LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Retrospectiva TudoCelular: smartphones lançados pela Xiaomi em 2019

26 de dezembro de 2019 51

Poucas marcas tiveram um ano tão intenso quanto a Xiaomi. A gigante chinesa lançou uma infinidade de celulares, dos mais variados tipos e utilizando suas subsidiárias para dominar mais mercados.

O principal movimento da Xiaomi, contudo, foi sua volta ao Brasil. Contando com o apoio de seus Mi Fãs, a marca voltou a operar nacionalmente em parceria com a DL, abriu uma primeira loja em São Paulo e inaugurou outra unidade na cidade antes mesmo de acabar o ano.


Em celulares, destaques para o Mi Note 10, que lidera o ranking DxOMark de melhor câmera, a extensa linha Mi 9 e o sucesso do Redmi Note 7, que motivou a empresa a lançar um sucessor ainda no mesmo ano que, contudo, não foi um competidor à altura para seu irmão mais velho.

Consideraremos nessa análise aparelhos em suas versões globais, indicando o nome original do aparelho com ROM chinesa, a não ser que não haja um equivalente fora do mercado chinês. Ou seja, o Redmi K20 será relembrado, por exemplo, como Mi 9T

Antes de saber o que esperar da Xiaomi em 2020, vamos relembrar 2019? Vamos dividir a retrospectiva da seguinte forma:

Mi 9

Primeiro flagship lançado pela Xiaomi em 2019, o Mi 9 é um top de linha equipado com chipset Qualcomm Snapdragon 855 e inspirou uma série de outros modelos que viriam a seguir com o selo de Mi 9. Comparado ao modelo anterior, o Mi 9 ganhou notch em gota, traseira arredondada, câmera principal de 48 mehgapixels e uma tela de 6,39 polegadas.

Alerta de oferta: Xiaomi Mi Note 10 a partir de R$ 2.692

1 mês atrásEm novembro de 2019 a Xiaomi apresentou ao mundo o novo modelo que viria para compor a familia Note. O Xiaomi Mi Note 10 chegou com configurações bem interessantes, uma tela que chamou atenção e um design semelhante ao encontrado no Mi 9.

Mais Notícias
Mi 9 SE

SE significa Special Edition, ou edição especial, em português. Contudo, a edição especial do Mi 9 não é tão potente quanto o modelo maior. Ele perde em tamanho, processador e as câmeras não fazem o mesmo trabalho de seu irmão mais velho. A bateria também é mais modesta.

Mais Notícias
Mi 9T (Redmi K20)

O Mi 9T é a versão global do Redmi K20, primeiro celular com câmera frontal pop-up da marca. Ele chegou com boas especificações e construção com traseira com opções de cores em tom gradiente que fogem do comum. Sua tela tem 6,39 polegadas em resolução FullHD e chipset Qualcomm Snapdragon 730. Na parte de trás, câmera tripla com a principal de 48MP, enquanto a frontal tem 20MP.

Mais Notícias
Mi 9T Pro (Redmi K20 Pro)

Mantendo o mesmo corpo e cores do Mi 9T, a versão Pro traz um processador top de linha, o Qualcomm Snapragon 855. No mais, ele mantém as especificações do modelo anterior, seja em bateria, tela ou câmeras.

Mais Notícias
Mi 9 Lite (Mi CC9)

A versão global do Xiaomi Mi CC9, rebatizada de Mi 9 Lite, surgiu com a promessa de ser um intermediário de qualidade com grande apelo no custo-benefício. Ele guarda a beleza da traseira em vidro, com linhas que simulam movimento em cor gradiente. No mais, aquilo que já foi visto: conjunto triplo de câmeras, somado a uma câmera frontal que aparece na tela em forma de entalhe. O chipset é o Snapdragon 710, diferente do Mi 9 SE.

Mais Notícias
Mi 9 Pro

Versão turbinada do aparelho-pai, o Mi 9 Pro nada mais é que o flagship da Xiaomi com o processador mais recente da Qualcomm, o Snapdragon 855 Plus, versão que teve modificações de velocidade para jogos. Tela, câmera e especificações seguem o mesmo caminho do Mi 9.

Mais Notícias
Redmi Note 7

Lançado em janeiro deste ano, o Redmi Note 7 liderou, durante meses, o ranking de pesquisa do TudoCelular. E isso se explica por suas boas especificações aliadas a um preço bem menor que concorrentes de outras marcas. O queridinho dos nossos internautas tem tela FullHD de 6,3 polegadas, câmera traseira principal de 48MP e bateria de 4000mAh que, aliado à boa otimização da MIUI, garante um dia inteiro longe da tomada.

Mais Notícias
Redmi Note 7 Pro

O sucesso do Redmi Note 7 foi tão grande que inspirou uma versão turbinada, que tem 4GB de RAM e 64GB de armazenamento, expansíveis via cartão microSD. Câmeras, bateria e chipset seguem iguais à versão anterior.

Mais Notícias
Redmi 7

Versão de entrada da linha, com 2GB de RAM e 16GB de memória interna, o Redmi 7 ganhou um design moderno, com notch em gota. Por ser mais básico, a tela é HD+, tem chipset Snapdragon 632, câmera dupla traseira (12MP + 2MP) e frontal de 8MP. A bateria também tem 4000mAh.

Mais Notícias
Redmi 7A

Ainda houve espaço para uma versão ainda mais básica da linha, o Redmi 7A. Uma tela menor, de 5,45 polegadas e resolução HD, chipset de entrada da Qualcomm, com 2GB de RAM e 16 de armazenamento, com uma única câmera traseira (13MP) e uma frontal (5MP), prometem não deixar na mão quem exige pouco de um smartphone.

Mais Notícias
Redmi Go

A iniciativa Android Go, que promete celulares básicos, com sistema operacional do Google otimizado para esse tipo de smartphone, teve um modelo da Xiaomi. O Redmi Go tem apenas 1GB de RAM, 8GB de memória interna, tela HD de 5 polegadas e o mais básico possível em termos de especificações.

Mais Notícias
Redmi Note 8 e Redmi Note 8T

Empolgada com o sucesso do Redmi Note 7, a Redmi não esperou a virada do ano para renovar seu lineup. A família Redmi Note 8 chegou com preocupação em melhorar a qualidade das câmeras, mantendo aquilo que deu certo na versão anterior, ou seja, boa bateria, construção e rapidez. Ele chega com Snapdragon 665, quatro câmeras traseiras que gravam em 4K e bateria de 4000mAh.

O Redmi Note 8T tem como principais acréscimos a presença do NFC para pagamentos pelo celular e banda 28 que, no Brasil, permite utilizar a frequência 4.5G.

Mais Notícias
Mais Notícias
Redmi Note 8 Pro

A versão Pro tem mudanças no design, chipset e também nas câmeras, com a principal alcançando 64MP. Para quem já se acostumou a utilizar a Gcam, a má notícia é que o dispositivo utiliza o MediaTek Helio G90T. Há acréscimos na bateria (4500mAh), e na tela de 6,53 polegadas em resolução FullHD plus.

Mais Notícias
Redmi 8

As versões de entrada da linha ganharam incrementos. No caso do Redmi 8, o chipset Qualcomm Snapdragon 439 ganha 3GB de RAM e 32 GB de armazenamento. A tela HD Plus de 6,22 polegadas se soma a um módulo de câmera dupla traseira e uma bateria grande de 5000mAh.

Mais Notícias
Redmi 8A

O sucessor do Redmi 7A também ganhou melhorias, seja no armazenamento (32 GB), na câmera simples traseira (12MP) e na bateria, de 5000mAh. Para quem não quer gastar muito em um celular, o modelo oferece o básico com telas mais modernas.

Mais Notícias
Redmi K30 e Redmi K30 5G

Tela grande, entalhe circular para as câmeras traseira, boa quantidade de RAM e armazenamento e chipset intermediário gamer. O Redmi K30 chega para dar ainda mais poder de fogo à linha de intermediários da Xiaomi. O design da câmera traseira lembra os novos OnePlus, e aqui vemos um conjunto com quatro lentes, com outras na frente. Além disso, há uma versão 5G, cumprindo a promessa de levar a tecnologia para dispositivos mais acessíveis.

Mais Notícias
Mais Notícias
Mi Note 10 (MI CC9 Pro)

O atual líder do ranking DxOMark já passou pela nossa bancada. Sua promessa de ter o melhor conjunto de câmeras mobile foi cumprido com sucesso, mesmo em um modelo intermediário, e a opção cobra caro quando o assunto é processamento e desempenho. Contudo, é um celular com construção em metal nas bordas e vidro na traseira, além do destaque para seu display curvo, que lembra o Huawei P30 Pro.

Mais Notícias
Mi Note 10 Pro (MI CC9 Pro Special Edition)

São poucas mudanças em relação ao Mi Note 10, especialmente em RAM e armazenamento. No mais, ele mantém o mesmo estilo de construção, o conjunto de câmeras e o tamanho do display, além da monstruosa bateria de 5260mAh.

Mais Notícias
Black Shark 2

O celular gamer da Xiaomi chega com recursos interessantes para quem quer apenas jogar. Sua construção tem bordas inferior e superior maiores para evitar toques acidentais, além de iluminação com LED RGB para dar mais imersão ao usuário. Contudo, ele peca nas câmeras: o aplicativo tem menos recursos que a MIUI normal e seu desempenho é apenas razoável.

Mais Notícias
Mais Notícias
Mi Mix Alpha

Embora tenha passeado até mesmo pelo Brasil, demoraremos para ver o Mi Mix Alpha em estágio comercial amplo. O celular tem 180% tela. A Xiaomi diz que planeja iniciar as vendas em breve, mas não estipula datas. O modelo foi lançado em setembro.

Mais Notícias
Mi A3

Se na China ele foi chamado de Mi CC9e, por aqui ele foi lançado como Mi A3, aparelho da Xiaomi participante da iniciativa Android One. Sua construção é a mesma do Mi 9 Lite, mas em tamanho menor, preservando a beleza da traseira de cores mutantes. Por dentro, usuários seguem reclamando da demora para a chegada do Android 10, o que é inesperado por ser um dispositivo com atualizações garantidas pelo Google.

Mais Notícias

51

Comentários

Retrospectiva TudoCelular: smartphones lançados pela Xiaomi em 2019

Galaxy A20 vs Galaxy A20s: para manter o preço, não aconteceu a evolução | Comparativo

OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher