LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Próxima vítima? Governo Trump alerta sobre possível espionagem chinesa com drones da DJI

22 de maio de 2019 34

Como sabemos, a guerra comercial entre Estados Unidos e China trouxe uma série de consequências para a fabricante Huawei. A maior delas é a inclusão da empresa em uma "lista negra" do comércio, que bloqueou até mesmo a parceria da chinesa com o Google.

Agora, ao que tudo indica, o governo Trump já tem um novo alvo: a DJI de Shenzhen. Isso porque o Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos emitiu um alerta para o perigo dos drones de consumo fabricados na China.

Segundo um documento acessado pela CNN, os equipamentos da fabricante chinesa podem enviar informações confidenciais dos usuários e do próprio voo para a sede da empresa em solo chinês. Isso abriria uma brecha para que o governo comunista acessasse esses dados.


Um trecho do texto do Departamento de Segurança foi vazado na imprensa estadunidense e ele não cita nominalmente a DJI, mas deixa claro que o próximo alvo é a empresa:

O governo dos Estados Unidos tem fortes preocupações sobre qualquer produto de tecnologia que leve os dados americanos para o território de um estado autoritário que permita que seus serviços de inteligência tenham acesso irrestrito a esses dados ou que abram essas informações. Essas preocupações aplicam-se com igual força a certos dispositivos conectados fabricados na China (drones não tripulados) capazes de coletar e transferir dados potencialmente reveladores sobre suas operações, os indivíduos e entidades que os operam, uma vez que a China impõe obrigações rígidas aos seus cidadãos para apoiar as suas atividades de inteligência.

Como podemos notar, o argumento utilizado pelas autoridades estadunidenses é o mesmo que foi levantado contra a também chinesa Huawei. Com isso, apesar de nenhuma medida ter sido tomada, podemos estar vendo a próxima empresa que pode entrar na "lista negra" dos EUA.

DJI responde

Com o vazamento da informação, a DJI foi rápida e liberou uma carta pública reforçando o seu compromisso com a segurança e a privacidade dos seus usuários:

Na DJI, a segurança está no centro de tudo o que fazemos e a segurança de nossa tecnologia foi verificada pelo governo dos EUA e pelos principais negociadores dos EUA. Nossos consumidores tem total controle sobre como seus dados são coletados, armazenados e transmitidos. Para clientes governamentais e de infraestrutura crítica, que exigem garantias adicionais, fornecemos drones que não transferem dados para DJI ou pela Internet, e nossos clientes podem habilitar todas as precauções recomendadas pelo DHS. Todos os dias, empresas americanas, socorristas e agências governamentais dos EUA confiam nos drones da DJI para ajudar a salvar vidas, promover a segurança dos trabalhadores e apoiar operações vitais, e levamos essa responsabilidade muito a sério


34

Comentários

Próxima vítima? Governo Trump alerta sobre possível espionagem chinesa com drones da DJI
Android

Melhores smartphones: TOP 5 do TudoCelular para você | Junho 2019

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular