LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

iOS 18 trará novas funções de acessibilidade ao iPhone e iPad

15 de maio de 2024 0

Pessoas com variados tipos de deficiência que tenham um iPhone ou um iPad terão mais recursos de acessibilidade para usarem seus dispositivos ao máximo, segundo anúncio feito pela Apple.

Segundo a fabricante, os dispositivos contemplam uma série de funções como atalhos de comando por voz, monitoramento ocular ativo para navegação e até o retorno háptico em apps musicais. Em resumo: funções que atendem pessoas surdas ou com alguma atrofia muscular (parcial ou total) – tudo isso deve chegar ainda este ano, junto do lançamento do iOS 18 e iPadOS 18.

Veja também

Nós acreditamos fielmente no poder transformador da inovação para enriquecer nossas vidas”, disse Tim Cook, CEO da Apple. “É por isso que, nos últimos 40 anos, a Apple tem promovido o design inclusivo ao incorporar a acessibilidade como via principal de nossos softwares e hardwares.”

O recurso de Eye Tracking – o monitoramento dos movimentos dos olhos do usuário – foi especialmente desenhado para pessoas com alguma limitação muscular. Impossibilitados de controlar seus dispositivos pelo meio tradicional, com as próprias mãos, esses usuários tendem a depender exclusivamente de gatilhos oculares para desempenhar funções do dia a dia. Por isso, o iOS 18 e o iPadOS 18 contarão com controle otimizado para navegação de menus e acesso a recursos do iPhone e do iPad.

A função usa a câmera de selfie como mecanismo de calibração – um processo que leva apenas alguns segundos, segundo a Apple – e usa uma plataforma de machine learning para “aprender” os hábitos de cada usuário, criando uma solução individualmente específica. A empresa ainda assegura a privacidade, afirmando que os dados coletados são armazenados localmente, no próprio aparelho, e não são compartilhados com ela.

Mais além, o que a Apple chamou de Music Haptics é, essencialmente, uma nova forma de rodar o Apple Music ou outros mecanismos de streaming de som por meio da condução óssea – um processo similar é usado por fones como o Haylou Purefree BC01 ou o Huawei FreeClip.

A diferença é que, no caso da Apple, aparentemente, esse mesmo processo se dá pelas mãos, com o iPhone e o iPad “vibrando” de maneira específica para reproduzir agudos, graves e outras ênfases sonoras, permitindo a usuários surdos ou com audição reduzida interpretar a música da mesma forma que ouvintes comuns. A novidade será totalmente integrada ao Apple Music, mas a expectativa é a de que, no lançamento do iOS 18/iPadOS 18, já exista uma API completa – e aberta – para que outras empresas com ofertas similares a integrem em suas aplicações.

Finalmente, os atalhos de voz – ou Vocal Shortcuts – permitem que você faça exatamente o que o nome sugere: você configura a realização por meio de atalhos que são reconhecidos pelo dispositivo no momento em que você o diz em voz alta, desde a abertura de apps até a navegação por menus internos do sistema operacional. Além disso, a atualização também traz a capacidade de reconhecimento de padrões de discurso e sotaques, a fim de aumentar a precisão.

Imagens: Apple/Divulgação

Novidades vão além do iPhone e iPad, chegando também ao CarPlay e VisionOS

Além dos três principais recursos acima, a Apple anunciou algumas outras funções integradas ao iOS 18 e iPadOS 18 via CarPlay. O gatilho de movimento veicular (Vehicle Motion Cue) previne a ocorrência de enjoos que você pode sentir quando usa um iPhone ou iPad dentro de um carro em movimento – basicamente, pontinhos animados nos cantos da tela se alteram dependendo do tipo de movimento do automóvel.

Esse mal estar ocorre, em termos resumidos, porque nosso cérebro entra em conflito em relação ao que se vê e o que se sente. Essa falta de sincronia é que causa a sensação de enjoo. Algumas pessoas têm mais predisposição a senti-la e, por isso, a Apple decidiu criar uma ferramenta que minimize tal ocorrência.

Falando em carros, o Apple CarPlay também vai ganhar ferramentas de acessibilidade baseadas na voz. Embora o controle pela fala não seja nem uma novidade, nem tampouco exclusiva de pessoas com deficiência, algumas implementações novas lhe dão um ar de inovação:

  • Reconhecimento de som: motoristas e passageiros surdos contam com um alerta que reconhece estímulos externos, como por exemplo sirenes que passem aos seus lados ou motoristas buzinando
  • Filtros de cor: atendendo especificamente os usuários daltônicos, os filtros de cor alteram o esquema visual da interface do CarPlay, tornando-a mais fácil de ser enxergada por quem tem alguma dificuldade de visão, além de trazer alterações de fontes, como aumentar o tamanho de palavras além de formatá-las em bold ou itálico
Imagem: Apple/Divulgação

Finalmente, todas as funções acima também serão levadas ao VisionOS, o sistema operacional do headset Vision Pro. Ele próprio, aliás, contará com legendas em tempo real para chamadas via FaceTime e maior suporte à integração com o iPhone e dispositivos de auxílio auditivo, como implantes cocleares.

Imagem: Apple/Divulgação

A Apple não confirmou a data exata da chegada do iOS 18 e do iPadOS 18, mas a expectativa é a de que isso não demore, já que a empresa tem um evento de lançamento marcado para junho de 2024. Veja quais serão os dispositivos que receberão as atualizações.


0

Comentários

iOS 18 trará novas funções de acessibilidade ao iPhone e iPad

Apple apresenta o novo Mac Studio de alto desempenho e monitor Studio Display; veja os preços

Apple TV Plus vai transmitir jogos de beisebol ao vivo, inclusive no Brasil

Agora tem widgets? iOS 14 e todas as suas novidades | Hands-on em vídeo

iPhone XR vs iPhone SE: vale comprar o mais novo, mesmo mais simples? | Comparativo