LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

TOP 10 smartphones intermediários com melhor autonomia | Guia do TudoCelular

21 de junho de 2018 55

O TudoCelular começou a atualizar as listas com os 10 melhores smartphones em autonomia e desempenho, agora levando em conta os testes realizados na própria bancada do site até o mês de junho. Na quarta-feira, 20, refizemos as listas dos dispositivos de entrada. Agora, é a vez dos intermediários.

Já adiantamos que as durações desses dispositivos são as melhores de nossos testes. Dos dispositivos com melhor autonomia que testamos, os três melhores estão aqui. Antes, a lista era dominada por opções vendidas oficialmente no Brasil. Agora, já temos uma espécie de invasão chinesa. Mas ainda há bastante produto que pode ser encontrado no varejo nacional, mesmo que via marketplace.

Se você quiser, pode conferir um tabelão completo com os resultados de todos os aparelhos que testamos até o início de junho neste link.

10. Motorola Moto G5S Plus

Ainda no aguardo do Android Oreo, o Moto G5S Plus conseguiu se segurar no top 10 em autonomia do TudoCelular, na categoria intermediária. Foram 18 horas e 20 minutos em nosso teste, cerca de quatro horas a mais que o antecessor, que tem a mesma capacidade de 3.000mAh de carga.

Esse dispositivo utiliza resolução Full HD, chipset Snapdragon 625, 3GB de RAM, 32GB de armazenamento interno, suporte a cartão micro SD de até 128GB e câmeras Dual 13 MP na traseira e de 8 MP na frente. O sistema operacional é o Android 7.1.1 e o dispositivo também aguarda o Android Oreo.

O preço mais baixo para o Moto G5S Plus hoje está em torno de R$ 1.028.

9. Sony Xperia XA2 Ultra

E já na nona colocação, temos um dispositivo recém-testado aqui em nossa bancada. O Xperia XA2 Ultra aguentou bastante tempo em nossa simulação de uso real, chegando a 20 horas e 26 minutos.

A Sony colocou uma bateria de 3.580 mAh neste dispositivo, que tem tela IPS LCD de 6 polegadas. Aguenta bem, com certeza, mostrando que a otimização da Xperia UI é uma das melhores entre as opções com Android.

O Xperia XA2 Ultra foi lançado exclusivamente no site da Sony aqui no Brasil, a R$ 2.400. No entanto, o produto está esgotado na loja da fabricante, e pode ser encontrado no varejo via marketplace a partir de R$ 2.499.

8.7 Hardware
6.6 Custo Benefício

Sony Xperia XA2 Ultra

Comparar Aviso de preço
8. Xiaomi Mi Note 3

E encontramos o primeiro chinês já na oitava posição da lista. O Mi Note 3 já se insere na categoria premium entre os intermediários, com um chipset mais potente que boa parte dos outros dispositivos, trazendo o Snapdragon 660 em seu interior.

E com uma bateria de 3.500 mAh, o dispositivo suportou 21 horas e 15 minutos em nossa simulação de uso real. Um tempo bom para um aparelho com tela de 5,5 polegadas IPS LCD.

O Mi Note 3 está à venda na LightInTheBox por cerca de R$ 1.166 - sem considerar impostos de importação, mas com direito a opção de envio rápido e seguro de impostos e taxas grátis.

7. Motorola Moto Z Play

O Moto Z Play ainda não recebeu a atualização para o Android Oreo, mas já trabalha com um update em relação ao seu software de fábrica. Com o Android Nougat, a simulação de uso real totalizou 21 horas e 31 minutos.

O hardware do Z Play inclui tela de 5,5” Full HD, chipset Snapdraogn 625 também com GPU Adreno 506, 3GB de RAM e 32GB de armazenamento interno, com suporte a micro SD de até 256GB. A câmera principal tem 16MP e a frontal tem 5 MP de resolução máxima, e o dispositivo vem com o Android 6.0.1 Marshmallow, com atualização para o Nougat disponível.

O Moto Z Play pode ser encontrado a partir de R$ 1.660 no varejo, hoje.

8.1 Hardware
8 Custo Benefício

Motorola Moto Z Play

Comparar Aviso de preço
6. Samsung Galaxy A7 2017

Nosso sétimo colocado, o Galaxy A7 2017, caiu apenas uma posição na lista (assim como o Z Play). O intermediário da Samsung teve melhoria em autonomia após receber a atualização para o Android 7.0 Nougat. É mais um intermediário premium na lista, com bateria de 3.600mAh para uma tela de 5,7”, que suportou 21 horas e 42 minutos em nossa simulação de uso real.

O A7 2017 utiliza resolução Ful lHD no display, tem chipset Exynos 7870, GPU Mali-T830 MP3, tem 3GB de memória RAM e 32GB ou 64GB de armazenamento interno, expansíveis via cartão micro SD de até 256GB. As câmeras frontal e traseira têm 16 MP de resolução máxima, e roda com o Android 6.0.1 Marshmallow de fábrica, com o 7.0 Nougat disponível.

É possível encontrar o Galaxy A7 2017 pelo valor mínimo de R$ 1.231 atualmente.

8 Hardware
5.9 Custo Benefício

Samsung Galaxy A7 2017

Comparar Aviso de preço
5. Umidigi S2

Voltando aos dispositivos inéditos na lista, o Umidigi S2 foi testado em nossa bancada durante o primeiro semestre de 2018. O chinês aguentou 22 hroas e 42 minutos em nossa simulação de uso real, credenciando-se para a quinta colocação entre os intermediários.

E isso com um chipset MediaTek Helio P20, 4 GB de RAM e tela HD+ de 5,99 polegadas, rodando o Android 6.0.1 Marshmallow de fábrica, e uma bateria de 5.1000 mAh Com essa carga, poderíamos esperar um pouco mais, mas está bom.

O Umidigi S2 está esgotado nas lojas chinesas que fazem envio para o Brasil, mas pode ser encontrado nas versões Lite (R$ 581 na cor vermelha ou R$ 660 na cor preta) ou Pro (R$ 1007, nas cores vermelha ou preta).

4. Asus ZenFone 3 Zoom

O ZenFone 3 Zoom ainda é um dos melhores intermediários já lançados no Brasil, mesmo dois anos depois de sua chegada. Com suas mais de 23 horas de uso em nosso teste de bateria, o dispositivo pulou para a quarta colocação na nossa lista de autonomia da categoria. E isso com o Android 7.1.1 Nougat instalado em um dispositivo que tem, de fábrica, o Android 6.0 Marshmallow.

Esse smartphone da Asus tem 5,5” de tela Full HD, GPU Adreno 506 para acompanhar o processador já mencionado, 4GB de memória RAM e 128GB de armazenamento interno, expansível até 256GB via cartão micro SD. Na traseira, um sensor Dual 12 MP, com uma frontal de 13 MP para completar o conjunto.

Hoje, é possível encontrar esse dispositivo a partir de R$ 1.756.

8.2 Hardware
7.1 Custo Benefício

Asus ZenFone 3 Zoom

Comparar Aviso de preço
3. Xiaomi Mi Max 2

E voltamos aos chineses. O Mi Max 2 já chegou a ficar à venda no varejo nacional, pela internet, via marketplace, apesar de estar atualmente indisponível. É um dispositivo que poderia entregar autonomia ainda maior, com seus 5.300mAh de capacidade. No total, foram 26 horas e 27 minutos de uso, o que está longe de ser ruim.

Ainda mais considerando que o smartphone tem tela de 6,44” e usa resolução Full HD, com chipset Snapdragon 625, GPU Adreno 506, 4GB de memória RAM e 64GB de armazenamento interno, expansível até 128GB por cartão micro SD. A câmera traseira tem 12 MP e a frontal tem 5 MP de resolução máxima. O dispositivo roda o Android 7.1.1 Nougat ao sair da caixa.

O Mi Max 2 pode ser encontrado na GearBest por cerca de R$ 1.448, na versão dourada, apenas.

2. Xiaomi Redmi Note 4X

O Redmi Note 4X alcançou, em nossa simulação de uso real, 27 horas e 30 minutos. Não é pouca coisa, considerando que temos aqui um dispositivo de 5,5 polegadas Full HD com 4.100mAh. Por isso, o dispositivo figura no segundo lugar não só entre os intermediários do TudoCelular, mas no geral, também.

O chipset é o mesmo de mais de metade dessa lista: Snapdragon 625, Adreno 506, 4GB de memória RAM e 64GB de espaço interno, com suporte a cartão micro SD de até 256GB. A câmera principal tem 13 MP e a frontal é de 5 MP. O sistema operacional do dispositivo é o Android 6.0.1 e tem atualização para o Android 7.0 Nougat disponível.

O Redmi Note 4X está mais à venda na GearBest por cerca de R$ 690. Você pode ver aqui o nosso guia de importação, caso tenha alguma dúvida.

1. Xiaomi Redmi 4 Pro (Prime)

O primeiro colocado em nossa lista herdou o pódio tanto entre os intermediários, como no geral, depois que a atualização do Galaxy A9 para o Android Nougat derrubou bastante a autonomia do dispositivo.

O Redmi 4 Pro aguentou 28 horas e 20 minutos em nossa simulação de uso real, suficientes para que ele ficasse em primeiro lugar entre os dispositivos de entrada com boa folga. Entre os intermediários, ficou em segundo, mas não muito longe do primeiro colocado.

Afinal, estamos falando de um dispositivo que tem 5” e usa resolução FUll HD, com o Snapdragon 625, GPU Adreno 506, 3GB de RAM, 32GB de armazenamento interno, com expansão via cartão micro SD de até 256GB, câmeras de 13 MP e 5 MP, na traseira e na frente, respectivamente, e vem com Android 6 na caixa, mas tem atualização para o Nougat.

O Redmi 4 Pro foi descontinuado e não se encontra mais à venda.

(atualizado em 15 de novembro de 2018, às 22:16)

55

Comentários

TOP 10 smartphones intermediários com melhor autonomia | Guia do TudoCelular

OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia até junho