LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

TudoGames: 10 jogos fantásticos baseados em filmes para você conferir!

13 de maio de 2022 7

Não é fácil adaptar um filme para jogo, justamente porque estamos falando de transformar uma experiência linear em algo interativo que mantenha a essência do material original. Antigamente, era comum que companhias corressem para lançar o jogo de um determinado filme, apenas para saírem juntos sem se preocupar com a qualidade, resultando em desastres.

Inclusive, em listas de piores jogos de todos os tempos, você verá alguns desses títulos. Considerado o maior fracasso da indústria até hoje, o cartucho de E.T. para o Atari 2600 deu prejuízo histórico de US$ 536 milhões.

Entretanto, algumas produções fogem dessa regra e conseguem entregar uma experiência de alta qualidade e muitas vezes, melhor do que o filme em que foram baseadas. Geralmente, tomam algumas liberdades criativas, mas mantendo o espírito da obra original.

Nessa lista, o TudoCelular organizou 10 jogos excelentes baseados em filmes que merecem a sua atenção. Alguns deles não só fizeram história como excelentes adaptações, mas influenciaram a indústria de tal forma que são considerados referências no assunto.

10 – Batman (1989)

Baseado no filme do Tim Burton lançado no mesmo ano, Batman foi desenvolvido pela Sunsoft e considerado um dos melhores jogos do Nintendinho até hoje. Ele conseguiu apresentar uma aventura de alta qualidade misturando todos os elementos que fizeram o Homem-Morcego famoso: artes marciais, bugigangas e habilidades mais elaboradas, como pulos pelas paredes, além dos vilões.

Com gráficos e música impressionantes para um console 8-bit, ele misturava plataforma e ação como Mega-Man e Ninja Gaiden, sendo um dos primeiros título de sucesso do herói da DC.

9 – The Chronicles of Riddick: Escape from Butcher Bay (2005)

Esse é um belo exemplo de jogo que consegue ser infinitamente melhor do que o filme em que foi baseado. Ele mistura elementos de furtividade, combate corpo a corpo e tiro em primeira pessoa com uma atmosfera de ficção científica e horror.

Ele não conta com indicadores de objetivos de propósito para o jogador se sentir confinado em uma prisão intergaláctica escura e repleta de horrores, proporcionando uma experiência tensa e imersiva. Além disso, ele contava com belos gráficos para seu tempo, utilizando modelos detalhados, ótimas texturas e efeitos de iluminação mais elaborados.

8 – King Kong (2005)

Um grande fã de Beyond Good and Evil, o diretor Peter Jackson pediu para que o designer do título, Michel Ancel, o ajudasse a criar um jogo que adaptasse o seu remake de King Kong. E a decisão resultou em um título fantástico e uma das melhores aventuras na Ilha da Caveira.

Além de contar com o elenco recheado de estrelas do filme, como Jack Black, Naomi Watts e Adrien Brody, o jogo permitia no ato final que você encarnasse o macaco gigante e recriasse o confronto épico no Empire State Building.

7 – Mad Max (2015)

Mad Max não é baseado em nenhum filme particular da franquia, lançado logo após Estrada da Fúria estrear nos cinemas em 2015. Ele é um jogo de mundo aberto que tem como influências Assassin’s Creed e Batman: Arkham Asylum, colocando o jogador no papel Max Rockatansky em um mundo perigoso e eletrizante.

Um dos pontos altos, além do combate afiado e narrativa intrigante, é a importância de seu veículo para a aventura, o Interceptor. Durante o jogo, você obterá itens para tornar seu carro mais rápido, resistente e mortal.

6 – Spider-Man 2 (2004)

Antes de Batman dominar a indústria de jogos com a franquia Arkham ou a Sony apresentar sua aventura exclusiva do Cabeça de Teia, Spider-Man 2 apareceu como proposta de complementar o segundo filme do herói com Tobey Maguire.

A proposta foi inovadora e apresentou um mundo aberto impressionante para os padrões da época, além de trazer para sua jogabilidade todas as habilidades do herói de forma inteligente e completa. Além disso, a história trazia sua própria representação de vilões que não haviam aparecido antes nos cinemas, como Mystério e o Shocker, tornando a experiência ainda mais incrível para os fãs do Homem-Aranha.

5 – The Warriors (2005)

The Warriors é um jogo ambicioso que não tenta seguir o filme à risca, mas sim, expandir o universo apresentado pela obra cinematográfica, 26 anos depois. A proposta ousada contou com a Rockstar Toronto, que utilizou sua experiência em Grand Theft Auto para criar um beat ‘em up emocionante e violento.

Além de contar com atores do filme, como Michael Beck, James Remar e Deborah Van Valkenburgh, o jogo captava perfeitamente a essência das brigas de gangue da película com uma jogabilidade robusta e uma história empolgante repleta de pancadaria e adrenalina.

4 – Star Wars Knights of the Old Republic (2003)

Knight Of The Old Republic é considerado até hoje como um dos melhores jogos da franquia Star Wars, e não é difícil entender o porquê. Ele dava ao jogador liberdade para escolher entre três classes e definir seu próprio destino como Jedi, caçador de recompensas ou Sith.

Além da narrativa bem construída, mostrando todo o talento da Bioware, o jogo apresentava elementos da franquia que os filmes falharam em abordar, sendo uma das obras mais completas de Star Wars até hoje.

3 – Alien: Isolation (2014)

Se você gosta de um bom survival horror game e sente falta de um jogo que te cause crises de ansiedade e desespero, Alien: Isolation é tudo o que você precisa. O jogador assume o papel da filha de Ripley, 15 anos após o primeiro filme e em busca da sua mãe em uma nave com uma surpresa mortal.

Assim como os filmes, o jogo não dá poder para o jogador despachar os inimigos na bala. Ele faz com que cada encontro com o Xenomorfo seja uma experiência aterrorizante em que você precisa escapar da criatura, se escondendo e usando ferramentas para sobreviver, recriando a atmosfera da franquia com maestria.

2 – X-Men Origins: Wolverine Uncaged Edition (2009)

É consenso entre os fãs que X-Men Origins: Wolverine é uma das piores adaptações da Marvel para o cinema, descaracterizando completamente a história do personagem e com um roteiro de dar vergonha alheia. Entretanto, ele serviu para algo: entregar o melhor jogo do carcaju até hoje.

Ele tomava liberdade para contar a história de Wolverine da sua maneira, mas respeitando a essência do personagem, e com a mesma violência que o consagrou como um dos mais brutais da Marvel. Com execuções dignas de Mortal Kombat, uma representação inteligente do fator de cura e belos gráficos para seu tempo, ele é uma aventura imperdível para fãs do herói.

1 – GoldenEye 007 (1997)

Inicialmente planejado como um jogo de tiro ao alvo sem liberdade de movimentação, como Virtua Cop, GoldenEye 007 evoluiu para um título de tiro em primeira pessoa que revolucionou o gênero e abriu terreno para obras como Call of Duty, Halo e Battlefield.

Ao contrário de Quake, os níveis não eram apenas seguir do início ao fim e exigiam que o jogador completasse objetivos mais complexos e desafiadores. Além disso, seu multiplayer reunia personagens da história da franquia e um arsenal invejável para que quatro jogadores disputassem partidas emocionantes, sendo um marco na indústria.

Veja também


7

Comentários

TudoGames: 10 jogos fantásticos baseados em filmes para você conferir!
Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Asus

ASUS lança novo celular gamer ROG Phone 5s e 5s Pro no Brasil; confira os preços

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas