas músicas mais desafiadoras. Para isso, temos agora um tweeter planar magnético de 6,1 mm responsável pelos agudos, enquanto um driver dinâmico de 10,5 mm fica responsável por médios e graves, garantindo boa separação entre as frequências para um som mais cristalino — ao menos em teoria.

A bateria também está incrementada, com até 6 horas de reprodução de música ou 4,5 horas de chamadas de voz com o ANC ativado, e 7 horas de música ou 5 horas de chamadas de voz com o ANC desativado. O estojo de recarga entrega um total de 26 ou 30 horas de música (com ou sem ANC), e 20 ou 22 horas de chamadas de voz (com ou sem ANC). A recarga do estojo segue feita via USB-C ou bases wireless compatíveis.

Imagem: AcervoTC

Outras especificações são as mesmas do Galaxy Buds 3, incluindo codecs suportados, versão do Bluetooth, sensores e quantidade de microfones para ajudar nas chamadas e no cancelamento de ruído.

ANC aprimorado e inteligente

O Cancelamento de Ruído Adaptativo chega ao Galaxy Buds 3 Pro com a promessa de entender o ambiente ao seu redor e gerar o melhor cancelamento de acordo com cada ocasião. Quando você estiver na rua e ouvir uma buzina, por exemplo, o ANC será reduzido para que você fique mais alerta ao tráfego de veículos. Já se estiver atravessando uma construção, o oposto acontece, com o ANC sendo reforçado para que você não perca nada da sua música por causa da obra em andamento.

Outra função importante incluída no ANC é o reconhecimento de voz. Isso já estava presente no Galaxy Buds 2 Pro, mas foi aprimorado para funcionar de maneira ainda mais natural. Na prática, o algoritmo é capaz de entender o som ambiente e distinguir barulhos gerais da voz humana, alternando para o modo de Som Ambiente quando detecta que o usuário está falando alguma coisa, o que permite conversar sem tirar os fones do ouvido.

Imagem: AcervoTC

Especificações técnicas

  • Driver dinâmico de 10,5 mm + planar de 6,1 mm
  • 3 microfones + VPU (unidade de processamento de voz)
  • ANC Adaptativo, Som Ambiente e Detecção de Voz
  • Som UHQ, 24-bit Hi-Fi e áudio 360 com Direct Multi-Channel
  • Bateria
    • Fone: 53 mAh típica (45 mAh nominal)
    • Estojo: 515 mAh típica (500 mAh nominal)
  • Autonomia
    • 4,5 horas de chamadas de voz ou 6 horas de música com ANC ativado (total 20 e 26 horas)
    • 5 horas de chamadas de voz ou 7 horas de música com ANC desativado (total de 22 e 30 horas)
  • Codecs SSC Hi-Fi (proprietário Samsung), SSC UHQ (proprietário Samsung), AAC, SBC
  • Bluetooth 5.4 com Auto Switch
  • IP57 contra danos por água e poeira (imersão em água doce até 1 metro por 30 minutos), somente fones
  • Cores: branco e cinza
  • Compatível com Android 10 ou superior e mais de 1,5 GB de RAM
Preço e disponibilidade

Os novos Galaxy Buds 3 e Galaxy Buds 3 Pro começam a ser vendidos no Brasil já nesta quarta-feira (10), pelo preço sugerido de R$ 1.699 e R$ 2.199, respectivamente. Eles podem ser encontrados nas principais lojas de varejo, lojas físicas da Samsung e loja online da marca, nas cores branco e cinza, e as entregas começam no dia 15 de julho.

Ampliando ainda mais seu programa Troca Smart, a Samsung permitirá que você dê seu fone antigo em troca de descontos a partir de R$ 400 em um dos novos Galaxy Buds. O período de troca vale entre 10 de julho e 22 de agosto.

Veja também


35

Comentários

Samsung lança Galaxy Buds 3 e Buds 3 Pro com visual de AirPods e Galaxy AI
  • 1700 poxa tem que valer mesmo a pena..

      • horrivel

          • Comprei

              • até o buds2, que era o fone básico da Samsung, tinha drivers duplos e com esse design feio me parece mais um downgrade

                  • Coisa de doido, preço exorbitantes, design horrível e bateria zoada, mancada da Sammy nesse lançamento!

                      • Eu jamais pagaria esses valores exorbitantes num fone de ouvido. Não estou desmerecendo o projeto, os materiais e toda tecnologia envolvida. Mas, para mim, o que importa sobretudo é o escutar bem o som, com conforto. E pelo que já tive de experiência, com uma variedade de produtos, há uma gama de outros fones que cumprem esse papel, custando bem menos. Outro detalhe, depois de 1 ano de uso, os fones naturalmente perdem autonomia da bateria, o que quase obriga o usuário a trocar com frequência.

                          • Eu acabei de comprar meu pro 2. 500 lulas. Vale cada centavo

                              • Essa geração é uma bela duma m****, acredito que vão consertar as cagadas na 4 geração

                                  • Lixo. Samsung copiando tudo que há de pior na Apple, essa empresa já foi melhor.Se o S25 vier com processadores diferentes em cada modelo igual a Apple fez será patetico.

                                      • CONCORRENCIA JÁ ERA !!

                                          • Além do Bose não ter esses leds parendo fone barato.

                                              • Apesar do formato desagradável, da menor duração da bateria e do preço mais alto em comparação ao seu antecessor, eu estava aguardando o lançamento porque perdi o fone direito do Buds 2 Pro.
                                                Devido a essas características e ao preço, decidi optar pelo Bose QuietComfort Earbuds, que oferece excelente qualidade de áudio, cancelamento de ruído e uma bateria com duração de 6 horas.

                                                • Fui lá no site ver as specs e o Buds 3 não tem o modo ambiente e tem um microfone por fone apenas. Até o buds fe tem modo ambiente e o buds+ tem 2 microfones por fone e mais um interno.Espero que o fato de não ter borracha e o microfone na haste compensem esses recursos a menos.

                                                    • agora os buds3 pro ficaram iguais aos chineses baratinhos com "luzinha para chamar a atenção". Perderam autonomia de bateria. Tecnicamente melhoraram mas em detrimento de piora no design e bateria, não me parece que foi um acerto.

                                                        • Queria um substituto do Buds Live. Tenho um e são os fones mais confortáveis que já utilizei.

                                                            • A Samsung abandonou o design "feijãozão" que não é intra-auricular, e a compatibilidade com iOS do Live , Eu sugiro o Buds2 ou Buds FE se você estiver disposto a um modelo intra-auricular. Eu acostumei logo com os Buds2. Ambos são discretos, o som é ótimo, boa redução de ruído, comecei a usar em academia e ficam firmes no lugar. Vantagem do FE: menor preço, melhores microfones. Vantagem do buds2: estojo com carregamento sem fio. Buds2 Pro já encontra em ofertas na faixa de 550, têm melhor cancelamento ativo de ruído e alguns extras mas por incrível que pareça perde em quesitos de qualidade sonora para o FE, consulte o site RThings e confira.

                                                                • Concordo. Tive o Buds Live e, com certeza, são os fones mais confortáveis e de melhor encaixe no ouvido. Espero que um dia a Sammy retome esse modelo, lançando uma segunda geração dos feijões... Rsrsrs

                                                                    • Huawei Freebuds 5

                                                                    • Tampas transparentes pra dar a impressão de sofisticação? Tem cara de corte de custo isso sim

                                                                        • Muitos reclamaram do formato, disseram que cópia da Apple, creio que não, e sim a Samsung ouviu mesmo a maioria, e praticantes de esportes, além de mais funções que este formato permite com melhora do uso do microfone, etc E não só a maçã, variasss marcas têm este formato por estes mesmos benefícios. Só vacilou na bateria, todos esperavam que aumentasse a duração, mas diminuiu um pouco.

                                                                          E uma dica, por 5 reais é possível comprar uma alça de silicone pra este tipo de fone, que torna ele o tipo de fone q abraça a orelha e com muito conforto. Assim fica ainda melhor e mais seguro para quem prática qualquer esporte não ter acidente com o fone caindo numa situação mais brusca.

                                                                            • Vieram bem mais caros que os anteriores, eu já imaginava isso, porém infelizmente, superou as minhas expectativas. O Buds 2 e o Buds 2 pro, vieram por R$900,00 e R$1500,00 respectivamente. Então eu tava imaginando que a nova geração iria vir por R$1500,00 e R$2000,00. Mas vieram R$200,00 reais a mais. O buds 3 base veio mais caro que o buds 2 pro. Aí fica difícil né Samsung? Ainda mais com essa mudança de design

                                                                                • Não vale a pena pagar mais de 500 reais em um fone bluetooth. Um produto que fica em contato com a pele e por isso desgasta e a bateria degrada mais rápido do que um smartphone, dura no máximo uns 4 anos. Tenho o buds + há 3 anos e esta se descascando tanto o fone quanto a dobradiça do estojo, está funcionado perfeitamente, mas a bateria dura muito menos do que na época que eu comprei.Estava esperando esse lançamento para trocar de fone, porém mesmo baixando o preço no final do ano vai ter que ser uns 60% pra considerar a compra.

                                                                                    • Na verdade o Buds 3 e Buds 3 pro vieram respectivamente por 800,oo e 700,oo reais à mais...

                                                                                      Como já é possível encontrar o 2 Pro por 700,oo, creio que desta vez o Buds 3 pro chegue a no mínimo 1200,oo, caro pra um fone. Ficarei com meu Buds 2 Pro um bom tempo...

                                                                                        • Tá certo, o buds 3 base deve ficar um pouco mais caro que o buds 2 pro, e o Buds 3 pro deve ficar consideravelmente mais caro

                                                                                            • Pois é, são bons avanços, mas por exemplo, tenho um outro fone pra uso na rua, um Lenovo xt60 que recomendo muito, bom volume, boa bateria, já vem com alça que abraça a orelha, e principalmente pelo excelente custo benefício de ter custado 50 reais no Ali. Então, enquanto consumidores se submeterem a pagar estes preços, assim como ocorre com carros e outros produtos, principalmente no Brasil, as marcas continuarão subindo muito os preços, algo que não justifica.

                                                                                              Até porque, convenhamos, é um fone avançado, mas este fone citado pro básico cumpre seu papel, claro, quem pode e quer gastar tudo bem, tô dando dica pra maioria da população.

                                                                                              Outra coisa é que muitos produtos têm preço testado apenas pelo status, não pelo que valem, exemplo é um tablet S9 custar mais de 4000 reais, coisa que notebooks com Intel i5, windows que farão muito mais tarefas e tbm leve e finos custam menos. Ou o preço do Galaxy Watch 7 ultra, o preço de alguns computadores tbm com windows e chip ao menos i3...

                                                                                            • E ainda perderam uma hora de autonomia%uD83D%uDE25 (sem anc ativado), esses prá mim, foram os lançamentos mais decepcionantes dessa Galaxy Unpacked

                                                                                                • concordo, ficaram mais feios, maiores (me refiro ao tubo externo) e perderam autonomia? Se tem algo que detesto é "luzinha para chamar a atenção", há muitos fones chineses baratos com isso. Agora o buds3 pro ficou igual a eles. Nos quesitos técnicos de qualidade de som e cancelamento de ruído sem dúvida melhorou mas o visual e bateria são regressos.

                                                                                                    • Pois é não entendi nada, os vazamentos diziam que esses Buds 3 mudariam de formato tbm pra terem mais bateria, esperava um aumento de uns 30%, no mínimo 20%, mas piorou... Vacilou neste quesito.

                                                                                                      • Isso meu pegou legal... E olha que nesses tem mais espaço para mais bateria

                                                                                                          • Psé mano, e tanto a linha de dobráveis, quanto a linha de relógios (com exceção do novo modelo ultra), a Samsung manteve o mesmo preço dás gerações passadas, porém, nos buds veio esse aumento de R$700,00/800,00 reais%uD83D%uDE25%uD83D%uDE25

                                                                                                        • Conhecendo a linha buds, sei que a qualidade deve ser ótima mas esse design ficou com cara de cópia genérica dos fones da Apple

                                                                                                            • Horrível, parece fone falso, espero que vejam a besteira que fizeram....

                                                                                                                Economia e mercado

                                                                                                                Huawei Kirin 9010L: chipset inédito é encontrado em smartphone intermediário da chinesa

                                                                                                                Android

                                                                                                                Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

                                                                                                                Android

                                                                                                                Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

                                                                                                                Windows

                                                                                                                Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos