LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Redmi Note 10 Pro 5G é anunciado, Redmi Note 8 2021 tem preço revelado e mais | Plantão TC

26 de maio de 2021 4

Chegou a hora de ficar por dentro das notícias que rolaram nos últimos dias em mais uma edição do Plantão TC, onde separamos os principais destaques da semana para que você saiba tudo o que rolou de realmente interessante.

Nesta edição comentamos do Redmi Note 8 ganhando nova versão com chip MediaTek, Xiaomi lançando linha Redmi Note 10 na China com grande novidade, filial da Honor confirmando serviços do Google em próximo celular, desafio no TikTok mandando criança pro hospital, e novo iPad com chip M1 chegando ao Brasil com preço de carro popular.

Quer conferir tudo o que rolou? Então continua descendo a página!

Redmi Note 8 (2021) anunciado

A Xiaomi apresentou esta semana uma nova versão do Redmi Note 8, lançado originalmente lá em 2019. O aparelho, chamado criativamente de Redmi Note 8 (2021), traz exatamente o mesmo visual e muitas das especificações do modelo original, tendo como grande mudança a troca do chip Snapdragon 665 por uma solução da MediaTek: o Helio G85.

Com isso, o novo aparelho tem agora a mesma potência encontrada no Redmi Note 9, que traz justamente este chip em seu interior, mas, na prática a mudança de desempenho para quem já tem o Redmi Note 8 lançado em 2019 muda muito pouco, podendo ser até pior em alguns casos.

O que pode agradar alguns é que o “novo” modelo sai de fábrica com o Android 11 sob a interface MIUI 12.5, o que deve garantir que ele receba pelo menos o Android 12, algo que não deve acontecer com o modelo de 2019. A versão do Bluetooth também foi atualizada, passando da 4.2 para a 5.0.

O Redmi Note 8 (2021) será vendido em duas versões, ambas com 4 GB de RAM. A opção com 64 GB de armazenamento pode ser encontrada por US$ 169, enquanto quem quiser o dobro de armazenamento terá que desembolsar US$ 189.

Redmi Note 10 Pro 5G anunciado

A Xiaomi realizou um evento na China para lançar sua linha Redmi Note 10 no país, e assim como aconteceu ano passado a empresa trouxe um modelo que não foi visto nem no lançamento europeu, nem no indiano.

O Redmi Note 10 Pro 5G chega com a missão de ser o modelo mais poderoso da família com suporte à nova geração da internet móvel, trazendo o chip MediaTek Dimensity 1100 no lugar do Snapdragon 732G visto na variante 4G.

O design também mudou um pouco, indo mais na linha do que tivemos no Mi Mix Fold para o módulo de câmeras e trazendo listras verticais que cortam toda a parte traseira. Nos pontos positivos temos ainda carregamento bem mais rápido, que passa de 33W do modelo 4G para 67W, tela com proteção Gorila Glass Victus e sistema de resfriamento líquido, além é claro do suporte a redes 5G, Wi-Fi 6 e Bluetooth 5.2.

Mas nem tudo são flores. A tela segue com taxa variável de até 120 Hz, mas troca a tecnologia AMOLED do Redmi Note 10 Pro que conhecemos por um painel IPS LCD. A câmera também teve retrocesso em relação ao modelo global do aparelho 4G, caindo de 108 megapixels para 64 megapixels no sensor principal.

Por enquanto o Redmi Note 10 Pro 5G só será vendido na China, com preço de cerca de R$ 1.200 em conversão direta.

Filial da Honor “confirma” suporte aos serviços do Google em próximo lançamento

A Honor se separou da Huawei oficialmente no início do ano, e vem desde então planejando o lançamento dos primeiros celulares independentes da marca. A grande vantagem da separação é que assim a Honor deixa de sofrer com os embargos impostos pelos Estados Unidos à Huawei desde 2019, podendo negociar livremente com empresas americanas.

E o primeiro fruto dessa liberdade deve ser apresentado muito em breve. Durante o Summit 5G da Qualcomm na última semana a empresa apresentou o Snapdragon 778G, e a Honor foi correndo anunciar que será uma das primeiras a usar o novo chip intermediário em um de seus aparelhos.

Além disso, a marca também prepara o lançamento de um modelo com Snapdragon 888, mas a grande novidade que todo mundo esperava acabou sendo anunciada de maneira discreta pela filial alemã da Honor no Twitter: a volta do suporte aos serviços do Google.

Em resposta a um seguidor, a marca confirmou que seu celular intermediário que terá o Snapdragon 778G também contará com suporte aos serviços do Google, o que significa que os usuários poderão acessar a Play Store sem qualquer tipo de gambiarra.

Infelizmente o tweet foi apagado pouco tempo depois sem qualquer explicação, o que deixa no ar se foi uma informação errada ou se a marca quer apenas fazer suspense para anunciar a grande novidade em seu evento de apresentação para a linha Honor 50, que deve acontecer em junho.

Desafio do piercing no TikTok faz criança ser hospitalizada em estado grave

Não é novidade para ninguém que redes sociais muitas vezes são usadas de forma errada, e a mais nova moda que vem fazendo sucesso no TikTok mostra bem isso. O desafio parece até bem simples e inocente, sendo chamado de “desafio do piercing”. Nele, a pessoa deve usar bolinhas magnéticas para simular a maior quantidade de piercings que conseguir na língua, e então postar na rede social para ver se alguém bate o seu recorde.

Pois bem, um garoto de 11 anos na Inglaterra resolveu entrar na brincadeira, mas foi parar no hospital por causa disso. Depois de reclamar de dores no estômago por uma semana seus pais resolveram levá-lo ao médico com medo de ser uma apendicite, e chegando lá descobriram que objetos metálicos eram atraídos à barriga do menino.

O menino acabou engolindo 5 bolinhas magnéticas enquanto fazia o desafio no TikTok, o que rendeu a ele algumas cirurgias bem delicadas e uma internação hospitalar.

No mesmo hospital os pais do garoto afirmaram que outras 4 crianças já haviam sido atendidas com o mesmo quadro em poucos dias, e professores da escola onde o menino estuda encontraram outras crianças com bolinhas magnéticas para fazer o tal desafio.

Apple inicia vendas dos novos iPads Pro com chip M1 no Brasil

A Apple iniciou a venda de seu novo iPad Pro com chip M1 no Brasil, e como era de se esperar o preço não é nada amigável.

Enquanto o modelo de 11 polegadas mais barato, ou seja, com 128 GB de armazenamento e só Wi-Fi, parte de R$ 11,8 mil, se você quiser levar o iPad Pro com 12,9 polegadas para casa em sua versão mais completa, com 2 TB de espaço e 5G, terá que desembolsar nada menos que R$ 30 mil.

Isso mostra o quanto a Apple leva a sério o status de luxo que seus tablets possuem no Brasil, já que tanto o iPad Pro de 11 polegadas quanto a versão maior não são tão caros assim nos Estados Unidos, tendo exatamente o mesmo preço de partida dos novos iPhone 12 e 12 Pro Max.

E olha que nem falamos do novo teclado Magic Keyboard, que chegou por mais de R$ 4 mil se você quiser o modelo de 12,9 polegadas e nem vem no padrão brasileiro.


4

Comentários

Redmi Note 10 Pro 5G é anunciado, Redmi Note 8 2021 tem preço revelado e mais | Plantão TC

Agora tem widgets? iOS 14 e todas as suas novidades | Hands-on em vídeo

iPhone XR vs iPhone SE: vale comprar o mais novo, mesmo mais simples? | Comparativo

iPhone SE vs iPhone 8: qual celular menos caro da Apple você deve escolher? | Comparativo

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho